Bairros de Tulsa

Página 1 de 4 1, 2, 3, 4  Seguinte

Ir em baixo

Bairros de Tulsa Empty Bairros de Tulsa

Mensagem por House of Night em Qui Mar 31, 2011 4:57 pm

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
House of Night
House of Night

Mensagens : 212
Data de inscrição : 24/02/2011

https://houseofnight-hon-rpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Natasha Grigori em Qui Mar 31, 2011 5:42 pm

Depois de sair do tunel cheguei em um lugar cheio de casas,olhei em volta e vi uma sem pessoas sabia que estavam de ferias viajando mas isso não me veio na cabeça na hora,abri a janela e entrei,peguei uma vassoura,alguns quadros e outras coisas para melhorar a aparencia do tunel,sei que ele tinha varias coisas legais tb mas precisava de mais algumas coisas,depois de sair da casa fui para o hospital.
ENCERRADO.
Natasha Grigori
Natasha Grigori
Calouro Vermelho
Calouro Vermelho

Mensagens : 315
Data de inscrição : 04/03/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Bairros de Tulsa Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Bairros de Tulsa Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: Quarto-Formado

http://houseofnightrpg.ativoforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Isabelle Carter em Sex Abr 08, 2011 3:33 pm

Chegamos a minha casa,havia um carro discreto estacionado na entrada,a porta estava fechada.Soltei um suspiro,conhecia aqueles carros,os via constantemente por causa do trabalho do meu pai...
-Eu volto rapidinho,espera aqui tá?-eu disse a Melanie,saindo do carro antes que ela pudesse dizer alguma coisa.
Abri a porta,me esquivei lá para dentro,havia uma fita isolante em volta da cozinha.Engoli em seco,as lembranças de minha mãe golpeando-me,as lágrimas chegando aos meus olhos e ficando represadas ali.
-Vire-se devagar,sem movimentos bruscos.-eu ouvi uma voz masculina dizer.
Soltei outro suspiro,e virei-me devagar como ele pedira deparando-me com uma arma apontada para o meu rosto.
-Doyle,tem uma garota na casa!Cade o pessoal da segurança pra cuidar disso aqui!-ele disse bufando irritado.-Identidade,menina...
-Está lá em cima...Você devia conhecer a ficha das suas vítimas!Pelo menos as relações da pessoa...-eu disse encarando-o irritada.
Ele baixou a arma,guardando-a na cintura e dirigiu-se a uma mesinha no centro da sala.Ele abriu a pasta,folheou-a e depois de alguns segundos virou-se para mim.
-Ok,senhorita Isabelle.O Doyle vai lhe acompanhar até o andar superior enquanto a agente Jullia irá lhe fazer algumas perguntas.-ele disse fazendo sinal para um mulher alta e magra,cabelos pretos e lisos presos em um rabo de cavalo aproximar-se.
-Prazer,agente chefe de investigação Jullia.-ela disse sorrindo de um modo simpático para mim enquanto tirava suas luvas de látex e me chamava para a outra sala.Haviam vários agentes ali,olhavam-me intrigados e voltavam a fazer os seus trabalhos.
Subimos ao segundos andar onde era o meu quarto,minhas coisas exatamente no mesmo lugar,a porta com uma fita isolante.Ele parou ali e me encarou por alguns segundos desepejando-me as perguntas.
-Onde você estava depois do acidente?O que exatamente aconteceu?Sugiro que seja absolutamente sincera em tudo que disser,pode colocar-se em uma situação de risco caso algo dê errado,no que diz.
-Bem,depois de deparar-me com minha mãe morta na cozinha eu deparei-me com seus assassino.Consegui escapar e ,refugiei-me na Morada da Noite...-eu disse mordendo o lábio inferior.Não sabia se podia falar aquilo e sentia que Mell entraria na casa para descobrir o que causava a minha demora...As lembranças voltavam em enxurradas e eu controlava as lágrimas,fechando os olhos por alguns segundos.
-Morada da Noite?Tem ceteza?Como era o assassino?-ela perguntou franzindo o cenho e fzendo algumas anotações em um bloco.
-Sim,eu tenho...-eu disse retirando um pouco do creme que escondia minha marca,observando seus olhos arregalarem-se um pouco.-Bem,o assassino usava um capuz preto e algo como um punhal de prata ou alguma material semelhante.-eu concluí.
-Ok,pegue suas roupas vou te levar a esse lugar de novo,preciso falar com o responsável pelo local.-ela disse determinada,retirando a fita isolante da porta.
Peguei minhas roupas com rapidez,e disse para ela:
-Pois bem,estou com uma coleg,ela não sabe das reais proporções disso...
-Ok,siga na frente que eu vou de carro atrás.-ela disse consultando o relógio e fazendo uma careta.-Ainda teremos mais encontros,querida.Há muitos enigmas a serem resolvidos.-ela disse empurrando-me gentilmente pelo corredor com quem eu supunha ser Doyle logo atrás da gente.
Saí da casa desacompanhada e com um "estou de olho em você" pronunciado pelo homanezarrão que acompanhava eu e Jullia.Entrei no carro,dando um sorrissinho amarelo para Mell.
-Desculpe a demora...tinha algumas coisinhas pra resolver.-eu disse.-Bem,vamos voltar?

_________________
Isabelle Carter Wodson

"It's a shame,I'm a Dream" [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Vamp [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Seventeen

credits @
Isabelle Carter
Isabelle Carter
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 669
Data de inscrição : 28/03/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Bairros de Tulsa Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Bairros de Tulsa Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: Terceiro-Formado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Melanie Wodson em Sex Abr 08, 2011 5:41 pm

Ela saiu do carro apressada antes que eu pudesse fazer algo, olhei para a casa e fui tomada por uma sensação desagradavel, tentei entender oque acontecia, lá dentro me mechendo feito doida, como não estava no céu não podia ver dentro da casa mais podia me certificar de que bel estava bem, conferi suas emoções diverças veses para perceber que estava bem apezar de angustiada.
Senti um cutucão forte na cabeça e fui tomada por flashes do que havia acontecido ali, oque me fez estremecer, a policia estava na jogada, .
Depois de alguns segundos, eu estava quase saltando atras da garota, porém ela apareceu com um homezarrão na sua cola, eu olhei para sua cara feia e senti um impeto de socar-lhe o estomago estremeci com o pensamento eu geralmente era muito pacifica
-Desculpe a demora...tinha algumas coisinhas pra resolver.-ela disse.-Bem,vamos voltar?
Olhei para seus olhos vendo que ainda não confia plenamente em mim oque não me era de se espantar."Pobre menina", Supirei com o pensamento. E olhei feio para o cara que logo desmanchou a carranca, sob meu olhar duro.

- Vamos sim querida... Pegou tudo? - Disse me arrpendendo um pouco por ter usado um tom pouco jovial para a época - Não gostei daquele homem - disse torcendo o naris para o cheiro desgradavel que senti aemanar dele, e prometi a mim mesma que ficaria com os olhos grudado em Bell enquanto ela estivesse perto daquele homem.
- Provavelmente eles vão nos seguir certo? - Disse olhando para o céu, vendo a lua alta e brilhante, sentindo meu corpo enervar com a chuva que estava prestes a cair, olhei para a hora no painel provavelmente eles estavam "almoçando" naquele momento - Vai chover em breve...
Melanie Wodson
Melanie Wodson

Mensagens : 151
Data de inscrição : 27/03/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Bairros de Tulsa Left_bar_bleue1000/1000Bairros de Tulsa Empty_bar_bleue  (1000/1000)
Barra de Energia:
Bairros de Tulsa Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: Quinto-Formado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Isabelle Carter em Dom Abr 10, 2011 8:20 pm

- Vamos sim querida... Pegou tudo?...Não gostei daquele homem-ela disse fazendo-me estranhar o querida e olhar para Doyle.
-É,as pessoas não costumar gostar de caras carrancudos...
-eu disse dando de ombros.
- Provavelmente eles vão nos seguir certo?...Vai chover em breve...-ela disse olhando para o céu escuro e sem estrelas.
-Bem,acho que não devia ter falado,mas não tinha outro jeito...eles querem falar com a sacerdotista e confirmar o que eu disse a eles...-eu disse mordendo o lábio inferior e me perguntando o que ela gostaria de saber sobre tudo aquilo.

_________________
Isabelle Carter Wodson

"It's a shame,I'm a Dream" [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Vamp [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Seventeen

credits @
Isabelle Carter
Isabelle Carter
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 669
Data de inscrição : 28/03/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Bairros de Tulsa Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Bairros de Tulsa Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: Terceiro-Formado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Melanie Wodson em Dom Abr 10, 2011 9:11 pm

Olhei para ela soerguendo uma sobrancelha.
- Teremos que dar explicações... - Disse não gostando de levar um chingão da sacerdotisa de Nyx, em alguma outra situação ela apenas me comprimentaria e sorriria...
- Para Ambos A sacerdotisa e os projeto de armário...
Melanie Wodson
Melanie Wodson

Mensagens : 151
Data de inscrição : 27/03/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Bairros de Tulsa Left_bar_bleue1000/1000Bairros de Tulsa Empty_bar_bleue  (1000/1000)
Barra de Energia:
Bairros de Tulsa Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: Quinto-Formado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Isabelle Carter em Dom Abr 10, 2011 9:17 pm

- Teremos que dar explicações... Para Ambos A sacerdotisa e os projeto de armário...-ela disse parecendo não estar feliz com aquilo.
-Desculpa,eu não tive outra escolha...-eu disse dando de ombros,não podia fazer nada.
Fiquei quieta olhando pela janela enquanto fazíamos o caminho de volta para a escola.
*Encerrado

_________________
Isabelle Carter Wodson

"It's a shame,I'm a Dream" [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Vamp [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Seventeen

credits @
Isabelle Carter
Isabelle Carter
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 669
Data de inscrição : 28/03/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Bairros de Tulsa Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Bairros de Tulsa Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: Terceiro-Formado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Convidad em Qui Nov 17, 2011 9:51 am

Estava caminhando com Lena, ela não era lá tão pesada... Estava sorrindo para mostrar que ela poderia confiar em mim.
Ela estava de olhos fechados... Atravessamos metade de Tulsa caminhando, eu ia sempre falando com ela, para a manter acordada...
Estava realmente preocupado... Ela mal tinha forças para se segurar em mim... Chegamos nos bairros de tulsa, era um lugar bem bonito, a chuva já estava fraca, uma leve brisa, que fazia as folhas caírem...
- Está se sentindo melhor? - virei meu rosto meio de lado, para a ver...
Cheguei em uma parte dos Bairros, onde as casas já eram meio desertas... Algumas a Venda... Mas nada alem disso... A coloquei sentada em um muro... que era quase como um banco, não era alto...
a segurando para que ela não caísse...
- Quer que eu faça alguma coisa? Não sou muito bom nessas coisas de ajudar XP
Dei um sorriso meio tímido, pois eu estava ali para a ajudar, mas nunca tinha feito isso por alguém. '-'
Fiquei apenas parado em sua frente... Vi que suas roupas estavam meio sujas... Mas me calei.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Elena Mallaby em Qui Nov 17, 2011 10:48 am

Sam foi me levando para não sei aonde....
Por vezes sentia ele virar de lado...até que ele falou:
- Está se sentindo melhor?
Eu o respondi com um - Uhummm......
Até que chegamos a um bairro away de Tulsa. Sam gentilmente me colocou no muro e perguntou:

- Quer que eu faça alguma coisa? Não sou muito bom nessas coisas de ajudar XP

Já de olhos abertos e sentindo uma brisa leve lhe disse:
- Você já está fazendo muito....só de me tirar de lá e ainda me carregar - e ensaiei um sorriso.

Olhei em volta e vi algumas casas com placas de venda. A rua estava deserta e eu precisava me trocar e cuidar dos meus machucados.
Pensei em ir para minha antiga casa, mas se meus avós me vissem desta maneira iriam morrer.

- Hm...Sam...vamos para alguma destas casas.....devem estar vazias e por sorte encontramos alguma aberta - e sai do muro, ficando em pé com muito esforço mas sem soltar do braço dele.

_________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Vampira Negra . The mad priestess . 1ª Guardiã
Elena Mallaby
Elena Mallaby

Mensagens : 931
Data de inscrição : 25/02/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Bairros de Tulsa Left_bar_bleue300/300Bairros de Tulsa Empty_bar_bleue  (300/300)
Barra de Energia:
Bairros de Tulsa Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: ☽●☾

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Convidad em Qui Nov 17, 2011 2:18 pm

Ela me pediu para que fossemos para alguma daquelas casas, elas certamente estariam desocupadas...
Ela ficou em pé, eu a segurei, ela estava um pouco melhor, e fiquei feliz por saber que estava ajudando... Pelo menos uma fez eu seria útil para alguma coisa.
A ajudei a se erguer, ela não podia caminhar muito... Ao menos não por enquanto, tinha de descansar.
- Espere - Falei a segurando - Deixa que eu procuro alguma coisa, fiquei descansando por enquanto. ^^

Falei dando um sorriso de leve, a encostei no muro, se ela deixasse....
Então sai em direção a porta da casa que estávamos na frente, ao chegar na porta da casa, olhei para Lena, que estava no muro... Olhei em minha volta, para ver se não havia ninguém... Após ver que não tinha, forcei a porta... Mas ela estava trancada, olhei para minha mão, então me agachei perto da fechadura, olhando o buraco. Fechei os olhos e mentalizei uma chave... Senti ela em minha mão, era feita de Umbracinese, coloquei na porta, e funcionou. Fiquei feliz, dei um sorriso me virando em direção a Lena.

Após olhei para dentro da casa, estava vazia... Os móveis todos com um tipo de plastico por cima. Voltei até Lena.
-Consegui abrir a porta daquela casa. Vamos lá... - Falei colocando minha mão nas suas costas... E a outra na parte de trás de seu joelho.
Nem esperei sua resposta... A segurei nos braços... E a carreguei para dentro da casa. A levei até uma cadeira, que era a unica coisa que estava sem o plastico.
- Vou procurar alguma coisa, para seus ferimentos... E depois algumas roupas limpas para você... Fiquei descansando... OK?
Dei um sorriso esperando ela responder, me mantive próximo da mesa, caso ela precisasse de ajuda, eu estaria ali.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Elena Mallaby em Qui Nov 17, 2011 2:40 pm

- Espere....deixa que eu procuro alguma coisa, fiquei descansando por enquanto. - disse Sam.

Mumurei um - Ok... - e vi ele se afastar indo até a porta.
Ele o observei procurando alguma coisa até que não sei como ele abriu aquela porta. Ele virou-se sorrindo pra mim e ensaiei um sorriso.

-Consegui abrir a porta daquela casa. Vamos lá... - e antes que eu começasse a andar ele resolveu me carregar de novo. Estava me sentindo uma boneca sendo carregada todo o tempo; não que eu me sentisse realmente confortável naquela situação, mas do jeito que eu estava, era melhor ficar quieta.

E então adentramos a casa. Vi que os móveis estavam cobertos por plásticos ou papelões....
Mas Sam encontrou uma cadeira solta e me sentou lá.

- Vou procurar alguma coisa, para seus ferimentos... E depois algumas roupas limpas para você... Fiquei descansando... OK? - disse Sam

- Ah......tudo bem...aqui já está bem melhor sem aquela chuva - disse fazendo algum esforço.

E fiquei a observar aquela sala enorme...com certeza a casa valia muito.
E quando Sam se afastou, aproveitei para pensar do que eu ia fazer em seguido......mas descobri que não tinha nenhuma idéia......
E outro pensamento passou pela minha cabeça.....tinha que ser logo Sam pra me ajudar?


_________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Vampira Negra . The mad priestess . 1ª Guardiã
Elena Mallaby
Elena Mallaby

Mensagens : 931
Data de inscrição : 25/02/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Bairros de Tulsa Left_bar_bleue300/300Bairros de Tulsa Empty_bar_bleue  (300/300)
Barra de Energia:
Bairros de Tulsa Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: ☽●☾

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Convidad em Qui Nov 17, 2011 3:35 pm

Me afastei lentamente... Indo em direção a cozinha... Tirei o plastico dos móveis, a geladeira estava desligada, mas havia algumas prateleiras... abri elas... Estavam quase vazias... Havia alguns salgadinhos, pão... que deveria estar estragado. Tinha várias coisas, as peguei colocando em cima da mesa...
Após procurei algum remédio, ou algo assim... Mas não havia...
Corri para o Banheiro... Olhei e vi uma privada logo na entrada, logo após estava o chuveiro... E na frente disso a Pia. com um espelho em cima... Fiquei de frente para o espelho, queria achar um remédio ou algum curativo o mais rápido o possível. Revirei algumas coisas por ali, e nada...

Corri para o quarto, estava completamente bagunçado, alguma coisa havia acontecido por ali, entrei em um quarto um tanto que suspeito. '-'
Tinha Faixas na porta, para que ninguém passasse... os puxei, arrebentando, então entrei no quarto... Era uma coisa horrível. Logo na entrada um pouco de sangue, e um corpo desenhado no chão, com um giz branco, certamente a policia havia passado por ali.... Havia um reque, logo após a entrada, com um pano com um pentagrama negro... e um livro ao lado... fiquei meio assustado, a luz estava apagada, mas ainda era dia... estava amanhecendo... então conseguia ver claramente.
O livro estava cheio de pó... e havia algumas coisas ali junto... Como um ritual. passei a mão por cima do livro, estava com muito pó... Li um nome estranho em sua capa... e um simbolo estranho também... O abri... havia alguns rituais... pareciam mais malvados e sombrios dos que estavam em meu caderno.
o peguei... e peguei o pano com o pentagrama... Então me lembrei que Lena estava me esperando... Guardei dentro do bolso da calça, e sai do quarto, fechando a porta.
Fui a outro quarto. Vi curativos, e alguns remédios para a dor, ao lado da cama. Uma faixa, para machucados... etc... Os peguei...
Após voltei ao encontro de Lena...
- Olha, achei algumas coisas. ^^
Larguei perto dela, ela estava bem machucada, no joelho. Me agachei perto dela, e devagar, levantei a perna dela, e a calça da perna também... Com a mão já no curativo... E comecei a limpar o machucado. A colocando um curativo no joelho.
- Espero estar ajudando. ^^

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Elena Mallaby em Qui Nov 17, 2011 4:17 pm

Sam demorou mais do que eu pensava. O que ele estava aprontando?

Algum tempo depois ele chegou com um monte de remédios, ataduras e outras coisas. E logo começou a tratar de um dos meus machucados no joelho.

Aquilo lá era meio constrangedor, se pudesse eu saia correndo de lá, mas não podia.....
Ele começou a limpá-lo e eu virei meu rosto para ele não ver a minha careta de dor. Maldição.
Por fim fez um curativo.
- Espero estar ajudando. - disse ele.

E então fitei ele e disse - Err...obrigada por estar me ajudando Sam - disse sem graça, mas de forma sincera.
E então me levantei da cadeira, apoiando nele e disse:
- Er....acho que preciso ir ao banheiro...... - e peguei alguns medicamentos e coisas que Sam tinha pego.

Fui caminhando até o banheiro com Sam me ajudando e antes de entrar ensaiei um sorriso e fechei a porta do banheiro, largando as coisas num canto.

Logo vi um armário fechado e quando abri vi algumas toalhas.
Tirei meu casaco, minha blusa e saia que estavam encharcados (Sam, eu to de saia >.<) e me enrolei na toalha. Fui até a pia e lavei meus cortes dos braços, arfando de dor um pouco.

Em seguida fui cuidando de cada corte, ou pelo menos os que eu conseguia.
Me olhei no espelho e vi o estado deplorável que estava. Lavei meu rosto e sai do banheiro lentamente.

Entrei em um quarto aleatório que estava até arrumado....
Abri o armário e procurei alguma roupa que coubesse em mim.
Coloquei então com alguma dificuldade uma calça escura, uma blusa preta e um sweater quentinho. As minhas sapatilhas ainda davam pra usar.
Agora eu estava mais apresentável.
Sai do quarto e olhei Sam - Bem melhor agora, não? - sorri

_________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Vampira Negra . The mad priestess . 1ª Guardiã
Elena Mallaby
Elena Mallaby

Mensagens : 931
Data de inscrição : 25/02/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Bairros de Tulsa Left_bar_bleue300/300Bairros de Tulsa Empty_bar_bleue  (300/300)
Barra de Energia:
Bairros de Tulsa Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: ☽●☾

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Convidad em Qui Nov 17, 2011 6:37 pm

Terminei o curativo dela no joelho, ela se levantou se apoiando em mim, pegou os curativos, e seguiu em direção ao banheiro... A ajudei pelo caminho, a deixei se apoiar em mim, e a segurava para que ela não perdesse o equilíbrio.
Ela entrou no banheiro, fiquei sentado na cadeira, olhando para a capa do livro... era misterioso...
Então ouvi a porta abrir, e ela entrou no quarto... Nem olhou para trás...
Alguns minutos depois ela sai... olhou para mim, estava vestida bem diferente. A olhei de cima a baixo... até tomei um choque, ela estava com uma roupa.... não sei dizer ao certo a palavra...
- Sim ^^ esta melhor que antes ^^ - Falei com um sorriso - Esta parecendo minha irmã... '-' Ela adorava usar esse estilo de roupa. xP
Estendi a mão para ver se ela queria ajuda...
- O que acha de sairmos dessa casa? talvez alguém ainda possa visitar....
Já meio que caminhando de frente para ela, mas em direção a porta... ainda com a mão estendida...
- Eu posso lhe levar até a parada de ônibus... e dali você pode ir para algum lugar... o que acha? Smile
Fiquei esperando a resposta.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Elena Mallaby em Qui Nov 17, 2011 6:59 pm

Fiquei meio sem graça com o comentário de Sam.
E então ele sugeriu que saíssemos de lá - realmente, era melhor que dessemos o fora antes que alguém aparecesse.

Ele estendeu a mão para me ajudar; eu já me sentia um pouquinho melhor mas não desprezei a ajuda.

- Eu posso lhe levar até a parada de ônibus... e dali você pode ir para algum lugar... o que acha? - disse Sam

- Pode ser........ - disse calmamente.
Peguei em sua mão e passamos pela porta.

A chuva tinha dado uma trégua, e então saímos descendo a rua, andando lentamente até chegar a um ponto de ônibus.

- Sam.....não conte a ninguém que me ajudou....eu não sei como que será daqui pra frente, mas me lembrarei desse dia.....tchau..... - e um ônibus parou e eu soltei sua mão indo até a porta. Virei para trás dando um sorriso de despedida e entrei.

Não vi para onde o ônibus ia, apenas paguei, sentei-me e esperei que ele chegasse em qualquer lugar.

ENCERRADO

_________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Vampira Negra . The mad priestess . 1ª Guardiã
Elena Mallaby
Elena Mallaby

Mensagens : 931
Data de inscrição : 25/02/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Bairros de Tulsa Left_bar_bleue300/300Bairros de Tulsa Empty_bar_bleue  (300/300)
Barra de Energia:
Bairros de Tulsa Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: ☽●☾

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Convidad em Qui Dez 08, 2011 1:12 pm

Ao nos teleportar da enfermaria, me lembrei dos bairros onde ajudei Lena. Foi o primeiro lugar que me venho a cabeça, então foi onde decidi nos levar.
Ao aparecer, fiz com que aparecêssemos em um local alto, a mais de 20 metros de altura, comecei a cair encostado em Rich, o mesmo já havia saído de minha ilusão mental. Então segurei seus braços, e enrolei minhas pernas nas dele, para que ele não pudesse escapar, estávamos em queda livre, iriamos bater com muita força no chão, mantive minha cabeça em lugar a salvo, para que ele não pudesse me acertar uma cabeçada, apertava ele muito forte, para tentar quebrar suas costelas.
Iriamos cair no meio de uma rua, e quando nos aproximamos, me concentrei ao máximo que pude, para fazer um vácuo de ar, entre eu e ele, para o a remessar com muito mais força no chão, e me jogar no gramado de um jardim.
Onde iria me levantar, já falando as palavras de conjuração da "magic prision" caso ele não tivesse se quebrado todo. Após ficaria esperando um ataque, ou ficaria olhando para o corpo dele caído no chão. A queda e mais a força do vácuo, fária ele quebrar muitos ossos.
Mas me mantive preparado para qualquer ataque, e agora ele e eu estaríamos presos ali, a menos que ele já estivesse morto.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Convidad em Sex Dez 09, 2011 7:21 pm

Wade se viu em pleno ar, sentia o passáro tentar carregá-lo, mas ele era muito pesado. Com uma ordem, tornou o relógio em outro passáro, sabia que eles não conseguiriam carregá-lo, mas conseguiriam carregar Richard, o qual caia mais depressa, por ação do outro garoto. Ele viu dois postes de luz, respirando fortemente ele fez um deles bater no garoto, impulsionando ainda mais para baixo, de modo a fazer com que ele desmaiasse rapidamente com o choque de surpresa. Enquanto fazia o outro se curvar abaixo de si, como um escorregador, para amortecer sua queda. Enquanto os passáros diminuiam a queda do garoto ao mesmo tempo em que o levava para mais perto de Wade. Ele examinava ao redor, procurando por humanos, pois não queria que chamassem a policia ou se machucassem.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Richard G. Freaks em Sex Dez 09, 2011 7:32 pm

Rich se viu no alto, eles se transportaram para algum lugar no alto. Ele desmaiou, havia usado muito energia no teleporte e antes disso ele quase havia rejeitado a transformação, exausto era só uma ponta do iceberg e uma ponta bem pequena se comparada com, o resto. Seu corpo caia pesadamente, até que os passáros o seguraram. Rich despertou imediatamente, o chão não chegava tão rapidamente quanto antes, mas era uma boa distância até lá e ainda se machucaria se continuasse a cair naquela velocidade. Tomou um pouco de ar e disse:
- Arkos-Vilya ! - gritou ele, enquanto caia.
Esperava que o feitiço fizesse com que caisse mais devagar, ou que parasse sua queda. E os passáros deveriam fazer o resto do trabalho. Ele então se lembrou do que Thief tinha dito, ele se concentrou um pouco de colocou novamente aquela sensação de formigamento nos dois olhos. Ao seu lado ele pôde ver Wade descendo um poste como se fosse um escorregador. "Legal...", ele pensou com sua mente ainda um pouco embaralhada pela queda.

_________________
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
What if the fireworks explode, the eternal feast of death begins.
Wake Anadlu Sarff, it's time for song of the sword, the song of death.
Richard G. Freaks
Richard G. Freaks
Professores
Professores

Mensagens : 227
Data de inscrição : 07/09/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Bairros de Tulsa Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Bairros de Tulsa Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: ☽●☾

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Samantha Romanov em Sex Dez 09, 2011 8:43 pm

Chego em um bairro sem entender o que ta acontecendo, olho para o local e vejo uma... duas pessoas caindo do céu.. do nada eles estavam caindo do céu, não concegui ver direito o rosto deles, mas algo me dizia que um deles era Sam. O meu ex coléga... Nyx me fizera ir ali porque? então me toquei eles estavam caindo, eu tinha de fazer algo olhei em volta e não... o que eu iria fazer afinal! enquanto olhava ao redor desesperada senti que eu havia feito algo, algo que tirara um pouco de minhas energias. Eu havia retirado a visão de alguém olhei para os garotos e notei que Sam enchergava, olhei para o outro e me decepsionei eu ainda não sabia controlar aquele poder não sabia como faze-lo recuperar a visão eu queria ajudar Sam pois me lembro que ele me ajudara muito na escola, mas eu também não queria ferir o garoto. Então sinto algo que me confunde algo poderoso e muito perigoso vindo em nossa direção mas não deixei que o panico em mim aparecesse então mantive fóco no que estava para acontecer...dois garotos virando panqueca no chão.
Samantha Romanov
Samantha Romanov
Lobisomens
Lobisomens

Mensagens : 25
Data de inscrição : 07/12/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Bairros de Tulsa Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Bairros de Tulsa Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: Nenhum

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Ginevra Knoll Scheller em Sex Dez 09, 2011 10:46 pm


Lembranças sórdidas em sua mente . Lembranças de um castigo jamais visto por olhos humanos, pois e tão dolorosa que ao ver pode ter a audácia de socorrer o punido . As lembranças de um castigo que a levou a vida , ao desgaste vivido . Audácia que a levou a viver como os tão detestáveis humanos que só sabem cuidar dos outros por diversão , eles não tem vida e muito menos amor próprio .
O manto negro que sempre vestia para esconder as marcas de maldição agora não era mias usado . Novamente seu castigo foi comprido e voltou a forma original , mas já e tarde e sua doce alma foi corrompida pelas trevas e a sede de vingança pelo que eles a fizeram passar . Só via preto e branco nada mais sua visão foi tirada para não ver o vermelho que começava a derramar por onde passava . Não conseguiram tirar seu bem mais precioso , o dom e deixar onde passa morto já que suas mãos não podem tocar um rosto humano e sua foice estava presa em um local onde poderia nunca mais sair . - Novamente ... - Sussurro demoníaco podia se ouvir sem estar perto , sem precisar a ouvir . Vagava como sempre pelos pecos e vielas de Tulsa , tentando distrair sua doce mente pensar em algo de útil para fazer enquanto ainda aguardava o julgamento ...
Começou a correr encima das casinha e alguns prédios que pareciam no meio do caminho ... avistou uma visão um tanto quanto intrigadora , corpos caindo dos céus . Engraçado estavam vivos . Deu um sorrisinho e foi ver o que acontecia por la ... sentia-se mais vividas que nunca , então tome cuidado humano que tentar atravessar seu caminho pode sair ferido ou congelado . Parou enquanto via um corpo que cai um pouco familiar . Talvez um dos que um dia já conheceu em sua forma grotesca . Parou uma garota havia em sua frente parecia que ela já tinha percebido a presença da garota . Antes que um dos corpos (Sam) cai-se no chão o pegou com um movimento rápido e imperceptível a olhos humano o pegou e o soltou no chão suavemente . Havia mais alguém ali , o outro ainda descia pelo que ela pode perceber , havia alguém que não tinha notado antes . Afastou-se dele e foi em direção oposta ao do grupo que parecia estar em uma guerrinha particular . Falou em tom frio e mórbido . - Quem são ? Sua voz saiu fria e com tom de desprezo . O lugar congelou aos poucos matando plantas e alguns insetos que ali pareciam estar .
Ginevra Knoll Scheller
Ginevra Knoll Scheller
Moderador
Moderador

Mensagens : 124
Data de inscrição : 26/10/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Bairros de Tulsa Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Bairros de Tulsa Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: ☽●☾

http://www.institutodurmstrangr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Dan Willians em Sab Dez 10, 2011 9:42 pm

Minha garganta estava seca, os olhos ligeiramente ardiam, o coração fazia cada vez mais força ao bater, mas eu não pararia, não comeria, não dormiria e nem deixaria passar nada enquanto não a encontrasse. Aquela criança havia fugido da outra vez, mas quando a encontrar novamente com toda certeza me vingarei e no final brincarei com suas entranhas enquanto pisarei sobre seu belo cranio, mas aqueles olhos, aqueles lindos olhos que não me saem da mente será que é preciso realmente mata-la? Ou apenas brincar com aquele belo corpo seria suficiente?

Os pensamentos inundavam minha mente e quando dei por mim estava sentado no terraço de um prédio, me levantei colocando as mãos nos bolsos e andando até sua ponta, o vento passava sobre meus cabelos de uma forma que parecia os amaciar, seria essa a sensação de liberdade? Não, era apenas uma ilusão que a morbidez daquela deusa fazia cair por esse mundo. Saltei para traz tentando recuperar a sanidade, lembrar de meus objetivos e realmente manter o foco, o mundo que ela criou parece belo, mas apenas é belo para as criaturas inferiores que vivem aqui, para mim um ser superior a qualquer outro aqui é apenas um depósito onde ela me congelou para não supera-la.

Comecei a dar voltas pelo terraço, indo e vindo me perdendo novamente em pensamentos, mas logo algo aparecia para tirar meu sossego e em um passe de mágica a rua onde o prédio ficava era lotada de gente, pelo que pude perceber estavam em três vampiros fracos, um que poderia brincar comigo e uma anja caída então comecei a olhar .
Três caiam do prédio, uma já estava parada na rua e a anja, que a partir do momento que ajudou o vampiro para mim havia perdido seu titulo de superioridade, pegou o que parecia estar mais fraco de lá de cima. Olhei a anja mais de perto, já a conhecia era mais uma que havia se intrometido nos meus assuntos, sorri sordidamente, era hora de por um fim nisso, nos anjos que não agiam como superiores e nos vampiros que pensam que mandam em algo.

Abri minhas lindas asas e saltei do prédio indo em direção ao chão planando como papel, ou no meu caso, um amontoado de penas negras como o carvão que se batiam em direção ao sol fazendo uma enorme sombra que todos pudessem ver, a sombra do anjo negro que caia para solo com toda sua frieza e indiferença. Parei em frente a todos com um belo sorriso irônico que era completado por meu olhar gélido e principalmente pela intenção assassina que pairava sobre o local:

"Você vai ficar parado sem conseguir fazer nada" - Pensei em um tom suave e com um semblante inexpressivo enquanto olhava para todos friamente me dando certeza de que eles obedeceriam. Lentamente me virei para a anja que havia ajudado o vampiro - "Primeiro vou me resolver com o mais fraco"- então fui em direção ao vampiro e parei em sua frente, sorri para ele enquanto rapidamente finquei uma de minhas mãos em seu peito e retirei seu coração - " Estou sem vontade de brincar com seres inferiores hoje, mas vamos ao que interessa" - Soltei o órgão no chão e calmamente fui até Lilyan.

"O que devo fazer com você?"- Pensei enquanto passava minhas mãos pelo rosto da anja então levemente segurei em seu queixo enquanto admirei sua beleza - "uma pena você ter se rebaixado" - fiz com que essas palavras ecoassem na mente de Lilyan com a potencia de um megafone- " Poderia ter usado esse rostinho bonito para algo mais além de salvar crianças fracas como o outro" - Apontei para o coração que havia arrancado anteriormente.

Segurei em seu pescoço o apertando com força - "Não esqueci que me atrapalhou no lago aquele dia"- sorri enquanto esbofeteava a cara da anja, com o tapa já deveria ter quebrado seu nariz - "Com você eu vou brincar um pouco"- puxei delicadamente minha espada de sua bainha apontei ela para o sol, a luz do sol batia na lâmina a fazendo reluzir, apontei-a para a mão esquerda de Lilyan e lentamente fui cortando seus dedos da mão, um a um.

A cada dedo cortado minha espada era banhada com o sangue da anja impura que se tornara protetora de crianças, teria de lavar a espada depois, mas ia terminar o meu trabalho logo, após cortar os dedos das duas mãos da anja encostei meus lábios aos dela em sinal de adeus -" O beijo foi um presente por ter aguentado tanto" - Pensei enquanto fincava a espada em seu estômago e subia até cortar sua garganta e depois disso viro as costas guardando minha espada e levantando voo procurando um lugar para limpar o sangue que havia restado em minhas roupas.

Dan Willians
Dan Willians
Anjos Caídos
Anjos Caídos

Mensagens : 81
Data de inscrição : 04/04/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Bairros de Tulsa Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Bairros de Tulsa Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Narrador em Qua Dez 14, 2011 9:51 am

O vampiro adulto Wade e os garotos Richard e Sam se teletransportaram da enfermaria para aquele lugar, mais precisamente no ar. E ai iniciar a queda, Wade tentou amortecer a queda dos dois, cuidando com êxito para que ele mesmo não caísse.

Sam se empenhava em fazer com que Samuel batesse com força no chão, mas o garoto estava fraco, não obtendo tanto êxito em sua manobra.
Richard , além de receber ajuda de Wade, tentou usar o feitiço da levitação e ainda que não conseguisse executá-lo com maestria, caiu no chão sentindo dor ao bater no chão...........

A garota Nessie no auge do desespero para ajudar alguém naquela bagunça, usa se poder de forma indevida e cega o rapaz momentaneamente. A novata Nessie cai de joelhos em seguida, sentindo uma forte dor na cabeça.
E Sam antes de cair em cima de Richard, foi amparado pela caída Lilyan que resolveu dar o ar da graça.
Mas esta ajuda não passaria despercebida pelo também caído e sedutor Dan.

Dan notara os quatro vampiros e mais a caída; e a reconheceu....ela estava naquele dia no Park, onde por pouco ele não colocou as mãos em Isabelle....
A caída foi fraca; não deveria ter ajudado aqueles seres inferiores, e um momento de raiva, Dan usou do seu poder e sugeriu que todos não fizessem nada. Lilyan não notara de imediato a presença do outro caído e não teve tempo de reagir.

Os formandos Sam e Richards que já estavam bastante fracos pelas sucessivas brigas e uso de seus poderes, pararam imediatamente. A inexperiente Nessie que já estava confusa pelo que havia acontecido ficou imóvel também.
O adulto Wade fora o menos atingido por aquilo, mas antes que tivesse tempo de fazer algo.....Dan aproximou-se de Sam e arrancou-lhe o coração, em um movimento rápido e carregado de prazer, soltando o órgão no chão em seguida. Sam caía no chão morto.
Em seguida, ele aproximou-se da caída e com um sorriso de satisfação nos lábios, bateu no rosto dela que arfou de dor um instante. Depois, com certa perícia, foi arrancando os dedos dela um por um, sujando o piso de sangue.

Não era porque ela era caída que ele a pouparia; ele beijou seus lábios e com um golpe final, enfiou sua espada, cortando do estômago a garganta. Lilyan, ou o que sobrara dela, caiu inerte no chão.
Dan olhou para os corpos e sorriu antes de levantar vôo e partir.

Narrador
Narrador
Moderador
Moderador

Mensagens : 145
Data de inscrição : 14/09/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Samantha Romanov em Qua Dez 14, 2011 2:20 pm


Fiquei tonta com muita nausea, e quando fiquei um pouco melhor vi que uma anja que chegara a pouco tempo estava morta e o garoto Sam também estava, o unico sobrevivente era o outro garoto. Andei calmamente até Sam e feichei aos olhos ao ver que estava mesmo morto, vi algo junto a ele... um livro abro-o e dou uma olhada nele, vejo ser um ivro... na verdade o livro, o livro de Hécate, o pego para mim ou ver o que eu faria com ele, então ando até a garota que estava em pior estado, com medo e assustada caio ali no chão rezando para Nyx e pedindo ajuda prometendo que se ela mandase alguém eu lhe entregaria o livro. Vejo o outro garoto no chão pedindo para que ele não faalse comigo, noto q ainda estava sem a visão então não podia sair dali.Outro calouro chegou e foi em direção a ele. Então uma vermelha chega.

-Olá você foi quem Nyx mandou para me ajudar?


Última edição por Nessie C. Hale em Qui Dez 15, 2011 7:44 am, editado 1 vez(es)
Samantha Romanov
Samantha Romanov
Lobisomens
Lobisomens

Mensagens : 25
Data de inscrição : 07/12/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Bairros de Tulsa Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Bairros de Tulsa Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: Nenhum

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Convidad em Qua Dez 14, 2011 8:53 pm


Bairros de Tulsa 1zbe0qr
( Tensa Zαηgєŧsu ) e my Sword, my Soul and my Mask
missionaries in a foreign field.



Assim que se tele portará ao local, o jovem Wesker usava de sua velocidade aprimorada pela primeira etapa e surgia perante Freaks que estava no local e fala o feitiço que outrora teria feito Samuel Winchester se “acorrentar” a Richard e a fazê-lo seu refém. Claro, o feitiço não teria intenção de prendê-lo ali, muito menos de lhe causar algum dano. Aquele selo, mesmo fraco pela falta de pericia em magia de John, estaria criando uma barreira entre eles e todos os outros. O mesmo não tinha nenhum comando como apenas se desativar quando um dos dois morrerem. Ele estava ali apenas pela vontade do invocador e pronunciou as seguintes palavras:
-Ola Richard... Sabe... Antes eu até queria te matar para ganhar teus olhos, mas agora... Mudei de idéia! Vamos la! É pegar ou largar! Vou te levar para qualquer lugar que desejar... Eu sei aonde você quer ir... Eu sei quem estava com você aquele dia e o que sente por ela... Somente por isso vou te ajudar...
O jovem estava sendo realmente direito, pois não sabia quanto tempo o feitiço iria durar.


]

Bairros de Tulsa Images?q=tbn:ANd9GcRF5LGSoSccn3XW91Eqhs3-ScFpMAn2AoFTYJfynqEOOutlvyoR8NLNBWgdrw

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Natasha Grigori em Qua Dez 14, 2011 9:14 pm


Finalmente. Anoiteceu. Ja cheia de anciedade saio correndo dos túneis indo até a onde a Deusa havia me mandado ir. Chegando nos bairros vejo algumas pessoas no local.Me aprocimo deles e percebo que não eram humanos. A primaira pessoa que vejo está morta, era uma caida, e estava em um pécimo estado. Havia um calouro falando com um outro que não parecia enchergar. Uma caloura parecia assustada ao me ver ela pergunta se Nyx me mandara para ajuda-la, lembrando-me que Nyx havia falado comigo e meio em duvida do que dizer concordo com ela. Ela então me joga de rasteiro um livro estranho. O pego e o abro, vejo o nome de Sam escrtito na primeira folha, dou uma olhada nas outas, era um livro de feitiços. Mas por que ela estaria me dando aqule livro?...Então olho para o outro corpo reconhecendo-o. Sam. Seu corpo estava caido no chão, seu coração estava ao seu lado e um enorme buraco em seu peito, vejo lágrimas rosas de sangue cairem do meu rosto, então percebi que eu estava chorando. A raiva, dor e tristeza me atingem ao mesmo tempo fortemente. O que aqueles garotos haviam feito com a menina e Sam? sem pensar,saio dali rapidamente mesmo sem ajudar a menina, por que Nyx me chamara?

ENCERRADO


Última edição por Natacha B. Lafont em Qui Dez 15, 2011 6:14 pm, editado 4 vez(es)
Natasha Grigori
Natasha Grigori
Calouro Vermelho
Calouro Vermelho

Mensagens : 315
Data de inscrição : 04/03/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Bairros de Tulsa Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Bairros de Tulsa Left_bar_bleue100/100Bairros de Tulsa Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: Quarto-Formado

http://houseofnightrpg.ativoforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bairros de Tulsa Empty Re: Bairros de Tulsa

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 4 1, 2, 3, 4  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum