Bairros de Tulsa

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ir em baixo

Bairros de Tulsa - Página 2 Empty Bairros de Tulsa

Mensagem por House of Night em Qui Mar 31, 2011 4:57 pm

Relembrando a primeira mensagem :

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
House of Night
House of Night

Mensagens : 212
Data de inscrição : 24/02/2011

https://houseofnight-hon-rpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo


Bairros de Tulsa - Página 2 Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Convidad em Qua Dez 14, 2011 10:29 pm

Off: Pessoa q uma adm julgue esse post q esta totalmente fora de contexto u.u
Essa garota chega e simplesmente começa a atacar todos além de simplesmente narrar as ações dos antagonistas o que esta indo totalmente contra as regras do rpg em si e não apenas do fórum...

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa - Página 2 Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Samantha Romanov em Qui Dez 15, 2011 8:23 am

Off: que loucura.


Última edição por Nessie C. Hale em Qui Dez 15, 2011 6:10 pm, editado 1 vez(es)
Samantha Romanov
Samantha Romanov
Lobisomens
Lobisomens

Mensagens : 25
Data de inscrição : 07/12/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Bairros de Tulsa - Página 2 Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa - Página 2 Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Bairros de Tulsa - Página 2 Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa - Página 2 Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: Nenhum

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa - Página 2 Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por House of Night em Qui Dez 15, 2011 10:31 am

Natacha creio que a administração lhe contatou via mp.As ações aqui somente serão validadas após postagem da conta Narrador.

Att.: A administração.

_________________

House of Night
House of Night

Mensagens : 212
Data de inscrição : 24/02/2011

https://houseofnight-hon-rpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa - Página 2 Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Convidad em Qui Dez 15, 2011 3:09 pm

Wade conseguiu chegar ao chão levemente, sem se machucar, mas antes que pudesse pegar Rich que caia um pouco mais rapidamente, percebeu a presença de uma garota, ela parecia concentrada enquanto olhava Rich. A menina pareceu fazer alguma coisa que a fez cair no chão fraca. Rich que estava no chão, parecia imovel, desmaiado, provávelmente. Antes que aquele outro garoto caisse em cima dele, Uma mulher apareceu e pegou-o, colocando no chão em seguida e perguntou:
- Quem são vocês ? - disse, sua voz pareceu fazer todo o ambiente esfriar, Wade pensou ouvir uma janelar trincar com o súbito frio.
Antes que pudesse dizer qualquer coisa, um homem apareceu, vindo do céu com belas asas negras. Wade tentou dizer alguma coisa, mas não conseguiu, não conseguia mover os lábios, tentou seus braços, nada. Simplesmente não podia se mover ! Ele viu, impotente, enquanto o obscuro homem arrancou o coração do menino e em seguida cortar, com uma adaga de um metal estranho, os dedos da moça e então cravar sua adaga na barriga dela, fazendo um rio de sangue de cheiro estranho jorrar. Ele beijou a moça, e tão estranhamente quanto chegou, ele partiu voando. Wade correu até a moça no chão, já era tarde demais para o garoto, mais ela ainda podia ser salva. Wade chamou para si um dos passáros que estavam guardando Richard. Rápido, ele transformou o passáro, usando-o para estancar o sangramento no estômago e depois envolver a mão sem os dedos. Wade sabia que ela não era vampira, mesmo assim, cortou um dos pulsos com uma unha, e então, lambeu o corte, fazendo jorrar seu sangue, colocando então, na boca daquela mulher. Ele sabia exatamente porque estava fazendo aquilo, por mais estranho que tudo parecesse, aquela mulher era identica a sua amada Iris. Collin não podia deixar Iris morrer de novo bem em seus braços, ele deu a ela boa parte de seu sangue, quando achou que não conseguiria dar mais seu sangue, ele se levantou e correndo foi até uma casa, abriu a porta. Na casa só tinha uma pessoa, uma mulher bem velha, ela parecia bastante solitária. Wade chegou perto dela, então, disse baixinho:
- Sua solidão acabou, seu imortal espirito se juntará agora a deusa. - logo que disse aquilo, não deu nem a chance dela se mover, com um corte na jugular e uma lambida, o sangue jorrou, ele bebeu, tudo, até ela estar vazia.
Logo voltou para fora, cheio de energia. Ele percebeu que a menina que tinha caido, tinha ido até perto do corpo do garoto. Wade com sua velocidade superior, chegou até a garota e lhe bateu na nuca, num lugar que a faria desmaiar, sem dúvidas, não sabia que parte ela tinha naquilo tudo e no momento não estava para conversas. Wade agora preocupado que as pessoas aparecessem, já que era ainda de tarde e o sol brilhava, levou a garota desacordada até o quintal de trás da casa da senhora que ele matara. Wade usando sua habilidade, trouxe até si o tanque de gasolina de um carro, jogando seu conteúdo no corpo do garoto, junto com um livro de magia que a menina deixou cair e então acendendo um fósforo que pegou na cozinha da idosa, fez o corpo do menino arder em chamas. Wade percebeu a aparição de um tipo de barreira que englobou Richard e mais alguém que ele não pôde distinguir, como não sentiu nenhuma resposta de medo, ou qualquer outra coisa que lhe chamasse a atenção, deixou Rich lá, se ele precisasse, seu passáro mandaria um sinal. Com muito cuidado, Wade levou o corpo da mulher que parecia Iris até o quintal, ele percebeu que ela também tinha asas negras, no entanto menos escuras que as do homem que havia ferido ela. Wade deitou mais uma vez o corpo dela no chão, mas agora num lençol que estava para secar. Mais uma vez abriu um corte em seu pulso e lambeu, colocando em seguida nos lábios da anja. Quando achou que ela estava estável, ele na casa vizinha, abriu um carro e colocou o corpo da anja inerte no banco.A anja lhe preocupava, ela ainda respirava com dificuldade, a adaga devia ter atingido um órgão ou uma artéria. Wade acelerou no carro, indo para a House of Night.

Encerrado - Continua em Enfermaria
Spoiler:
PS: Todas as minha ações ocorreram antes da chegada de Nathacha, a qual é impossivel, já que mesmo tanto tempo passado em off, essas postagens estão ainda de tarde, como pode-se comprovar levando-se em consideração que Richard chegou a morada quase que ao nascer do dia e Samuel apareceu pouco depois. Já que como todos sabemos, calouros vermelhos queimam a minima luz do sol.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa - Página 2 Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Richard G. Freaks em Qui Dez 15, 2011 3:24 pm

Rich não tinha certeza do que havia se passado no tempo que havia decorrido desde a queda, quando Thief lhe chamou em sua mente. A última coisa que lembrava, antes de ir a sua mente, era uma dor inacreditável e do rosto de Elena olhando pra ele, o que ele achou estranho e curiosamente tranquilizador, na hora. Como sempre, Thief parecia estranhamente robótico, mas como na última vez, ele estava diferente de um jeito estranho.
- Chamei você aqui durante seu sono, aparentemente, você desmaiou. Mas não precisa se preocupar. Chamei-te para falar sobre mim, quando o dono de um dom morre, o dom morre com ele e portanto, seu processo é excluido, logo uma parte de você morre junto. Consequentemente, quando acordar, você vai sentir dor, muita, mas não se esqueça que eu estou aqui a seu lado. Algumas coisas ruins vão acontecer em seguida. Se prepare, não grite, o grito não fará a dor ir embora. Muitas coisas aconteceram na morada enquanto esteve fora. Contenha a dor de sua alma, chorar no momento errado, não ajuda. Você logo saberá sobre o que falo. - Thief parecia estranhamente difuso sob a luz de sua mente, era estranho, nas outras vezes, ele parecia normal, até sua voz parecia mais melodiosa.
Quando acordou, Rich não pôde se lembrar corretamente de sua aparência, o que foi ainda mas estranho. No entanto, ele se lembrou totalmente de suas palavras, ainda mais quando uma dor increvel lhe invadiu todo o corpo. Ele ofegou e cerrou os dentes, segurando a dor e tentando controlá-la, por mais impossivel que lhe parecesse. Respirando pesadamente, ele se sentou no asfalto, um dos passáros de metal ainda estava com ele. A sua frente, uma garota que ele não conhecia disse qualquer coisa que ele não distinguiu corretamente, mas logo se viu rodeado por uma barreira, não sentia nenhuma má intenção vindo dela, foi então que percebeu a presença do menino da espada. Ele disse um monte de coisas que a cabeça de Rich só conseguiu decifrar segundos depois. Rich suspirou e se levantou, olhando diretamente nos olhos dele.
- Não sei como você sabe uma coisa que acabo de descobrir, mas aceito sua ajuda. Por favor, me leve até Elena.

_________________
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
What if the fireworks explode, the eternal feast of death begins.
Wake Anadlu Sarff, it's time for song of the sword, the song of death.
Richard G. Freaks
Richard G. Freaks
Professores
Professores

Mensagens : 227
Data de inscrição : 07/09/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Bairros de Tulsa - Página 2 Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa - Página 2 Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Bairros de Tulsa - Página 2 Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa - Página 2 Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: ☽●☾

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa - Página 2 Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Convidad em Sab Dez 17, 2011 7:11 am

Uriel
que estava sobrevoando a cidade de Tulsa, após a entrega de sua arma
para o Jovem Rafael, que aparentemente sentia ter morrido, seria à hora
de pegar minha arma de volta, mas foi quando senti uma dor em minha
cabeça, o que me fez, cair.

*Caindo a vários metros de altura, com vozes em minha cabeça, até me estabilizar próximo a uma casa, quando ouvi a voz de Deus. “Guerra esta acontecendo na cidade. Como o único Arcanjo enviado a terra. Defenda a Cidade de quem causa destruição.”
*Escutei
claramente, quando então senti a presença de pessoas, senti um
arcanjo... Um caído saindo do local, o que queria dizer que mortes já
ocorriam. Sobrevoei aquele lugar, a noite estava densa. Sangue derramado
no chão, um fogo surge no lugar.

*Afinidade com fogo? Talvez, mas
sentia um brilho estranho em meus olhos, me aproximo novamente agora com
velocidade, vedo dois calouros um de frente para o outro, eu como
arcanjo já estava cansado dessas briguinhas entre esses meros vampiros.
Aproximo-me rapidamente, parando entre os dois. Dou um sorriso, não
sabia se estavam brigando. Mas seria meu primeiro alvo.

*Abri minhas
asas, que nas pontas de suas penas, eram feitas de um material
celestial, na qual usei para prender a todos no chão, lançando em todas
as direções possíveis, Após me virei para o calouro que aparentava ter
uma espada em sua mão, senti algo diferente em sua espada, e novamente
meus olhos começam a brilhar.

*Então com minha mão seguro seu pescoço "Jovem tolo, como uma criatura tão pequena pode fazer tal destruição."
Falo com um tom de desprezo. Faço com quem minha mão atravesse sua
barriga, segurando seu Rim, e o apertando. Assim faria com que ele se
dilacera.

*Após largo o garoto no chão, materializando a sua
própria espada, usando minha habilidade de copiar, cravando na testa do
jovem, no lugar de sua marca.

*Eu como Arcanjo, teria tal domínio de
minha força, e talento. Viro-me para o outro garoto, que parecia mais
inocente ali presente. Olho para um corpo queimando no chão, então
apenas faço a espada atravessar suas duas pernas, para retirá-las. A meu
ver, era uma punição adequada, mesmo indo contra o que a Deus havia me
pedido.

*Abro minhas asas, olhando mais uma vez os ali restantes,
então com impulso, me retiro do lugar. Deixando com que o Adulto que
notei ali, cuide do resto.


ENCERRADO.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa - Página 2 Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Dastan A. Godfrey em Sab Dez 17, 2011 3:03 pm

Chegava nos bairros, parecia ter alguma confusão acontecendo, então me desviei do local. Havia uma onda de trevas lá, o que só me fez querer ir mais para longe. Fui em direção á casa de Mariana, com uma alegria em meu peito, e meus olhos brilhando de saudades. Entrei devagar, querendo fazer uma surpresa... Mas o que vi não era o que eu queria. Ela estava com um amigo nosso, chorando. Não me perdoaria nunca por ter feito tal coisa com ela... Mas logo percebi algo estranho. Eles conversavam, tentando acalmar ela. Ele também estava triste, mas de repente... Eles olham um ao outro nos olhos, e se beijam por alguns instantes. Eu fiquei paralisado olhando a cena. Não conseguia me mover, fiquei ali, parado em frente á janela de sua casa. Uma lágrima escorria pelo canto do olho direito. O meu amor... Não era mais meu... Eles pararam, e a menina abaixou a cabeça, e por algum motivo quis olhar o céu. Mas nesse momento, ela me viu parado na sua janela. Ela paralisa também, e o menino não entende o porque. Seus olhos inchados pareciam brilhar, mas logo ela percebe que ele viu toda a cena, e que também estava á chorar. O rapaz olha para frente, tentando entender o que ela via, e também me viu. Ele resmunga um palavrão, enquanto a garota se levanta, e corre para a porta. Fui tomado por uma grande raiva. Serrei os punhos e corri para longe. Pulei a cerca de sua casa, por onde entrei sorrateiramente, e caí com força no chão. O círculo de energia se formou ao meu redor, e não soube como fazer desaparecer. Corri, sem perceber, em direção para a batalha que resolvi evitar. Quando cheguei, estavam todos imobilizados, e alguma coisa com grandes asas de metal estava fazendo isso. Quando ele tentou cravar a espada no garoto, concentrei minhas forças, e toda minha raiva, numa bola de energia, lançando contra aquilo. De alguma forma, senti um certo controle com o vento, fazendo ela acelerar, tentei manipular a direção, para que impedisse que o menino morresse.
Dastan A. Godfrey
Dastan A. Godfrey
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 32
Data de inscrição : 30/11/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Bairros de Tulsa - Página 2 Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa - Página 2 Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Bairros de Tulsa - Página 2 Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa - Página 2 Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: Quinto-Formado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa - Página 2 Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Convidad em Dom Dez 18, 2011 3:53 pm










Diamonds,


--------------------Are A Girl's Best Friend, The French are glad to die for love They delight in fighting duels But I prefer a man who lives And gives expensive jewels----------------------------------------------------------




Fazia muito tempo que eu não aparecia pela pequena e pacata cidade de Tulsa. Fazia também muito tempo que não recebia notícias de Azazel. Provavelmente alguma coisa tinha acontecido com ele.
Eu precisava contatar meu pai. Eu precisava dele agora mais que nunca.
A sede de vingança me consumia como o fogo consome uma floresta, como o amor consome o coração e como a dor consome o sub-consciente.
Caminhando solitária pelas ruas da cidade, me apercebi de alguma agitação num dos bairros.
Ao me aproximar reparei na presença de um anjo e de alguns vampiros. Tinha confusão de certeza. Eu não estava com vontade de brigar, preferia guardar minhas brigas para mais tarde, pois tinha ainda muitos planos para cumprir. Um deles era, claro, me vingar de Deus. Eu nunca tinha aceitado o fato de me terem culpado por algo que já existia no mundo. Existia no mundo mas não existia no Céu. Há muita coisa que existe na Terra que no céu não existe.
Abri minhas asas e subi até o topo duma casa, ficando ai sentada observando o que estava acontecendo.










About,




------ all you need


Visto isto, falo com FULANO, penso no SICLANO e DELTRANO, etc? A musica é Diamonds Are A Girl's Best Friend by Marilyn Monroe
Agradeço a titia THE FOX! DO OOPS! e Flying Away from TDN pelo template! <3




Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa - Página 2 Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Ginevra Knoll Scheller em Dom Dez 18, 2011 5:06 pm



Algo acontecia . A criatura novamente se aproximava . O anjo de noites passada apareceu no caminho . Enquanto via o que acontecia com um dos vampiros nada vez apenas observou de longe . Ninguém tinha respondido sua pergunta e agora um anjo que provavelmente queria sua vingança por aquela inesquecível noite , estava novamente em sua frente dando um ar de superior . Nenhuma palavra foi dita pela garota . O caído agora andava em sua direção com seu pensamentos sórdidos a olhando enquanto a mesma apenas o olhava . Digamos que um pouco receosa pelo que o outro poderia fazer , temendo-o ? quem sabe , perto dele ela só se sentia uma humana talvez seja só algo que sinta ou talvez seja a habilidade dele que mudou sua mente apenas com um gesto olhar quem sabe .
O caído agora na sua frente , parecei ter a hipnotizado de algum modo . Ainda inexpressiva o olhando nem ao menos conseguir suspirar . O que ha de errado afinal com a garota que poderia ter apenas olhado a confusão de algum lugar longe sem ter o encontrado . Algo entrou em sua mente algo que a deixou surda , algo modificou sua mente . Agora ele a tocava enquanto , a cariciava seu belo rosto , ela ainda o olhava nos olhos tentando entender a mente da criatura a sua frente . Seu pescoço agora era bruscamente agarrado e agora ela esta a alguns centímetros do chão ele a segura . Agora a mão que antes a acariciava a da tapas violentos . Ainda nada , afinal o que a com a mente da doce garota se tornou ? desistiu ? ou vai trazer sua força a tona .
Agora parece tarde o ultimo tapa a fez sangrar e talvez quebrou seu nariz . Agora o caído aproxima seu lábios do dela . Sua mão sangra .
Os lábios se tocam por pouco tempo , ele volta novamente com a espada . Aponta para a sua barriga fazendo um suave corte no vestido que usava . Sentiu a gélida ponta da espada em sua barriga enquanto seus olhos azuis se fechavam . O fim .
Ela e largada jogando sangue pelo chão os olhos fechados resistindo ao mundo que a tentava consumir até desaparecer sua imortalidade no ar . Alguém a tocou sentiu o toque mas talvez era tarde estava perdendo seus sentidos lentamente um por um como se tudo fosse apagado de sua existência, que ali agora não fazia a minima importante . Sangue escorria de um homem até seus lábios . O que o levou a a ajudar ? Amor , corria nas veias do homem que a olhava como se ela significa-se algo para ele . O que ele poderia ver nela ? o que ele sentiu ao vela .
Enquanto bebia lentamente o sangue que ia até seus lábios sentiu o coração bater novamente . O lugar estava em um estado mórbido , não pela maldição da garota e sim pelo que ali acontecia o que ali esta acontecendo . Ela escutava barulhos enquanto senti-a se cada vez mais viva enquanto sentia o coração bater. Sua respiração era tão fraca que se alguém pega-se seu pulso não a sentiria viva . Ele tenta fazer de tudo para a salvar . Um sorriso quase que imperceptível aparece em sua face . Ele a pega no colo e a leva para dentro de um carro . Agora ele corre para salvar a vida de garota .

Encerrado - Continua na enfermaria .

Off:

Como não pude postar antes estou postando agora minha saída para a enfermaria com o Wade .


Ass: Lily !
Ginevra Knoll Scheller
Ginevra Knoll Scheller
Moderador
Moderador

Mensagens : 124
Data de inscrição : 26/10/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Bairros de Tulsa - Página 2 Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa - Página 2 Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Bairros de Tulsa - Página 2 Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa - Página 2 Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: ☽●☾

http://www.institutodurmstrangr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa - Página 2 Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Narrador em Qua Dez 21, 2011 3:51 pm

O vampiro adulto Wade num ataque de emergência levou a caida Lillyan para a morada, deixando a caloura Nessie desacordada fora da vista de curiosos, além da fogueira que ardia, que queimava o corpo de Sam Winchester, além do livro de magia do mesmo.
Enquanto isso, o azul Jhon Wesker apareceu em frente a Richard Freaks, lhe fazendo uma misteriosa oferta, que logo foi aceita pelo calouro. No entanto antes que pudessem sair dali, eles foram atacados pelo misterioso arcanjo Uriel.
Na falta de sua arma, Uriel usou suas asas para atacar os dois calouros. Para seu azar, os calouros tinham feito uma barreira mágica que os protegeu do primeiro ataque do anjo, que se quebrou no ato.
O recém marcado , Dastan, estava correndo, com os olhos vermelhos do recente econtro com sua, agora, ex-namorada, vendo-a nos braços de um amigo. Sem querer, despertando seu poder. Ele se aproxima da briga, vendo a confusão que ali ocorria, mostrou sua coragem, e descarregando seus sentimentos, usando seu dom dado por Nyx. Por sorte, conseguiu evitar com que o azul Richard fosse morto, enquanto via o anjo Uriel voar para longe, acreditando ter matado alguém. A caida Kelly J. Holly apareceu no local, observando a estranha batlha que se desenrolava, se sentando ao topo de uma casa.
Narrador
Narrador
Moderador
Moderador

Mensagens : 145
Data de inscrição : 14/09/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa - Página 2 Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Richard G. Freaks em Sex Dez 23, 2011 12:09 pm

Tinha acabado de aceitar a estranha oferta daquele garoto que era bastante estranho, quando sabe-se lá daonde, veio um cara, mas não um qualquer, um cara, com asas , sim, um cara com asas. Aí você pensa que viu tudo na sua vida, até que esse cara com asas ataca você, aí você pensa, nossa que lindo, fui morto por um cara com asas, mas aí você percebe que você está a salvo, porque o garoto estranho tinha feito uma barreira mágica a sua volta, mas aí você percebe que era a mesma barreira que Sam tinha feito na enfermaria e você finalmente vê que tem um outro garoto que faz alguma coisa e seus olhos começam a ter aquela sensação de formigamente e ouve a voz de seu-eu-interior-meio-robótico falando que duas habilidades tinham sido adicionadas. Ok, ok, ok ! Melhor eu recomeçar um pouco menos descontrolado. Ok, eu tinha desmaiado, Sam tava morto, com o coração ao lado dele (argh !)e pegando fogo, eu tava no meio da rua com o cara da espada gigante na minha frente, ele tinha me feito uma oferta que aceitei de uma maneira nem um pouco pensada, o que fez meu estômago parecer cheio de gorilas dançando axé, e sim, é uma sensação maravilhosa. Ao meu redor, podia ver uma barreira, antes que pudesse identificar mais alguma coisa, um cara com asas desceu do céu, tipo, super normal, e atacou a barreira, primeiro uma, depois o segundo pilar caiu, o que me fez perceber que aquela barreira era do mesmo tipo da que Sam tinha feito quando tinhamos saido da enfermaria. Mais uma vez um calafrio me fez estremecer ao lembrar do jeito que tinha visto Victória pela última vez, ela parecia bastante fraca, espero que ela tenha descansado, não seria exatamente uma boa noticia saber que tinha caras estranhos com asas voando por aí e atacando pessoas do nada, como Kalona. Antes que ele pudesse nos atacar, vi ele olhando para o garoto estranho, o que fez meus olhos formigarem, mas antes que ele pudesse fazer alguma coisa, senti outra pessoa se aproximar e me virei para ver um garoto que se concentrou evocando alguma energia estranha, que fez o formigamento piorar e piorando o gorilas começaram a pular, eles estavam se divertindo, bom, pelo menos o cheiro não era ruim. OOOOK !!! Era o cheiro de carne assada, do Sam, ok, se não tivesse um homem-passáro sendo jogado para longe da gente pelo dom daquele garoto que nos ajudou, eu vomitaria tudo que tivessse no estômago, ou seja, acabaria com a festa dos pobres gorilas. O homem-passáro saiu voando para longe. O garoto que tinha espantado ele se aproximou, o garoto estranho devia estar espantado, não pensei muito, só sai correndo, muito, deixando os dois garotos para trás, provávelmente espantados. tinha que agradecer àquele garoto quando pudesse, não sabia seu nome, mas tinha visto seu rosto o suficiente para me lembrar. E assim eu fugi daquilo, os gorilas estavam se divertindo pra caramba.
(Encerrado)

_________________
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
What if the fireworks explode, the eternal feast of death begins.
Wake Anadlu Sarff, it's time for song of the sword, the song of death.
Richard G. Freaks
Richard G. Freaks
Professores
Professores

Mensagens : 227
Data de inscrição : 07/09/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Bairros de Tulsa - Página 2 Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa - Página 2 Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Bairros de Tulsa - Página 2 Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa - Página 2 Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: ☽●☾

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa - Página 2 Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Convidad em Sab Dez 24, 2011 8:53 am


Bairros de Tulsa - Página 2 1zbe0qr
( Tensa Zαηgєŧsu ) e my Sword, my Soul and my Mask
missionaries in a foreign field.





Merda! A barreira havia sido quebrada, mas nenhum mal havia ocorrido aos que estava dentro da dita barreira. O Sr. Wesker já estava com o seu poder no limite, porém, no momento que foi segurar Richard para levá-lo para a morada, sente a terra, literalmente, tremer. O mesmo cai de joelhos e sente-se estranhamente calmo. Olhando a volta, vê o garoto que havia acertado o anjo com uma esfera de poder e a certa distancia uma garota... O que esta acontecendo? Pensou o rapaz, mas nada lhe ocorria. O mundo estava ficando mais lento... Subitamente, o mesmo viu um pássaro metálico a uma grande distancia. Ele parecia estar subindo aos céus. Por alguns instantes, o mesmo teve uma leve lembrança da sensação da presença daquele pássaro. Era o espírito da Sacerdotisa indo aos céus. O jovem não tinha grande envolvimento com a Sacerdotisa, mas mesmo assim, uma tristeza lhe abateu. As coisas ainda pareciam estar lentas demais para o jovem conseguir falar. As palavras simplesmente não saiam. Subitamente, uma aura negra se envolveu ao jovem. Era de um frio só comparável ao da morte, mas uma fragrância apenas sentida por poucos felizardos... Não entendendo direito o ocorrido, John, tenta tocá-la, mas ao se aproximar, a energia simplesmente adentrava seu corpo. Perante aquele breu que estava lentamente lhe cobrindo, uma voz seria lhe disse aos ouvidos:
-John Wesker... Vós fostes escolhido pelo Imperador Hades para carregar A Chave. Se teu caminho dor guiado para as trevas, tua alma serás perdida e torturada pela eternidade, se sua força acabar e sua vontade forem oprimidos, perderás A Chave e a vida. Por meio das trevas e do breu, eu te abençôo.
As trevas sumiram... O jovem agora estava deitado no chão, ainda cansado. Tudo estava normal... Seu kimono da Primeira Etapa estava ativado, assim como sua espada, Zangetsu, estava ali... Mas ao se levantar, o Shinigami viu uma pequena chave negra acorrentada ao seu pescoço. Aparentemente, ninguém havia visto aquilo... Era estranho... Nada havia mudado, mas ao tocar a chave, o mesmo viu a imagem de um monstro acorrentado e apenas uma fechadura em seu peito, enquanto dezenas de correntes saiam de seu corpo e sumiam na escuridão que lhe cercava. No momento, John teve realmente um grande espanto. Aquilo não era normal (Ava é mesmo?)... O pior de tudo... É que aquele monstro lhe era familiar... Porém nada lhe dizia aonde havia visto o mesmo antes. A garganta do jovem estava começando a queimar. Ficar tanto tempo longe da morada tinha essas conseqüências. Estava na hora de voltar para “casa”. O Sr. Wesker sabia que sem a sacerdotisa aquele local devia estar uma bagunça. Agora os vampiros iam se dividir entre os Fãs da HON e os Rebeldes. A idéia fez John sorrir. Caminhando, ainda cansado, pega 5 penas de ferro celestial, mesmo não sabendo que o metal seria tão especial, que haviam entrando em contato com a barreira e não haviam sido destruídas, em direção ao jovem que havia lhe ajudado, o mesmo põe a mão na no ombro do garoto e fala:
-Obrigado... Foste de grande auxílio... - What? O garoto percebeu a forma formal que estava falando. Ainda não havia lhe ocorrido, mas a mudança de sua voz também tinha ocorrido. Ela estava mais grave... Não era algo que ia mudar em tão pouco tempo... Será que a puberdade pros vamps era mais rápida? Como mostra de camaradagem, o Wesker continuou falando- Vamos a morada? Seria bom tratar desse cansaço súbito e creio que usar sua habilidade não deve ainda lhe ser muito constante, então vamos?
Ser gentil com estranhos não era algo comum, mas mesmo assim, ele havia ajudado bastante ao vampiro e o outro vampiro.


ENCERRADO






Bairros de Tulsa - Página 2 Images?q=tbn:ANd9GcRF5LGSoSccn3XW91Eqhs3-ScFpMAn2AoFTYJfynqEOOutlvyoR8NLNBWgdrw

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa - Página 2 Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Dastan A. Godfrey em Ter Jan 10, 2012 2:37 pm

Questionava o que tinha acabado de acontecer. Eu estava em choque e não conseguia mover nada. O menino falou comigo, e parecia estranhar por um momento o jeito como ele falava. Consegui me mover. Observei minhas mãos, e ao meu redor. O que quer que fosse tinha desaparecido. Eu tinha uma leve impressão do que era, mas não me arriscava. Olhei para trás, e vi uma menina correndo em nossa direção, sendo seguida por um garoto. Eu sabia exatamente quem eram, e não queria ver nenhum deles agora. Meus olhos, estava forçando para não lacrimejar. Segui o garoto, e comecei a correr para acelerar o passo, ignorando o cansaço. Eu só queria me distanciar... Ao fundo, ouvi um grito, seguido de um choro. Era meu nome. Ela tinha gritado meu nome. Eu iria para a "Morada", e nunca mais voltaria. Algo me dizia que lá eu entenderia as coisas que estavam acontecendo. Uma lágrima escapa, com o eco de sua voz gritando meu nome desesperadamente, como se fosse um suspiro de morte. Aquele som arranhava-me por dentro, apenas machucando mais coração, agora quebrado, e seus pedaços congelados. Tudo que eu queria, era morrer. Porque eu não fui morto também? Alguém tinha que me explicar.

Encerrado
Dastan A. Godfrey
Dastan A. Godfrey
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 32
Data de inscrição : 30/11/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Bairros de Tulsa - Página 2 Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa - Página 2 Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Bairros de Tulsa - Página 2 Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa - Página 2 Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: Quinto-Formado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa - Página 2 Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Peter Blaine em Seg Jan 16, 2012 10:44 am


Atention

Peter e Maudette saíram do Pub. O clima de atenção e preocupação com os perigos estava no ar, até porque era madrugada em Tulsa. Para o adolescente, a atenção estava redobrada, porque para ele não eram só boatos, e sim a certeza de que haviam vampiros na cidade. E, como vira na vez que fora para o enterro de Victoria, a Sacerdotisa, existiam os que não se importavam com o bem estar dos seres humanos, ao que parecia, principalmente aquele homem que dera um discurso contra Nyx, e o vampiro que passou reto por ele, alterado apenas pelo seu cheiro de sangue (e fora salvo por uma deles, Carly).

Não trocava uma palavra sequer com a menina ao seu lado, olhando para diversos lugares com olhadelas rápidas, temendo o pior. A adolescente seguia um pouco na frente de Blaine, pois era ela que tinha que ir embora, e "comandava" para onde eles estavam indo.
NOTES: Continuação do Baker St. Pub & Grill | OUTFIT: Here | WHERE? Bairros de Tulsa | TAGGED: Peter Blaine / Maudette Coraline Watson / Carly M. Banes / Victoria Redbird | HUMOR: Preocupado/Atento. | MUSIC: I don't know what to do - Tiko's Groove | WORD COUNT: 154. | CREDITS: BARBIE
Peter Blaine
Peter Blaine

Mensagens : 242
Data de inscrição : 17/09/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Bairros de Tulsa - Página 2 Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa - Página 2 Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Bairros de Tulsa - Página 2 Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa - Página 2 Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: Nenhum

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa - Página 2 Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Natasha Grigori em Sex Jan 20, 2012 3:37 pm

No meio de tanta confusão eu só sabia de uma coisa, ja não estava entendendo nada que estava acontecendo, o local ja estava cheio de alunos da House of Night e outros como anjos e humanos. Precisando conversar com alguém, sem me importar em dar uma de loca me aproximo de um garoto qualquer e o puxo do local, eu precisava conversar com alguém, então isso eu ja ia fazer mas não ali, eu não aguéntaria ficar nem mais um minuto nos bairros, ainda puchando o garoto pelos braços me viro um momento para ele e falo
-Venha comigo por favor, vai ficar tudo bem ...com você só preciso de alguém para conversar mas não aqui.
Volto a andar e ainda o puxando, eu não sabia o que eu devia fazer, nem sabia se eu ainda era uma pessoa em que o garoto deveria confiar.
Encerrado
Natasha Grigori
Natasha Grigori
Calouro Vermelho
Calouro Vermelho

Mensagens : 315
Data de inscrição : 04/03/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Bairros de Tulsa - Página 2 Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa - Página 2 Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Bairros de Tulsa - Página 2 Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa - Página 2 Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: Quarto-Formado

http://houseofnightrpg.ativoforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa - Página 2 Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Peter Blaine em Sex Jan 20, 2012 3:46 pm


Atention

Peter percebe a menina se aproximando. Sorri, acenando para ela. Mas percebe como ela estava tensa. Sussurra para Maudette:

- Fica tranquila. Se acontecer algo comigo, apenas siga para sua casa, o mais rápido possível, mas não aparente medo.

Realmente, aconteceu algo com ele. Aquela menina pegou os braços dela e puxou-o. Olhou para a outra humana, como que lembrando-a que deveria apenas continuar indo para a casa dela. Ouviu a que puxava ele falar:

- Venha comigo por favor, vai ficar tudo bem... com você só preciso de alguém para conversar mas não aqui.

Assentiu, deixando-a puxá-lo.

Spoiler:
Encerrado, continua na Praça Central.
NOTES: Continuação do Baker St. Pub & Grill | OUTFIT: Here | WHERE? Bairros de Tulsa | TAGGED: Peter Blaine / Maudette Coraline Watson / Natacha B. Lafont | HUMOR: Preocupado/Atento. | MUSIC: I don't know what to do - Tiko's Groove | WORD COUNT: 98. | CREDITS: BARBIE
Peter Blaine
Peter Blaine

Mensagens : 242
Data de inscrição : 17/09/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Bairros de Tulsa - Página 2 Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa - Página 2 Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Bairros de Tulsa - Página 2 Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa - Página 2 Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: Nenhum

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa - Página 2 Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Kvothe Arliden em Sab Out 13, 2012 10:57 pm


Darkness will never catch you while I still breath


Kvothe Arliden - O Sobrevivente - Vampiro Adulto

Andava pelas ruas sem um rumo definido, apenas pondo um pé e depois outro. Hoje. Há muito tempo nesse mesmo dia um garotinho se afastou de sua mãe, do seu pai e de sua familia e nunca mais pôde vê-los.
Nesse dia há muito tempo uma mãe e um pai foram vingados. Nesse dia um garoto terminava uma apresentação no meio da rua e ia para um beco e nesse beco, toda a vida do garoto se transformaria pelas palavras de um rastreador.
- Nesse dia um homem anda sozinho pela rua varrida pelo vento. Nesse dia um homem procura abrigo nas estrelas e observa as nuvens.
Sentei num banco e olhei para céu.



Humor: O de Sempre | Com: Vento, Estrelas e Nuvens.

Kvothe Arliden
Kvothe Arliden
Vampiros Azuis
Vampiros Azuis

Mensagens : 87
Data de inscrição : 06/04/2012

Ficha do Personagem
Vida:
Bairros de Tulsa - Página 2 Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa - Página 2 Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Bairros de Tulsa - Página 2 Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa - Página 2 Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: ☽●☾

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa - Página 2 Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Ginevra Knoll Scheller em Sab Out 13, 2012 11:14 pm

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
- - - -All those crazy things you said You left them riding through my head You're always there, you're everywhere But right now I wish you were here All those crazy things we did Didn't think about it, just went with it You're always there, you're everywhere But right now I wish you were here- - - - -
- - Something - -


Disseram ao sol que ele nunca poderia reencontrar a lua, bom, era mentira. Histórias de amor como esta já foram como romeu e julieta para muitos apaixonados um conto em que o amor vence, mas no breve caso de Romeu e Julieta paira a duvida se eles ficaram eternos para sempre. Se matar por alguém... Um coração por outro. Deixar com que alguém que parece querer-te eternamente roube seu ultimo suspiro. A pergunta é; você deixaria?

A brisa mordida acariciava sua pele, pálida, uma cor avermelhada sobre os lábios e um vestido longo branco. Cabelo solto e se levar pela brisa uma mão sobre a outra enquanto carregava uma carteira. Olhava com seus memórias em desagrado ao local se fazendo de humana como sempre fez mas agora um tom sutil de verdade existia ali. Não demorou muito a se ver em uma zona de guerra, a brisa agora um pouco mais violenta, mais brava contra sua pele fria.

~ Posso me sentar? Disse ela ao se deparar com um estranho com cheiro antigo. Interessante. Os olhos em tom inocente a espera de uma resposta do rapaz sentado no banco que parece contemplar as estrelas e algo mais, parecia a espera de algo por assim dizer. Apertou ainda mais a carteira o esperando, esperando sua resposta de tartada a ser dita.





A madrugada "Viva" Musicas @ Aleatório.
thread by it's ping pong, Ananda @
terra de ninguém 2.0 <3
Ginevra Knoll Scheller
Ginevra Knoll Scheller
Moderador
Moderador

Mensagens : 124
Data de inscrição : 26/10/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Bairros de Tulsa - Página 2 Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa - Página 2 Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Bairros de Tulsa - Página 2 Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa - Página 2 Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: ☽●☾

http://www.institutodurmstrangr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa - Página 2 Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Kvothe Arliden em Sab Out 13, 2012 11:24 pm


Darkness will never catch you while I still breath


Kvothe Arliden - O Sobrevivente - Vampiro Adulto

Quase havia me unido à natureza dali. fazia parte do vento, parte das frias gotículas de água que acabavam de se formar, mas era tudo vão, chato. Não era vida. Era existência pura e simples.
- Sim, claro ! - disse meio surpreso por haver alguém ali àquela hora. - Se me permite o comentario, as estrelas estão magníficas hoje.
Vendo pelo meu ângulo era apenas alguém que não queria ficar sozinho, ninguem sozinho. Sozinho, só se pode existir e sobreviver, mas nunca viver.



Humor: O de Sempre | Com: Vento, Estrelas e Nuvens.

Kvothe Arliden
Kvothe Arliden
Vampiros Azuis
Vampiros Azuis

Mensagens : 87
Data de inscrição : 06/04/2012

Ficha do Personagem
Vida:
Bairros de Tulsa - Página 2 Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa - Página 2 Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Bairros de Tulsa - Página 2 Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa - Página 2 Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: ☽●☾

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa - Página 2 Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Ginevra Knoll Scheller em Sab Out 13, 2012 11:35 pm

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
- - - -All those crazy things you said You left them riding through my head You're always there, you're everywhere But right now I wish you were here All those crazy things we did Didn't think about it, just went with it You're always there, you're everywhere But right now I wish you were here- - - - -
- - Something - -


Os lábios em afronte a sua própria pele se pressionam ainda a espera da resposta. Sua mão desliza lentamente pelo encosto do banco enquanto se senta com um sutil sorriso aos lábios ainda pressionados após a resposta. Seu olho marcado com uma linha preta o contornando se guia ao céu que nesta madrugada demostra seu jeito glorioso, mas que para ela não passava de uma simples paisagem que um dia já fez parte. Após poucos segundos os olhos se voltaram a ele.

~ Sim. Mas já estiveram lindas... Disse o fitando em um tom baixo um comentário quase que inútil. Levou as mãos até seu colo e lá deixou a carteira e logo voltou com as mãos até o cabelo para o ajeitar já que o vento o tinha bagunçado de tal jeito que estava a incomodando. Suspirou a procura de algo para dizer, mas sua mente estava um pouco perturbada assim por dizer afinal não era em todo o local que se via quase a morte.

~ Prazer... Ginevra... Disse assim como se estivesse realmente se apresentado na verdade as palavras saltaram de seus lábios. Assim do nada. Elas apenas saíram.





A madrugada "Viva" Musicas @ Aleatório.
thread by it's ping pong, Ananda @
terra de ninguém 2.0 <3
Ginevra Knoll Scheller
Ginevra Knoll Scheller
Moderador
Moderador

Mensagens : 124
Data de inscrição : 26/10/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Bairros de Tulsa - Página 2 Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa - Página 2 Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Bairros de Tulsa - Página 2 Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa - Página 2 Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: ☽●☾

http://www.institutodurmstrangr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa - Página 2 Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Kvothe Arliden em Sab Out 13, 2012 11:49 pm


Darkness will never catch you while I still breath


Kvothe Arliden - O Sobrevivente - Vampiro Adulto

O vento se tornou mais forte.
- Prazer Ginevra. Meu nome é Kvothe. Pode me chamar de Kou se preferir. - disse com um sorriso meio apagado. - Desculpe minha intromissão, mas você não parece à vontade aqui.
Em algum um cão latia, havia uma criança chorando e um pai om sono tentando fazê-la dormir. Mas ali na rua havia apenas os dois, o vento e o céu. Olhei para Ginevra, ela parecia ter mais ou menos uns vinte anos, mas assim como em mim, parecia haveralgo nela que chamava uma maior atenção, como um magnetismo natural.



Humor: O de Sempre | Com: Ginevra



Última edição por Kvothe Arliden em Dom Out 14, 2012 12:09 am, editado 1 vez(es)
Kvothe Arliden
Kvothe Arliden
Vampiros Azuis
Vampiros Azuis

Mensagens : 87
Data de inscrição : 06/04/2012

Ficha do Personagem
Vida:
Bairros de Tulsa - Página 2 Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa - Página 2 Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Bairros de Tulsa - Página 2 Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa - Página 2 Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: ☽●☾

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa - Página 2 Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Ginevra Knoll Scheller em Dom Out 14, 2012 12:04 am

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
- - - -All those crazy things you said You left them riding through my head You're always there, you're everywhere But right now I wish you were here All those crazy things we did Didn't think about it, just went with it You're always there, you're everywhere But right now I wish you were here- - - - -
- - Something - -


Os olhos se perderam enquanto esperava algo vindo dele, alguma palavra, ação. Então esperou com aquele novo jeito, mais um jeito que se tornaria um disfarce para não morrer novamente por dentro. Uma coisa era morrer por fora outra era por dentro. O "coração", estava tentando se renovar buscando um novo jeito, o manto sombrio que um dia a envolvia se desmanchara mas se algo acontecer é provável que ele poderá retornar. E como da ultima vez só saíra após séculos. Estes que a torturaram.

~ Como quiser... Kou, é assim né? Os olhos o olhavam, lendo-o como um livro. Ela enquanto o olhava começou a impor regras a ela mesma. Para não voltar ao escuro buraco de onde saíra. A brisa fizera com que seu vestido vibra-se, tremulo e leve como a brisa. A ceda macia do vestindo seu sua pele. Fria, como neve. Sorriu timidamente. Os dedos ainda sobre os fios revoltosos do cabelo que não paravam quietos, ainda assim os movimentava delicadamente olhando o rapaz.





A madrugada "Viva" Musicas @ Aleatório.
thread by it's ping pong, Ananda @
terra de ninguém 2.0 <3
Ginevra Knoll Scheller
Ginevra Knoll Scheller
Moderador
Moderador

Mensagens : 124
Data de inscrição : 26/10/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Bairros de Tulsa - Página 2 Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa - Página 2 Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Bairros de Tulsa - Página 2 Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa - Página 2 Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: ☽●☾

http://www.institutodurmstrangr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa - Página 2 Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Kvothe Arliden em Dom Out 14, 2012 12:19 am


Darkness will never catch you while I still breath


Kvothe Arliden - O Sobrevivente - Vampiro Adulto

Milagrosamente sorri com sua pergunta.
- Sim, assim mesmo. -disse. Levantei do banco e falei:
- Então, Ginevra, longe de mim querer fazer uma dama se cansar, mas gostaria de andar por aí comigo ? Sabe, se perder pelo mundo ? - perguntei fazendo uma venia exagerada, lhe oferecendo a mão para se levantar. - Sua presença em meu humilde passeio seria muito além do adorável.
Sem a barreira de uma árvore para empedir o vento, meu cabelo se moveu todo para um lado, deixando algumas madeixas em cima dos olhos. Sorri e assoprei para tirá-ls de lá, ainda oferencendo a mão à Ginevra.


Humor: O de Sempre | Com: Vento, Estrelas e Nuvens.

Kvothe Arliden
Kvothe Arliden
Vampiros Azuis
Vampiros Azuis

Mensagens : 87
Data de inscrição : 06/04/2012

Ficha do Personagem
Vida:
Bairros de Tulsa - Página 2 Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa - Página 2 Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Bairros de Tulsa - Página 2 Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa - Página 2 Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: ☽●☾

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa - Página 2 Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Ginevra Knoll Scheller em Dom Out 14, 2012 12:42 am

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
- - - -All those crazy things you said You left them riding through my head You're always there, you're everywhere But right now I wish you were here All those crazy things we did Didn't think about it, just went with it You're always there, you're everywhere But right now I wish you were here- - - - -
- - Something - -


Ainda o olhando terminando de ajeitar o cabelo escorregadio. Seus lábios se pressionaram em um sorriso meigo ouvindo as palavras dele. Uma de suas mãos fora até a carteira e a outra ficara em seu ombro. Ainda ouvia a proposta do rapaz que parecia um pouco "melhor", mais sorridente talvez. A mão do ombro fora de encontro a do rapaz aceitando o pedido dele, como ele tinha dito; "Sua presença em meu humilde passeio seria muito além do adorável." Bom de algum jeito a madrugada seria longa de qualquer forma e talvez isso a distrai um pouco.

~ Vamos, claro. Mas para onde? Segurou a certeira, enquanto dizia e se levantava lentamente ajeitando o vestido com a mesma mão que segurava a carteira. Olhou-o enquanto sua mente passava pelas entranhas do local. Por alguns segundos o sorriso desaparecera de sua jovial face mas logo voltava. Alguns passos são dados sobre a calçada. O salto fazia um sutil barulho que agora que percebera mas nada estrondoso, enquanto os olhos passavam pelas cercas que envolviam as casas sentiu a mão dele a sua.





A madrugada "Viva" Musicas @ Aleatório.
thread by it's ping pong, Ananda @
terra de ninguém 2.0 <3
Ginevra Knoll Scheller
Ginevra Knoll Scheller
Moderador
Moderador

Mensagens : 124
Data de inscrição : 26/10/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Bairros de Tulsa - Página 2 Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa - Página 2 Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Bairros de Tulsa - Página 2 Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa - Página 2 Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: ☽●☾

http://www.institutodurmstrangr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa - Página 2 Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Kvothe Arliden em Dom Out 14, 2012 1:00 am


Darkness will never catch you while I still breath


Kvothe Arliden - O Sobrevivente - Vampiro Adulto

Dei alguns passos olhando o céu estrelado e sentindo o vento passando por mim.
- "Para onde ?" disse Wendy. "Para o esconderijo das nuvens, a terra da felicidade. Para a Terra do Nunca !", respondeu Peter Pan. Pois então eu digo para... - sorri para Ginevra. - Que tal para Praça de Tulsa ? Fica bem perto daqui e não precisamos voar para chegar lá.
Sorri com minha própria piada, tentando fazer Ginevra rir também, notei sua rápida mudança de feição enquanto andávamos.


Humor: O de Sempre | Com: Ginevra.

Kvothe Arliden
Kvothe Arliden
Vampiros Azuis
Vampiros Azuis

Mensagens : 87
Data de inscrição : 06/04/2012

Ficha do Personagem
Vida:
Bairros de Tulsa - Página 2 Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa - Página 2 Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Bairros de Tulsa - Página 2 Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa - Página 2 Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: ☽●☾

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa - Página 2 Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum