[FP] - Dorian Harris Rahn

Ir em baixo

[FP] - Dorian Harris Rahn

Mensagem por Dorian H. Rahn em Ter Dez 11, 2012 7:02 am




Dorian H. Rahn

Dorian Harris Rahn • Guardiões - Lobisomens • 35 Anos

Informações Básicas


Classe: Lobisomem Alfa.


Idade do person: 35 anos.






Pontos de Habilidade


-Leia o tutorial para preencher os campos a seguir!
Força: 14 +3

Resistência Física: 3*=6 +2

Resistência à Magia: 5 +2
Velocidade: 17*=18 +3


Magia ou Feitiço: 6




História


Dorian nasceu e viveu toda sua vida em Tulsa, onde se formou em Ciência Política na Universidade de Tulsa. Atualmente tem 34 anos exerce um cargo de confiança na Prefeitura de Tulsa, lidando principalmente com questões relacionadas a presença dos vampiros na cidade. É solteiro e reservado. O rapaz tem uma filha,Sophie, que veio morar com ele na cidade, mas ela encontra-se em coma num hospital da cidade. É primo de Caleb Rahn.

Dorian apesar de ser humano sempre se achou diferente dos demais. Ele perdera o pai em um acidente de carro quando tinha 14 anos.
Na noite posterior ao enterro, um mensageiro visitou seus sonhos e lhe mostrou cenas que mudariam sua vida para sempre. Nos sonhos, Dorian viu que seu pai fora um guardião de uma importante chave. Ele também viu outras duas guardiães: uma jovem com cabelos loiros e uma moça de olhar firme. O mensageiro lhe disse que agora ele deveria assumir o papel de seu pai. Dorian seria o terceiro guardião da Chave de Neid Garden.




Teste de Ação




Deixei o homem estranho para trás, assim como o parque. Meu amuleto brilhou e me deu um choque. Por alguma razão eu não usei o carro, só corri, como nunca na vida havia corrido. Mais rápido. Sem parar. Quanto eu corri ? Não sei. mas cheguei numa montanha. A montanha dos suspiros. Não sabia pq tinha ido logo ali, apenas segui meu instinto. Agora todo o meu corpo tremia violentamente e não pude mais correr. Estava num tipo de caminho sombrio.
Clac !
Caí no chão. Sinto uma dor tão terrível que seria comparada apenas à fratura de todos os ossos do meu corpo, e talvez fosse exatamente isso que acontecia. A dor era colossal, mas eu não desmaiava. Não, eu não podia, tinha que aguentar aquilo. Entendi o que estava acontecendo. Era minha transformação. A primeira. Estava no chão e meu corpo não parava de se contorcer, mudando cada ossinho de lugar, para em fim se adequar a um lobisomem.
- AAAAAAAAAAUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUH !!!
Agora podia sentir toda a vida que havia ao meu redor. Podia sentir o cheiro de um coelho em sua toca à vinte metros para minha esquerda. Podia ouvir o bater de asas de algumas aves uns trinta metros acima de mim. Podia ver um casal de humanos em seu carro bem lá embaixo. Eu poderia matá-los, não havia dúvida. Inconscientemente eu ia em sua direção, mas parei. Eu ainda tinha consciência. Não era como os lobisomens das historias. Eu não havia perdido o controle. Era estranho correr usando os braços e pernas, mas era rápido e cansava menos as pernas, assim como era estranho ter uma cauda, mas algo me dizia que logo me acostumaria. Mas segui até o final da trilha. quanto mais distante daquelas pessoas mais fácil seria ignorá-las.





t a n k s b e e c k y ♥ oops,

avatar
Dorian H. Rahn
Lobisomens
Lobisomens

Mensagens : 66
Data de inscrição : 24/10/2011

Ficha do Personagem
Vida:
250/250  (250/250)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: ☽●☾

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum