Cemitério Boot Hill

Página 1 de 8 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Ir em baixo

Cemitério Boot Hill Empty Cemitério Boot Hill

Mensagem por Natasha Grigori em Sex Mar 04, 2011 3:40 pm

Aqui os vamps e humanos vem rezar pelos que já foram ou até aprontar!!! rs

Cuidado por onde anda não somos todos gentis... Twisted Evil [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Última edição por Natacha Vamp Grampbell em Seg Jun 06, 2011 10:04 pm, editado 1 vez(es)
Natasha Grigori
Natasha Grigori
Calouro Vermelho
Calouro Vermelho

Mensagens : 315
Data de inscrição : 04/03/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Cemitério Boot Hill Left_bar_bleue100/100Cemitério Boot Hill Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Cemitério Boot Hill Left_bar_bleue100/100Cemitério Boot Hill Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: Quarto-Formado

http://houseofnightrpg.ativoforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério Boot Hill Empty Re: Cemitério Boot Hill

Mensagem por Natasha Grigori em Dom Mar 27, 2011 5:46 pm

Cheguei no cemitério e estava cheio de gente,a noite estava bela e escura, me escondi no meio de algumas árvores e chamei a atenção de um humano para perto de mim,ele caminhou com grande curiosidade em minha direção,quando chegou perto saltei para frente e agarrei ele,cravei meus dentes em sua nuca e bebi o liquido vermelho apreciosamente,mas rapidamente sua vida e o sangue acabaram então fiz o mesmo com mais três pessoas,eu ia pegar mais um mas o sol estava nascendo e eu comecei a passar mal,entrei nos tuneis de tulça que possuia uma passagem ali perto do cemitério e fiquei la.
ENCERRADO.
Natasha Grigori
Natasha Grigori
Calouro Vermelho
Calouro Vermelho

Mensagens : 315
Data de inscrição : 04/03/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Cemitério Boot Hill Left_bar_bleue100/100Cemitério Boot Hill Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Cemitério Boot Hill Left_bar_bleue100/100Cemitério Boot Hill Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: Quarto-Formado

http://houseofnightrpg.ativoforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério Boot Hill Empty Re: Cemitério Boot Hill

Mensagem por Natasha Grigori em Seg Jun 06, 2011 9:55 pm

Depois de me alimentar no hospital fui ao cemitério meu local favorito,fui procurar alguns humanos, estava me alimentando de um casal quando um guarda me viu e começou a berrar por ajuda,foi meio dificil pegalo,desviei de um monte de lacundas e o agarrei.Torci seu pescoço em cravei meus dentes no pescoço dele,quando seu sangue acabou peguei o corpo das vitimas e puz em alguns tumulos,estava sentada no portão quando meu arminho apareceu,o peguei no colo e percebi que ia chover,isso era bom,queria dizer que os sem tetos iriam entrar nos tuneis para fugir da chuva e isso queria diser que eu ja tinha até café da manhã garantido,resolvir voltar aos tuneis.
Encerrado
Natasha Grigori
Natasha Grigori
Calouro Vermelho
Calouro Vermelho

Mensagens : 315
Data de inscrição : 04/03/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Cemitério Boot Hill Left_bar_bleue100/100Cemitério Boot Hill Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Cemitério Boot Hill Left_bar_bleue100/100Cemitério Boot Hill Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: Quarto-Formado

http://houseofnightrpg.ativoforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério Boot Hill Empty Re: Cemitério Boot Hill

Mensagem por Natasha Grigori em Dom Set 04, 2011 3:22 pm

Cheguei ao cemitério e seubi em uma árvore, a lua estava cheia e alta, eu não sabia o que fazer. Tudo era estranho, eu não compreendia o que estava acontecendo, o que Janie queria de mim, e o que eu fiz para merecer tudo.

Vi uma pessoa passando em baixo de mim, aproveitei e pulei em cima dela, me sai de sima dela e me agachei ao seu lado, tampando sua boca para não gritar mordi seu pescoço e bebi até a ultima gota de sangue.

quando vi um senhor de 63 anos me encarava. Só mesmo eu pra ter feito tudo e nào prestado atenção, eu ia mata-lo quando algo em minha cabeça me fez recuar, sai correndo dali, eu só podia ir para um lugar neste momento. A morada.

ENCERRADO.
Natasha Grigori
Natasha Grigori
Calouro Vermelho
Calouro Vermelho

Mensagens : 315
Data de inscrição : 04/03/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Cemitério Boot Hill Left_bar_bleue100/100Cemitério Boot Hill Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Cemitério Boot Hill Left_bar_bleue100/100Cemitério Boot Hill Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: Quarto-Formado

http://houseofnightrpg.ativoforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério Boot Hill Empty Re: Cemitério Boot Hill

Mensagem por Dyson C. Salazar em Qua Set 07, 2011 8:51 pm

Dyson foi para o cemitério, em meio ao pôr do sol. Ele sabia que era perigoso, mas não se importava. Ele tinha ódio no olhar, mas no fundo, estava cheio de lágrimas. Ele se deitou ao túmulo de seu pai, e uma lágrima caiu de seu olho. Ele olhava em volta, esperando que algo fosse lhe atacar. Estava prestando atenção a cada movimento das plantas. Agora que sabia a verdadeira história de sua família, ele sabia com o que estava lidando. O horizonte engolia o sol. Ele deu um último adeus para seu pai, e se levantou. As árvores balançavam com o vento, e tudo que ele conseguiu fazer foi soltar algumas palavras:

Pai... Era isso que planejava o tempo todo?

Uma lágrima caía pelo seu rosto. Mas logo ele a retirou. Ele não podia ser fraco, seu pai tinha preparado tudo para esse momento. Ele sabia que um dia ele ficaria sozinho com sua mãe, e ela teria que revelar tudo para ele. O seu caminho agora não ia ser fácil, e ele devia se preparar para o que vinha. Dyson saiu do cemitério, antes que anoitecesse.


Encerrado
Dyson C. Salazar
Dyson C. Salazar
Lobisomens
Lobisomens

Mensagens : 285
Data de inscrição : 04/09/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Cemitério Boot Hill Left_bar_bleue100/100Cemitério Boot Hill Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Cemitério Boot Hill Left_bar_bleue100/100Cemitério Boot Hill Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: Nenhum

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério Boot Hill Empty Re: Cemitério Boot Hill

Mensagem por Convidad em Sex Set 09, 2011 11:36 pm


Dei a última mordida na minha maçã, que nesse momento era apenas lixo. Joguei o que restou dela dentro de uma lixeira na entrada do cemitério, respirei profundamente e adentrei o mesmo.

Instantaneamente um arrepio percorreu minha espinha, era estranho saber que o corpo da única que um dia realmente me amou se encontrava ali.

Até que encontrei... “Charlotte Collins” era o que estava escrito na lápide.

Um bolo me subiu a garganta, me impedindo de falar qualquer coisa.

- Eu sinto sua falta... – Me obriguei a dizer, minha voz saiu fina e esganiçada, praticamente inaudível, mas para a pessoa com quem eu falava no momento o volume de voz não importava.

Sentei-me ao lado da lápide, algumas lágrimas começaram a cair, mas eu nada fiz para impedi-las. Acho que já estava na hora de expressar minha dor...

•••

Fiquei ali por mais algumas horas, até que me obriguei a ficar calma. Encarei o chão, sem saber o
que fazer ou falar...

- As coisas mudaram muito... Eu sabia que não seria a mesma coisa sem você, mas não imaginava que tudo mudasse de maneira tão radical... – Falei em um murmúrio, enquanto a última lágrima – eu havia prometido a mim mesma que seria a última - escorria lentamente pelo meu rosto.

Foi então que percebi uma única e solitária rosa branca ao lado da lápide de minha mãe. Peguei-a entre as mãos e disse inconscientemente:

- Pai... – Eu lembrava que, quando éramos uma família, ele sempre entregava rosas brancas para ela, uma por dia... No final da semana ela sempre tinha um lindo buquê de rosas brancas para enfeitar a mesa de jantar...

Coloquei rapidamente a rosa de volta, no lugar onde a encontrei e me levantei rapidamente, tentando impedir as lágrimas de voltarem.

Lancei um último olhar para o túmulo.

- Tentarei visitá-la novamente – Disse e em seguida corri para fora do cemitério, passando levemente a mão no rosto, tentando tirar qualquer vestígio de lágrimas.



Encerrado

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério Boot Hill Empty Re: Cemitério Boot Hill

Mensagem por Convidad em Qui Out 27, 2011 6:13 pm




A princesa andava distraída pela calçada,o carro que havia pego emprestado de uma amiga havia sido estacionado a quase dois quarteirões dali.Havia pego o carro sob o pretexto de dar umas voltas pela cidade para conhecer a mesma mas Já conhecia muito bem aquele lugar,era uma cidade pequena e aparentemente um ótimo lugar para se viver.
O dia estava frio e poucas árvores ainda mantinham as folhas em seus galhos.Quase sem perceber desbotou dois botões de seu sobretudo creme deixando a mostra um pedaço da blusa rosa que estava vestindo.Se sentia como um santa,algo que era esperado que ela seja.
Passou na frente de uma entrada que dizia claramente que se tratava de um cemitério ,– bem cuidado,diga-se de passagem -,a princesa nunca tinha entrado em um daqueles lugares,nem mesmo para visitar o tumulo de sua mãe.Seu pai não à deixava ir.Respirou fundo aquele ar gélido que lembrava vagamente os ares da Birmânia quando ia se aproximando do outono mas claro,a temperatura ali era maior.Ali era mais quente,mais aconchegante.Havia duas pessoas com um ramalhete de flores na mão,Morella cogitou a idéia de um casal visitando o tumulo de algum amigo ou na pior das hipóteses do filho ou filha.Eles a encararam,mais especificamente a meia lua azul que tinha no centro de sua testa.Porque tanta coisa contra os quase e os vampiros?A menina de cabelos claros deu um suspiro e sentou-se em um banco perto de uma lapide que só era possível ler “Marie Rogers”,na foto ela era uma menina sorridente e parecia jovem. – Oi – cumprimento a moça olhando para a pequena foto.
Suas unhas logo foram em direção aos seus lábios mas seu movimento foi logo interrompido por uma musica agitada que quebrou a calma daquele dia,era uma melodia com vários acordes de guitarra.Ainda tremendo pelo susto que a música havia lhe causado ela começou a procurar em sua bolsa o pequeno aparelho ‘faz-tudo’ que havia ganhado em seu aniversário,finalmente o encontrou e apertou a tecla que dizia “Aceitar Ligação”,como uma ação natural levou o telefone ao ouvido - Ya slushayu – falo antes de uma voz masculina com um forte sotaque e calma entrar pelos seus ouvidos – Olga?! – chamou a voz,ela estremeceu,fazia tempo que ninguém a chamava assim. – Você está bem? - falou a voz novamente ela concordou com a cabeça – cada louco com sua mania – e respondeu – sim,sim...estou ótima Dimitri! – ela escutou o que parecia ser uma risada – Ah,ainda lembras meu nome – falou sarcasticamente a voz do homem que era seu amigo e segundo pai ,- melhor que o primeiro,certamente -.
Ele devia ter descoberto a novidade,seu pai havia jurado Segredo.Mas a imprensa local não.Amaldiçôo-se por ter crescido em um País tão pequeno. –Olga?!Ainda está ai?! – perguntou a voz,a ligação estava com sérias falhas o que indicava claramente que ali estava nevando,uma nevasca fora de época. Logo notou que estava em silencio por muito tempo – Desculpe...É que bem,agora que sou uma vampira azul... – Fechou os olhos com força e seus dedos,cobertos pela luva de lã começaram a tremer um pouco,não conseguia imaginar qual seria a reação dele com essa noticia.Mas a voz dele continuou grave e calma – Ah sim,perdão Morella...Vivo me esquecendo! – ela deu um sorriso e parece que ele havia percebido pois sua voz ficou um pouco mais animada,ela podia ver ele sorrindo em sua mente – Então...e a Vânia? – perguntou a menina colocando uma das mãos em sua testa – Ah...Drisnya! Vou ter de desligar querida,ainda bem tu me lembraste – Morella começou a ficar confusa com aquela reação,o telefone ainda não havia sido desligado mas foi possível escutar o grito que o homem deu “ Vânia” dizia ele “ Eu vou matar ele garoto “. A Princesa deu uma risada alta antes de desligar,ele não percebeu esse deslize de conduta dela,mas parecia algo divertido a cena.


CITANDO: Dimitri | VESTINDO: ESSA | DATA : Algum dia de outono |NOTAS: EEHH turnando Sozinha | KYOO. @ OPS!


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério Boot Hill Empty Re: Cemitério Boot Hill

Mensagem por Thomas Yakanoto em Sab Out 29, 2011 12:39 am

“ Natalie Kane “
Preso firme em minha mão estava um papel com esse pequeno nome escrito pois ele era meu único guia para mais uma incerteza.
Estava parado na porta do cemitério contemplado os milhares túmulos ali presentes. Se ao menos eu tivesse uma data... ou qualquer outra coisa.
Dou um suspiro e começo a vasculhar. A chuva estava mais fraca que de manhã, mas ainda assim me obrigou a sair com um guarda-chuva, embora naquele exato momento ela caísse imperceptível sobre minha cabeça.
Os primeiros túmulos na me revelaram nada de interessante, o que não me surpreendeu. Eu realmente não esperava que o tumulo da paixão de meu pai fosse algum simples como aqueles. Aparentemente se eu quisesse achar o que procurava teria que subir ate os maiores e mais luxuosos túmulos.

- Espero que valha a pena... -
Abro meu guarda-chuva novamente só por precaução e começo a andar em direção a pare mais “ rica” do cemiterio
Thomas Yakanoto
Thomas Yakanoto

Mensagens : 12
Data de inscrição : 26/10/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Cemitério Boot Hill Left_bar_bleue100/100Cemitério Boot Hill Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Cemitério Boot Hill Left_bar_bleue100/100Cemitério Boot Hill Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério Boot Hill Empty Re: Cemitério Boot Hill

Mensagem por Pepita Wor em Sab Out 29, 2011 12:54 am

Eu andava meio preocupada mais não tinha motivo e sabia disso resolvi sair da Morada da Noite para pensar, precisava de um lugar tranquilo ja sabia aonde teria que ir, aonde encontraria a paz que precisava naquele momento.

Nunca fui muito de ficar quieta entratanto quando isso acontecia só havia um lugar aonde poderia me consentrar peisei mais um pouco e falei em voz alto.

-Cemitério, nada mais tranquilo que o cemitério.

Não foi uma viagem longa, logo estava no lugar planejado.Entro e observo lentamente o lugar, não que eu esperaçe encontrar alguém nesse dia chuvoso mais ja era habito observar cada lugar por onde eu entrava.Caminho um pouco e vejo uma arvore me aproximo da mesma e sento-me apoiando minhas costas no seu tronco. deixo que a chuva caia em minha cabeça fecho os olhos concentrando-me, tentando lembrar-me o porque estava ali.Pego um bloco em meu bolso e começo a rabiscar algumas coisas mais nada emportante, enquanto rabisco algumas gotas caem em meu bloco de notas.Continuo sentada mais nada vem em minha cabeça .guardo o bloco no bolso junto com a caneta fecho novamente os olhos.
Pepita Wor
Pepita Wor
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 29
Data de inscrição : 23/09/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Cemitério Boot Hill Left_bar_bleue100/100Cemitério Boot Hill Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Cemitério Boot Hill Left_bar_bleue100/100Cemitério Boot Hill Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério Boot Hill Empty Re: Cemitério Boot Hill

Mensagem por Convidad em Sab Out 29, 2011 1:08 am

Caminhava pela garoa fina e gelada que caía,não sabia bem aonde estava indo,apenas deixava que meus pés me guiassem.As perguntas iam e voltavam em minha cabeça,perguntas que eu pensava que nunca descobriria a resposta.

Eu lembrava pouco,ou quase nada,de minha infância na Rússia.Não as partes agradáveis eu diria.Eu era incapaz de entender o que havia levado o que um dia eu pudera chamar de família aquele ponto.

Suspirei,chegando aos portões de ferro do cemitério municipal.Adentrei o local,caminhando entre os túmulos distraída,lendo as incriscções gravadas nas pedras geladas,imaginando a história que cada um tivera,pensando que eu nao sabia nada da minha.

Caminhei até um lugar com poucos túmulos ainda.Havia uma árvore antiga,as folhas caindo espalhadas pelo chão.Abriguei-me da chuva ali embaixo,lembrando da reação de meu pai ao pegá-lo no telefone falando alguma coisa sobre um filho.Lembrava-me de minhas perguntas,e perguntava-me porque ele nunca havia me contado...Fechei os olhos imaginando porque eu teria ido até ali,logo o cemitério.Suspirei observando a chuva,a brisa leve batendo em meu rosto.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério Boot Hill Empty Re: Cemitério Boot Hill

Mensagem por Ginevra Knoll Scheller em Sab Out 29, 2011 1:24 am

A chuva lavava a mando negro da garota que vagava por Tulsa , lentamente em busca de sangue . Sua foice nas costas e o mando cobrindo dos pés a cabeça não deixando a luz da lua tocar seu rosto , a chuva que estava caindo lá ficava densa a cada passo da garota . O sangue de suas veias estavam circulando rápido de mais , chegou ao Cemitério Boot Hill o cheiro que exalava do lugar era desprezível humanos no local , parou na entrada do local quieta imóvel nos portões do cemitério estava la para observando os seres que vagavam entre os túmulos . O ar já começava a pesar lentamente o silencio mórbido era quebrado pelas falas das criaturas que ali estavam , começou a andar lentamente discretamente . Abriu a boca lentamente e dela saiu uma fumaça que não era do frio que fazia e sim da maldição que a dominava lentamente . - Shiu . - Fez o barulho com a boca , levantou a cabeça e tirou a foice das costas e começou a rodear o cemitério sobre a escuridão da madrugada sem fim .
Ginevra Knoll Scheller
Ginevra Knoll Scheller
Moderador
Moderador

Mensagens : 124
Data de inscrição : 26/10/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Cemitério Boot Hill Left_bar_bleue100/100Cemitério Boot Hill Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Cemitério Boot Hill Left_bar_bleue100/100Cemitério Boot Hill Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: ☽●☾

http://www.institutodurmstrangr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério Boot Hill Empty Re: Cemitério Boot Hill

Mensagem por Convidad em Sab Out 29, 2011 1:39 am

Eu caminhava lentamente por entre os túmulos, eu não tinha motivos para estar ali, exceto o fato de que eu não queria ir para casa, desde que minha prima, Hannah, havia se mudado lá para casa, eu não conseguia mais descansar lá.
Talvez o cemitério fosse tudo o que eu precisava: um lugar silencioso e macabro. Me perguntei o que estaria acontecendo quando chegasse em casa, talvez minha mãe e Hannah estivessem fazendo mais algum doce...
Fiquei aliviada ao lembrar que hoje iria trabalhar na Starbucks; eu tentava ao máximo evitar voltar para casa.
Prestei maior atenção aos túmulos que ali havia: nomes desconhecidos e sem importância...
Bufei entediada; estava com vontade de treinar, mas ao mesmo tempo cansada de fazê-lo.
Olhei ao redor, buscando algo para fazer... Pensei em ir ver meus avôs, mas a ideia me parecia ridícula levando em consideração que eu nada faria ao encontrar o túmulo deles.
Ajeitei o me casaco, a chuva fina começava a me incomodar, mas eu não ligava.
Pude ver ao longe a silhueta de alguém caminhando por entre os túmulos, provavelmente procurando um ente querido, um pouco mais perto, duas garotas estavam sentadas na sombra de uma árvore.
Não tinha nada melhor para fazer, então também segui na direção da árvore, apenas ao me aproximar percebi que conhecia uma das garotas... Eu havia esbarrado nela na escola... Khristeen Howard... Se não me engano.
Apenas escorrei pelo tronco da árvore, fechando os olhos e tentando não pensar em nada... Tentativo inútil.
Um calafrio percorreu a minha espinha, no instante seguinte senti que o ar estava diferente, mais... Frio, pesado, eu não sabia como descrever.
O tempo parecia piorar, a chuva se tornava cada vez mais densa.
Olhei ao redor inconscientemente, tentando entender o que estava acontecendo.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério Boot Hill Empty Re: Cemitério Boot Hill

Mensagem por Thomas Yakanoto em Sab Out 29, 2011 1:58 am

Agora finalmente estava tendo um progresso. Uma fileira de túmulos cada vez maiores se estendia a minha frente e o cheiro de mato ficava cada vez mais intenso. Ela devia ser realmente importante, penso eu ao olhar mais uma vez do papel para a inscrição em um dos sepulcros. Não tinha erro. Aquele era o correto.
Era uma micro capelinha, fechada por um grosso portão de ferro, dentro dela , imagino eu, estaria o tumulo de alguém importante para meu pai. Importante a ponto dele me mandar visita-lo.
Mesmo forçando ao extremo não consegui abrir nem uma fresta do portão e já começava a me perguntar se aquilo era realmente uma pista ou se meu pai só havia escrito o nome da amada. Foi então que senti um calafrio sinistro, como se o clima ali tivesse esfriado. Aquilo não poderia ser algo normal.
Giro 180º apalpando meu corpo em busca de uma arma, somente para me lembrar que havia abandonado em casa logo após o incidente da igreja. Eu era muito estúpido por andar desarmado por ai, minha única proteção era a chave que sempre andava em meu pescoço. Foi então que uma idéia surgiu e novamente a culpa por não ter pensado nisso antes.
Dou uma ultima olhada ao redor procurando algo suspeito, e ao longe avisto um grupo de garotas sentadas próximas a uma arvore, mas elas não me pareciam suspeitas.

- Isso tem que funcionar- Digo ao enfiar a chave no portão. O barulho daquele ferro ao abrir foi tão alto que não duvido que alguém de fora do cemitério tenha conseguido ouvir. “ Isso é bom... quem sabe espanta aquelas garotas”
Estranhamente em toda minha vida, nunca havia sentido tanto medo quando senti ao entrar naquela câmara escura.
Thomas Yakanoto
Thomas Yakanoto

Mensagens : 12
Data de inscrição : 26/10/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Cemitério Boot Hill Left_bar_bleue100/100Cemitério Boot Hill Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Cemitério Boot Hill Left_bar_bleue100/100Cemitério Boot Hill Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério Boot Hill Empty Re: Cemitério Boot Hill

Mensagem por Convidad em Sab Out 29, 2011 2:07 am

A chuva parecera tornar-se mais pesada,o ar parecia de repente pesar mais,eu começara a sentir frio,um sensação desagradável tomando-me conta.

Percebo outra garota sentada por ali,distraída,escrevendo em um pequeno bloquinho.Suspiro baixinho,cruzando os braços numa tentativa vã de aquecer-me quando enxergo a garota com quem havia esbarrado na escola a poucos dias.

Aproximo-me de um túmulo no chão,lendo distraída os nomes ali gravados como se eles pudessem guardar algum segredo quando ouço um barulho alto e estranho vindo de um dos túmulos.Olho á minha volta,identificando um local que parecia mais chique no cemitério,com outro padrão de túmulos.

Saio na chuva,caminhando lentamente até lá,imaginando que poderia ser o zelador do local ou algum visitante.Ainde era cedo da tarde para coisas bizarrras em um cemitério,imaginava eu.
Depois de caminhar um pouco encontro uma portinha de ferro aberta,dava para dentro da capela.


-Olá?Alguém aí?-eu digo em uma posição quase defensiva,minhas roupas e meus cabelos já molhados pela chuva,enquanto eu perguntava-me o que diabos eu fora fazer ali.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério Boot Hill Empty Re: Cemitério Boot Hill

Mensagem por Ginevra Knoll Scheller em Sab Out 29, 2011 2:11 am

O lugar parecia estar enchendo cada vez mais , mau saio dos portões e mais uma garota adentrava o local , como se fosse a coisa mais normal do mundo . A garota se juntou com as outras duas de baixo da arvore , a tristeza da garota era evidente ver as outras pessoas se divertindo a deixava furiosa e a maldição só piorava sua situação , começou a bater a ponta da foice nos túmulos fazendo um barulho estridente insuportável aos ouvidos dos humanos . O cemitério e gigante então as crianças que vagavam por ali não correriam risco de morte ela já tinha jantado muitas almas da ultima vez que apareceu na superfície da terra , onde foi jogada céu a baixo e caio ali naquele lugar sombrio e devastado pelo homem ignorante que destruiu a vida e a morte que um dia já dominou o local . Seu espartilho estava apertado como sempre , respirava profundamente e o ar contaminado que saia de sua boca fazia o local mais sombrio , já estava escuro e o tempo ali só piorava parecia estar caindo neve perto dala . Voltou a andar com a foice nas costas só que agora estava escondida na escuridão e perto das criança elas a deixavam em uma fúria divina mas , as vez dava a ela a oportunidade de se sentir uma delas . Sentou-se em uma pedra que ficara mais fria que a própria noite e a chuva , as plantas ou redor começavam a morrer lentamente pois o frio era de mais para elas suportar . - Não , se quer me conhecer sua alma irei querer. - Falou em tom alto e tenebroso , em resposta a garota que vez uma pergunta pro nada . A garota estava observando um garoto que xeretava entre os túmulos que estava meio distante dela mas que podia escutar .
Ginevra Knoll Scheller
Ginevra Knoll Scheller
Moderador
Moderador

Mensagens : 124
Data de inscrição : 26/10/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Cemitério Boot Hill Left_bar_bleue100/100Cemitério Boot Hill Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Cemitério Boot Hill Left_bar_bleue100/100Cemitério Boot Hill Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: ☽●☾

http://www.institutodurmstrangr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério Boot Hill Empty Re: Cemitério Boot Hill

Mensagem por Convidad em Sab Out 29, 2011 2:49 am

Um barulho estrondou pelo cemitério, olhei em volta assustada. Aquilo estava ficando cada vez melhor...
Khristeen se levantou e seguiu na direção que o som veio, segurei-me para não xingar baixinho.
Eu não sabia o porquê, mas algo ruim estava acontecendo e eu não fazia ideia do que fazer nessa situação.
Levanto-me e me distancio um pouco da árvore, eu não sabia o que fazer, talvez me molhar um pouco com a chuva, clarear os pensamentos...
Um som estridente me fez reprimir um grito de dor, levei as mãos as orelhas inconscientemente, tentando abafar o som horrível que atormentava meus ouvidos.
Suspiro aliviada com o fim do ruído, eu sabia que podia estar parecendo desesperada, mas olho em volta inutilmente, em busca de algum perigo que eu sabia que não poderia lidar...
Khristeen já estava longe, eu ainda conseguia ver sua silhueta de longe... Pensei em me juntar a ela, mas a ideia me parecia... Desagradável.
Apenas comecei a caminha na direção em que ela e a outra silhueta que havia visto mais cedo estavam, mas meus passos eram lentos e pesados.
- Não , se quer me conhecer sua alma irei querer.
Gelo com as palavras, era algo sobrenatural, que ecoava por quase todo o cemitério, engoli o seco e girei nos calcanhares, buscando quem havia falado aquilo, mas não me prolonguei muito em minha busca, não queria achar a tal pessoa.
Continuo minha caminhada, mantinha a cabeça baixa, mas agora andava um pouco mais depressa, a ideia de me juntar as outras pessoas naquele cemitério não me parecia mais tão desagradável.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério Boot Hill Empty Re: Cemitério Boot Hill

Mensagem por Ginevra Knoll Scheller em Sab Out 29, 2011 3:19 am

O Tédio mórbido do cemitério estava tomando conta dela , a deixando tediosa e com seu humor horrível e isso não era muito legal para quem esta por ali .... eles se espelharam e a deixaram curiosa uma das garotas parecia procurar por ela mas logo desistiu . Levantou-se da pedra e caminho lentamente entre os túmulos novamente , via as crianças rodando o lugar a procura de abrigo contra a chuva já estava amanhecendo e o sou não era algo que ela apreciava iria dormir por horas e horas em fio quando chegar em seu túmulo em algum lugar da terra . Ainda observada as crianças andando de um lado para o outro , olhou o garoto la sozinho e então estava pensado seriamente em tomar o cafe da manha bem cedo e depois ir dormir . - Não vale a pena , ficar aqui vou deixar vocês para meus semelhantes . - Falou em um tom irônico e sarcástico e logo voltou a olhar o resto das crianças a sua volta , então começou a correr antes que o sol da manha bate-se em seu manto negro , chegou no portão e saio do local .


ENCERRADO.
Ginevra Knoll Scheller
Ginevra Knoll Scheller
Moderador
Moderador

Mensagens : 124
Data de inscrição : 26/10/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Cemitério Boot Hill Left_bar_bleue100/100Cemitério Boot Hill Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Cemitério Boot Hill Left_bar_bleue100/100Cemitério Boot Hill Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: ☽●☾

http://www.institutodurmstrangr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério Boot Hill Empty Re: Cemitério Boot Hill

Mensagem por Ginevra Knoll Scheller em Sab Out 29, 2011 4:58 pm

Ela voltou , tinha acabado de acordoar e seu mal humor a dominava completamente . A restava sua foice no chão de pedra indo em direção ao cemitério senti-a cheiro de humanos e o que queria esta tão perto que poderia sentir o gosto da alma escorrendo por sua garganta gritando , arranhando lentamente sua garganta era precioso esse liquido que a fez delirar cada vez que sente em sua boca . Adentrara o local o sol ainda estava presente no local , seu manto novamente cobria sua face e céus mudava se sol para uma tempestade fria e morta , mal adentrou o local e já sentiu as crianças da madrugada la dentro " Humanos ..." pensou ,e logo começou mais uma vez rodear o local escolhendo sua vitima não iria os deixar vivos dessa vez , talvez iria tomar a alma das garotas mas o rapas a chamou a atenção ele era jovem e estava maduro o suficiente para ser degustado pela morte . Foi atras dele ela estava no escuro e com a foice levou sua ponta até o pescoço do garoto o trazendo para o escuro as garota não perceberam sua falta e continuaram procurando algo . Tirou o manto da cabeça e o garoto viu seus olhos mórbidos e com sede então , tocou no pescoço do garoto que não espereça nenhuma reação o sangue dele gelou com o toque da morte . Aproximou seus lábios negros perto da boca do garoto , ele não consegui fazer com que sua boca fique chefada então a alma dele começa a sair do corpo lentamente .
Ginevra Knoll Scheller
Ginevra Knoll Scheller
Moderador
Moderador

Mensagens : 124
Data de inscrição : 26/10/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Cemitério Boot Hill Left_bar_bleue100/100Cemitério Boot Hill Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Cemitério Boot Hill Left_bar_bleue100/100Cemitério Boot Hill Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: ☽●☾

http://www.institutodurmstrangr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério Boot Hill Empty Re: Cemitério Boot Hill

Mensagem por Ginevra Knoll Scheller em Sab Out 29, 2011 5:03 pm

A alma do garoto escorri lentamente pela garganta da garota , sentia-se viva mas logo teria que se alimentar novamente era doce a alma do garoto sua maldade era pouca e sua vontade de viver parecia menor ainda , sorria ironicamente enquanto via a pele do garoto secando e ficando pálida era incrível o que ela fazia com alguém um humano . Sua sede estada sendo saciada aos poucos a alma dele era incrivelmente, deliciosa sua juventude ajuda muito os jovens eram o prato preferida dela . Largou ele e por sua vez caio lentamente aos olhos da garota, os olhos do jovem já perdiam a vida como era fabuloso ver a vida se esvaindo nos olhos de alguém ainda mais que ela fez tudo aquilo . Após sua refeição viu as garotas e começou a andar lentamente entre os túmulos voltou a colocar o capús em sua cabeça e a foice nas costas , chegou nos portões do cemitério e se pronunciou - Aos ouvidos daqueles que aqui estão aproveitem que os deixei vivos e digam adeus ao garoto que morre lentamente na sombra . . - A voz da garoto ecoou dentro do local , medo que ela queria colocar então consegui , continuou andando até sair do local .


ENCERRADO .
Ginevra Knoll Scheller
Ginevra Knoll Scheller
Moderador
Moderador

Mensagens : 124
Data de inscrição : 26/10/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Cemitério Boot Hill Left_bar_bleue100/100Cemitério Boot Hill Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Cemitério Boot Hill Left_bar_bleue100/100Cemitério Boot Hill Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: ☽●☾

http://www.institutodurmstrangr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério Boot Hill Empty Re: Cemitério Boot Hill

Mensagem por Pepita Wor em Sab Out 29, 2011 10:02 pm

Escutei alguns barulhos e abri os olhos lentamente, observei ainda sentada na arvore a cena que acabara de acontecer. Guardei o bloco de notas no bolso, e sai correndo em direção ao garoto que estava no chão.Olhei para as meninas, ainda assustada com a cena,logo me recuperei.Observei bem uma menina que estava em minha frente sabia que a conhecia de algum lugar só não lemv=brava da onde e naquele momento não fiz questão de lembram apresentei-me rapidamente ainda observando-a.

- Oi Pepita Wor, prazer.

Respirei fundo esperando uma reação da Garota. Logo começei a falar novamente.

- Ok, ele não esta respirando, mais acredito que ainda tenha tempo de vida não sei ao certo. Fiquei em sileicio enquanto fazia um bla bla bla em minha cabeça sobre oque fazer com o garoto que estava no chão.Continuei a pensar evoltei a falar.

-Temos que tira-lo daqui. Pelo menos preciso de ajuda para que possamos coloca-lo em baixo da arvore.

Passei a mão pelo rosto do garoto ainda estava um pouco quente levantei-me e novamente esperei uma reação da garota.
Pepita Wor
Pepita Wor
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 29
Data de inscrição : 23/09/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Cemitério Boot Hill Left_bar_bleue100/100Cemitério Boot Hill Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Cemitério Boot Hill Left_bar_bleue100/100Cemitério Boot Hill Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério Boot Hill Empty Re: Cemitério Boot Hill

Mensagem por Convidad em Sab Out 29, 2011 11:01 pm

No momento em que eu achei que tudo ia melhorar, percebo que tudo só podia piorar.
O dia já havia amanhecido e aquela sensação ruim que havia no ar já tinha passado, eu pensava em voltar para casa já, mas antes pensei em me aproximar daquela micro-capelinha onde Khristeen e o outro garoto se encontravam...
Meu maior erro.
Gelei ao ver a seguinte cena: parecia um beijo, mas aquela coisa que dava o beijo no garoto... Ela era estranha, sombria e parecia que ia sugando a vida do jovem, selando sua morte.
- O que é você... ?
Deixei escapar em tom baixo, eu não conseguia me mover, meus olhos encaravam chocados o que eu nunca pensei que veria um dia.
Ela parou, parecia ter terminado o que foi fazer ali. Colocou o capuz do manto que usav e seguiu na direção da saída do cemitério.
Por instinto corri na direção onde o corpo inerte do rapaz se encontrava, me ajoelhei ao seu lado, próximo o suficiente para perceber que ele estava gelado sem vida.
- Aos ouvidos daqueles que aqui estão aproveitem que os deixei vivos e digam adeus ao garoto que morre lentamente na sombra . .
Ouço aquilo e outro calafrio me sobe na espinha... Eu não podia deixar ele morrer aqui e ir embora, podia ter sido eu no lugar dele e se fosse assim, eu não iria gostar que deixassem meu corpo apodrecendo aqui.
Procurei meu celular em minha bolsa, assim que o encontrei teclei a discagem rápida do hospital da cidade. Rapidamente expliquei os detalhes básicos para a atendente e pedi para ela mandar uma ambulância o mais rápido possível, mas tentei evitar falar sobre a parte do beijo da morte...
Vejo a outra garota que estava na árvore se aproximar aturdida, ela me encarou por alguns segundos... Eu tinha a impressão que a conhecia de algum lugar...
- Oi Pepita Wor, prazer.
Ela diz para mim, assenti e digo séria:
- Me chamo Charlote...
Olho atentamente para o rapaz, tentando me atentar a algum detalhe que comprovasse que ele ainda estava vivo... Infelizmente eu não entendia quase nada dessas coisas, por mais que eu fosse um pouco anti-social, não gostaria de ver a morte de alguém. Foi nesse momento que algo em suas mãos me chamou atenção: ele segurava um papel, o que não seria uma surpresa se estivesse procurando alguém aqui, mas em sua outra mão havia uma espada... Me perguntei o que ele fazia com isso aqui, mas a ideia do que os médico falariam ao vê-la me passou pela cabeça.
Discretamente tirei a espada de sua mão e a guardei na minha bolsa, eu sabia que aquilo era roubo, mas pretendia devolver... Se ele continuasse vivo.
- Ok, ele não esta respirando, mais acredito que ainda tenha tempo de vida não sei ao certo.
Pepita diz, assenti cabisbaixa, ele podia sobreviver... Já era alguma coisa.
Ela ficou meio pensativa e continuou:
­- Temos que tira-lo daqui. Pelo menos preciso de ajuda para que possamos colocá-lo em baixo da árvore.
- Tudo bem, estamos em três – Falo me lembrando de Khristeen – Eu já chamei a ambulância, é só tirarmos ele daqui e esperar ela chegar...

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério Boot Hill Empty Re: Cemitério Boot Hill

Mensagem por Isabelle Carter em Dom Out 30, 2011 11:44 am

Off.:Lilyan você esta fazendo uma pequena confusão com o tempo nos posts.Uma personagem postou que era cedo da tarde,você disse que era noite no seguinte,ai encerrou,voltou dizendo que havia sol.O que as outrs garotas iriampo estar fazendo ali durante esse tempo? Há uma pequena incoerência,
E quanto a quase morte do Thiago,estão sendo formuladas algumas regras para esse tipo de post,para que sua personagem não seja over power.Lembrando que você não faz papel da morte,é um anjo caído como os outros do fórum.
Qualquer dúvida mp-me.
Att.:Belle

_________________
Isabelle Carter Wodson

"It's a shame,I'm a Dream" [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Vamp [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Seventeen

credits @
Isabelle Carter
Isabelle Carter
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 669
Data de inscrição : 28/03/2011

Ficha do Personagem
Vida:
Cemitério Boot Hill Left_bar_bleue100/100Cemitério Boot Hill Empty_bar_bleue  (100/100)
Barra de Energia:
Cemitério Boot Hill Left_bar_bleue100/100Cemitério Boot Hill Empty_bar_bleue  (100/100)
Ano: Terceiro-Formado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério Boot Hill Empty Re: Cemitério Boot Hill

Mensagem por Convidad em Dom Out 30, 2011 12:02 pm

-Não , se quer me conhecer sua alma irei querer. -eu ouço,meu sangue parecendo congelar nas veias com a palavras que eu ouvira,meu corpo arrepiando-se.

De repente percebo algo estranho a minha volta,não sabia dizer bem o que era.Ouço um baque lá dentro,como algo caindo no chão e avisto o corpo do garoto no chão,deixando-me sem reação.

Percebo a aproximação das outras meninas,ouvia-as falar,mas não absorvia nada.Ajoelho-me ao lado do garoto,os pingos de chuva parecendo mais pesados,seguro seu pulso sentindo a pulsação fraca,mas ainda presente,ouvindo a garota loira falar que deveríamos tirá-lo dali,até a ambulância chegar.

-Ok.Acho que a capela é suficiente para nos proteger da chuva.-eu digo apontando uma pequena construção em cor azul clara,onde havia espaço para nós.-Espero que essa ambulância não demore.-eu digo por fim ouvindo a mesma voz estranha novamente "Aos ouvidos daqueles que aqui estão aproveitem que os deixei vivos e digam adeus ao garoto que morre lentamente na sombra . .."

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério Boot Hill Empty Re: Cemitério Boot Hill

Mensagem por Narrador em Dom Out 30, 2011 9:26 pm

Alguns minutos se passaram. A manhã iniciava enquanto a chuva ia parando aos poucos.
O corpo do rapaz foi levado para uma capela do cemitério. Ao longe ouvia-se o barulho de uma sirene que ficava mais forte a medida que se aproximava do cemitério.
A van estacionou na entrada do cemitério, e dois para-médicos saltaram e entraram rapidamente no cemitério. Avistaram o corpo deitado do rapaz e um deles se comunicou através de seu rádio para que um terceiro trouxesse uma maca.

As garotas se afastaram quando o primeiro bombeiro adentrou a capela. Elas pareciam um pouco amedrontadas, ou talvez curiosas. O bombeiro mais alto perguntou o que havia acontecido. As três se atrapalharam na hora de falar e falaram ao mesmo tempo. coisas como “beijou o rapaz”, “capuz”, “caiu duro no chão” e “ moça sombria”. O bombeiro olhou um pouco desconfiado para aquelas informações um tanto estranhas, mas anotou em um pequeno bloco. E disse por fim: - Obrigado pelas informações senhoritas.

O segundo bombeiro disse um "Bom dia" bastante sério. E logo ajoelhou ao lado de Thomas, medindo os seus sinais vitais. Aparentemente ele ainda tinha pulso e respirava, mas seu corpo começara a ficar gélido. Ele disse algumas palavras para os outros dois e logo arrumaram a maca, atando-o e andando em direção a ambulância. Um deles disse antes de partir:

- É melhor que saiam deste local e vão para casa. Aqui não é lugar para as três.
A porta da ambulância foi fechada e partiu para o Saint Francis Hospital.
Narrador
Narrador
Moderador
Moderador

Mensagens : 145
Data de inscrição : 14/09/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério Boot Hill Empty Re: Cemitério Boot Hill

Mensagem por Convidad em Ter Nov 01, 2011 9:44 am

Com um pouco de esforço conseguimos levar o garoto para a capela que Khristeen havia comentado e após alguns minutos já se podia ouvir o barulho da ambulância aproximando-se.
Respirei aliviada.
O dia já clareava, a chuva já não se encontrava tão forte e eu sabia que podia ao menos ter esperança de que o garoto sobrevivesse.
Os paramédicos se aproximaram e fizeram seu trabalho, eu me afastei deles com medo de atrapalhar em qualquer momento, mas não podia negar que estava curiosa para saber o destino do rapaz.
Um dos bombeiros nos perguntou o que havia acontecido, mas nem eu, nem as outras garotas, conseguimos responder-lhe a pergunta com clareza, as palavras saíram embaralhadas e confusas, não sei se foi por culpa do nervosismo ou se meus pensamentos também se encontravam no mesmo estado.
Fiquei estática quando a ambulância se foi levando o corpo do rapaz. Havia terminado. Estava nas mãos do hospital agora. Mas porque eu não me sentia aliviada...?


Encerrado

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério Boot Hill Empty Re: Cemitério Boot Hill

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 8 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum