Enfermaria

Página 9 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ir em baixo

Enfermaria

Mensagem por Elena Mallaby em Qua Mar 09, 2011 10:23 am

Relembrando a primeira mensagem :

Esta é a enfermaria da Morada da Noite.
Desde pequenos ferimentos até àqueles que necessitam da ajuda de sacerdotes, este é o local ideal para o tratamento das enfermidades de todos que freqüentam esta morada.

avatar
Elena Mallaby

Mensagens : 931
Data de inscrição : 25/02/2011

Ficha do Personagem
Vida:
300/300  (300/300)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: ☽●☾

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Enfermaria

Mensagem por Adam Conant em Qui Jan 24, 2013 1:23 pm



Darkness
Adam Conant ф Filho das Trevas ф Enfermaria


No começo apenas influenciava, mas com o passar do tempo, melhorei… Hoje tenho o destino na palma da minha mão...



Eu chegava na morada ainda mancando, sentia mais dores do que de costume, mas também sentia alívio ao saber que Elektra estava bem. Entrou na morada sobre os olhares de alguns calouros, mais sussurros sobre minha pessoa... Entro na enfermaria e vou até uma maca, a enfermeira se aproxima e pergunta o que eu tenho. Sorrio e tiro a camisa, mostrando os ferimentos e hematomas e então ela me manda deitar rapidamente e começa a tratar dos ferimentos, passando pomadas e cremes por todo meu corpo. Eu sinto o corpo relaxar, apenas das dores e então em deito sobre a ordem da enfermeira, ela falou que iria mandar um guerreiro procurar o meu mentor e que eu precisava dormir. Apenas concordo e me deito, meu corpo coberto de hematomas, já estava imaginando a reação do Erick quando soubesse de tudo aquilo.

- Vou levar outro sermão dele...

Eu dormi... E mais uma vez eu sonhei, dessa vez eu não estava numa sala dividida em negro e branco. Eu estava em um corredor longo, mal iluminado, parecia com o corredor dos Túneis, mas esse não tinha fim, ambos os lados eram um corredor imenso e mal iluminado. Eu começo a andar por entre eles até que sinto uma presença e a voz rugindo em minhas costas.

"- Quando vai entender azul, sua vida me pertencerá... Seu destino é o único que você não pode controlar..."

Eu recuo com aquela presença, pela primeira vez eu podia ver e sentir que tipo de energia era aquela, era familiar, porém mais poderosa... Azar! A energia podia sentir que eu sabia quem era ele, então ele começou a rir e se aproximar, tocou minha testa e eu pude sentir q ele contornava minha marca, eu não conseguia fazer nada.

"- Seu poder é grande demais azul, mal tem controle sobre o que quer... Você se juntará a mim e terá mais controle sobre o azar... Sem sorte para os outros... "

Eu sentia a mão dele invadindo minha marca e depois retirando, como se tivesse colocado algo em minha mente, depois a fumaça começa a se dissipar e eu ouço a voz dele mais uma vez.

"- Você não vai se lembrar desse sonho... Mas vai fazer o que eu quero quando eu mandar... Se divirta azul!!

Depois disso... Tudo ficou escuro... Não sonhei mais!




_________________


Adam Conant

"Son of Darkness"
Leader Blue FreshmanVampire
thanks princess kira from @ sugar!
avatar
Adam Conant
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 311
Data de inscrição : 26/11/2011

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Sexto-Formado

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Adam Conant em Sex Jan 25, 2013 4:59 pm



Darkness
Adam Conant ф Filho das Trevas ф Enfermaria


No começo apenas influenciava, mas com o passar do tempo, melhorei… Hoje tenho o destino na palma da minha mão...



Lentamente eu abro os olhos, já recobrara a consciência, porém permaneceu de olhos fechados para poder descansar e escutar aquela mesma voz... Que sumiu... Me sento na cama respirando lentamente, os hematomas praticamente estavam sumidos, mas o que me impressionava era a tranquilidade daquele lugar, nenhum sussurro... Logo a enfermeira apareceu e me encarou por um instante antes de me mandar embora de volta para o dormitório. Sorrio e desço da maca, recolocando minha camisa e andando tranquilamente para a saída, mas ainda sentindo falta de alguma coisa, como se eu necessitasse de algo.

- Enfim...

Saio da enfermaria andando calmamente, com um enorme sorriso no rosto, e uma ambição oculta no olhar.

Encerrado!




_________________


Adam Conant

"Son of Darkness"
Leader Blue FreshmanVampire
thanks princess kira from @ sugar!
avatar
Adam Conant
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 311
Data de inscrição : 26/11/2011

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Sexto-Formado

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Leonard Thompson em Sab Fev 09, 2013 5:19 pm



Socorrendo
usando isso ๑ Manhã ๑ Enfermaria ๑ Shaune ๑ Curando ๑



Leonard saia andando as pressas até a enfermaria, colocando Shaune sobre uma maca enquanto uma vampira se aproximava e o olhava com espanto, quase perguntando o que um humano estava fazendo ali, quando o mesmo a olhou e ela entendeu que não era um humano, indo verificar a caloura. Depois de uns minutos ela diz que a mesma precisa relaxar e vai buscar alguma coisa. Minutos depois a enfermeira volta com pano molhado e coloca sobre os olhos de Shaune, para relaxar e fala que apenas descansar ajudaria bastante. Agradecido o anjo se senta ao lado de Shaune e fica olhando-a enquanto pensa que aquilo é culpa dele.

- Sinto muito... Exigi demais de você, você acabou indo muito longe na visão espiritual, não deveria ter visto tanto... Poderia ter ficado cega.

Leo falava com uma dose de culpa na voz, se culpando pelo que havia acontecido.


avatar
Leonard Thompson
Anjos
Anjos

Mensagens : 102
Data de inscrição : 22/12/2011

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Nenhum

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Shaune Watson em Dom Fev 10, 2013 6:42 am


Weak
A escuridão nem sempre equivale ao mal, assim como a luz nem sempre traz o bem! Abençoada Seja, Ó Divina Nyx!

Leonard andava de pressa, caminhando a passos largos até a enfermaria. Com os olhos entreabertos vejo que ele colocava-me ternamente sobre uma maca enquanto uma mulher, que eu julgava ser a enfermeira da morada, se aproximava de nós. Depois de algum tempo me analisando ela diz que a mesma precisa relaxar e se afasta, deixando-me no silêncio com o preocupado Leonard ao meu lado. Quando ela retorna, com um pano molhado em mão, eu fecho imediatamente meus olhos, sentindo a sensação molhada sobre eles no mesmo instante em que ela deposita o pano sobre meus olhos. Ela adverte-me quanto ao descanso e sai em seguida. Sinto Leonard sentar-se ao meu lado na maca, ficando imóvel a esse movimento, tentando encontrar as palavras certas. Ele porém foi mais rápido e diz:

- Sinto muito... Exigi demais de você, você acabou indo muito longe na visão espiritual, não deveria ter visto tanto... Poderia ter ficado cega.

O tom de culpa em sua voz cortava meu coração e me deixava ainda mais zangada comigo mesma. Sua voz agora não tinha mais o mesmo tom celestial pois estava encoberta pelo sentimento de culpa, quando na verdade a culpa era minha. Eu tateio com minha mão pela maca, perto de onde Leonard havia se sentado, procurando pelas mãos de Leonard. Essas vêm mais uma vez em meu auxílio ao ver que eu as procurava e eu seguro uma de suas mão ao dizer:

- Não diga besteiras! Não aconteceu nada tão grave assim e é claro que a culpa não é sua, Leo! Eu que pedi para você me treinar e eu, somente eu, sou culpada por não ter domínio sobre meu dom e minha afinidade. Se eu não fosse tão fraca não teria me machucado.

Eu apertava a mão de Leonard com toda minha força, sabendo que não o machucaria. A raiva que eu sentia começa a me consumir naquele momento e, por debaixo do pano que cobria meus olhos, lágrimas começam a escorrer por meu rosto. Com minha mão livre eu as enxugo rapidamente, com um movimento muito mais rude e brusco que o necessário. Agora com os dentes cerrados, na tentativa de conter o choro, eu volto a dizer:

- Mais isso não vai acontecer de novo Leo. Eu juro que eu vou me esforçar mais e eu vou dominar meu dom, nem que seja a última coisa que eu faça.

As lágrimas ainda teimavam em descer por meu rosto e eu continuava a combate-las com ódio, limpando-as bruscamente. Só um pensamento passava por minha mente agora: Eu fora ensinada a ser forte desde pequena, a nunca desistir e, principalmente, a nunca sentir pena de mim mesma, e ter um anjo que me protegia não iria mudar isso, eu não iria me descuidar, pelo contrário, agora eu teria que ser ainda melhor, agora eu teria que provar que mereço tal honra de receber os presentes enviados pela deusa.


ø Wearing: this
Com:Leonard Thompson
Filha das Trevas @ CG!
avatar
Shaune Watson
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 114
Data de inscrição : 11/09/2011

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Terceiro-Formado

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Leonard Thompson em Seg Fev 11, 2013 1:17 am



Culpa
usando isso ๑ Tarde ๑ Enfermaria ๑ Shaune ๑ Curando ๑



Shaune procura as mãos do anjo, tateando até que o mesmo oferece as mãos para ela, que segura com firmeza e diz deixando que lágrimas escorressem por debaixo do pano que a culpa era dela, que fora fraca, que nem sabia controlar seu elemento corretamente. O anjo continua segurando as mãos dela, porém com menas força desta vez quando ele diz.

- Não foi sua culpa, eu exigi demais para um primeiro treino, invocando o espírito logo de cara... Eu tenho domínio e controle sobre ele, mas você não... Ainda era cedo demais para usar tamanho poder... Falhei com meu juramento...

Discretamente o anjo afasta uma das mãos e limpa uma lágrima que havia se formado em seu rosto, não iria deixar Shaune perceber que o mesmo estava chorando, ela se sentiria arrasada, então apenas enxuga as lágrimas com as mãos, passa-a sobre a bermuda preta e então segura novamente as mãos de Shaune quando a ouve dizer que aquilo não irá se repetir. O anjo fala serenamente, sem transparecer nenhum sentimento, nem culpa, nem tristeza, apenas o conforto para sua protegida.

- Eu sei que não vai se repetir... Tomarei as medidas necessárias para tal... Mas primeiro você vai descansar, depois, vá ao seu quarto descansar, procure o líder dos Filho das Trevas e entre para o grupo deles, acredite em mim, será mais fácil usar seu poder... Você o usará involuntariamente...

Leonard se levanta da maca e puxa uma cadeira, se sentando em seguida e puxando o celular do bolso para verificar a hora, logo estaria anoitecendo e precisaria retornar para casa, não dormia a quase 24 horas.


avatar
Leonard Thompson
Anjos
Anjos

Mensagens : 102
Data de inscrição : 22/12/2011

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Nenhum

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Shaune Watson em Seg Fev 11, 2013 7:56 am


Recuperada
A escuridão nem sempre equivale ao mal, assim como a luz nem sempre traz o bem! Abençoada Seja, Ó Divina Nyx!

Ainda segurando minha mão ternamente Leonard deixa sua culpa transparecer novamente ao dizer:

- Não foi sua culpa, eu exigi demais para um primeiro treino, invocando o espírito logo de cara... Eu tenho domínio e controle sobre ele, mas você não... Ainda era cedo demais para usar tamanho poder... Falhei com meu juramento...

Há um breve momento de silêncio quando eu paro de falar para enxugar minhas lágrimas, porém, infelizmente, eu não posso ver as expressões de Leo, saber o que está se passando com ele. Prefiro então ficar calada, pensando que ele deveria estar meditando sobre os acontecimentos ou até mesmo fazendo uma prece silenciosa à deusa. Depois de me ouvir mais uma vez o anjo fala serenamente, sem transparecer nenhum sentimento, nem culpa, nem tristeza, apenas uma grande determinação:

- Eu sei que não vai se repetir... Tomarei as medidas necessárias para tal... Mas primeiro você vai descansar, depois, vá ao seu quarto descansar, procure o líder dos Filho das Trevas e entre para o grupo deles, acredite em mim, será mais fácil usar seu poder... Você o usará involuntariamente...

Leonard se levanta da maca e eu imediatamente retiro o pano de meus olhos, pensando, por um instante, que ele iria apensa desaparecer, que aquela última frase fora sua despedida. Para meu alívio sem fim vejo que ele puxa uma cadeira, se sentando em seguida. Com o coração mais calmo eu respondo-o:

- Primeiro, pare de se culpar ok? Você NÃO falhou em nada! Se eu soubesse que não era forte o suficiente eu não teria aceito, não tinha como você saber. Era disso que eu estava falando ontem a noite, quando não quis que você me protegesse. Você não poderá me salvar sempre, não pode me salvar de mim mesma, tem que ter outras prioridades acima de mim. A decisão foi minha! E, segundo, eu já entrei em contato com o Conant a um tempo atras, até já fiz o teste maluco dele mas ainda não recebi uma resposta e, pelo fracasso de hoje, não ficaria surpresa se ele não me escolhesse para entrar para o grupo...

Vejo Leonard puxando o celular do bolso, guardando-o rapidamente em seguida. Só então eu reparo que tínhamos passado quase toda a manhã no templo, treinando, e o resto dela aqui. Eu sento-me rapidamente na maca, passando o pano levemente sobre meus olhos para aliviar o ardor um pouco mais. então me levanto de um salto e digo:

- Pela deusa! Eu te prendi a madrugada inteira comigo, e a manhã também! Você deve estar exausto, caso os anjos se cansem, e deve ter outras coisas da sua... 'missão' pra fazer. Me desculpe mesmo. Vamos então ok?

Estendo minha mão direita para ele, esperando que ele a segure para irmos até a porta da enfermaria, onde nos despediríamos e então seguiremos caminhos diferentes.


ø Wearing: this
Com: Leonard Thompson
Filha das Trevas @ CG!
avatar
Shaune Watson
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 114
Data de inscrição : 11/09/2011

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Terceiro-Formado

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Leonard Thompson em Seg Fev 11, 2013 1:04 pm



Brave...
usando isso ๑ Tarde ๑ Enfermaria ๑ Shaune ๑ Curando ๑



Leonard não poderia negar que Shaune era uma garota determinada, e destinada a grandes coisas, porém tinha de tentar arriscar menos a segurança dela. Ela se levanta com sobressalto e diz que ja falou com o tal de Conant, deveria ser o líder das filhas das trevas... Um garoto! Que interessante! O anjo vê que a caloura se levanta e a ajuda, indo com ela até a porta. Ela queria que leonard fosse para casa descansar, e o anjo sentia que precisava disso.

- Você tem certa razão, mesmo um anjo, eu estou na terra e preciso descansar...

Ambos vão até a porta da enfermaria e Leonard olha para Shaune quando diz serenamente, com um leve sorriso.

- Você é durona... Eu vou retornar para minha residência, caso queira me encontrar fora da morada, eu trabalho na Escola dos humanos...

Ele abre a porta da enfermaria para a jovem passar e espera pela reação dela.


avatar
Leonard Thompson
Anjos
Anjos

Mensagens : 102
Data de inscrição : 22/12/2011

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Nenhum

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Shaune Watson em Seg Fev 11, 2013 1:32 pm


Just Talking
A escuridão nem sempre equivale ao mal, assim como a luz nem sempre traz o bem! Abençoada Seja, Ó Divina Nyx!

Leonard estava exatamente ao meu lado, ajudando me a caminhar desde que se levantara de sua cadeira. Isso era engraçado, já que eu podia andar extremamente bem, apenas meus olhos ardiam um pouco, mas nada que em cegasse. Porém eu não comento nada sobre o fato, pensando que poder me ajudar de alguma forma ira faze-lo se sentir melhor. Ele diz:

- Você tem certa razão, mesmo um anjo, eu estou na terra e preciso descansar...

Já à porta da enfermaria Leonard olha dentro de meus olhos e, com um leve sorriso diz serenamente:

- Você é durona... Eu vou retornar para minha residência, caso queira me encontrar fora da morada, eu trabalho na Escola dos humanos...

Dou um grande sorriso diante de seu primeiro comentário. Realmente eu escutava muito aquela frase, o que já tinha tornado o fato engraçado. Até mesmo um anjo, forte e enviado pela deusa, me achava durona.
"Nada mal hein Shaune?", penso eu, aumentando meu sorriso.
Repondo-o depois de uma pequena risada:

- Eu costumo ouvir muito isso... Deve ser verdade então néh? Mas, o que você faz na minha antiga escola? Está protegendo-os também, disfarçado de aluno?

Ele abre a porta da enfermaria para que possamos sair, porém assim que o faz sol bate em meus olhos, obrigando-me a fecha-los rapidamente outra vez, fazendo uma careta horrível. Me viro de costas para Leonard e a porta ensolarada e vasculho dentro de minha bolsa, que surpreendentemente ainda estava em emu ombro, procurando por meu óculos de sol. Ao encontra-lo coloco-o me meu rosto, protegendo meus olhos e me viro novamente para encarar Leonard com um sorriso:

-Bem melhor assim!

Espero então que ele responda minhas perguntas, sanando minha curiosidade, para que eu possa deixa-lo ir.


ø Wearing: this
Com:Leonard Thompson
Filha das Trevas @ CG!


Última edição por Shaune Watson em Ter Fev 12, 2013 2:48 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Shaune Watson
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 114
Data de inscrição : 11/09/2011

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Terceiro-Formado

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Leonard Thompson em Seg Fev 11, 2013 4:06 pm



Light again...
usando isso ๑ Tarde ๑ Enfermaria ๑ Shaune ๑ Curando ๑



Seria de se esperar que Shaune achasse que Leonard estivesse de aluno, afinal o anjo estava na terra com a aparência de um adolescente digno de uma boyband, com seus 18 anos, mas ainda sim ele sorri para ela, agora de óculos escuros.

- Seria mais interessante eu ser um aluno, mas não... Sou o diretor da escola agora... Não me olhe assim, só aparento ser um adolescente qualquer...

Leonard sai da enfermaria e puxa Shaune junto consigo, fazendo uma sombra para a caloura e andando em direção a um lugar onde não houvesse tanta luz do sol.

- Pelo menos com essas coisas simples eu posso lhe proteger totalmente...

Leo diz com um meio sorriso.


avatar
Leonard Thompson
Anjos
Anjos

Mensagens : 102
Data de inscrição : 22/12/2011

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Nenhum

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Shaune Watson em Ter Fev 12, 2013 7:44 am


Thankful
A escuridão nem sempre equivale ao mal, assim como a luz nem sempre traz o bem! Abençoada Seja, Ó Divina Nyx!

Leonard fica um pouco sem graça e cora quando eu pergunto sobre seu disfarce como aluno. Ele responde-me:

- Seria mais interessante eu ser um aluno, mas não... Sou o diretor da escola agora...- Olho para ele como os olhos arregalados, com meu completo espanto totalmente estampado em meu rosto, ao passo que ele diz: - Não me olhe assim, só aparento ser um adolescente qualquer...

Leonard sai da enfermaria puxando-me consigo de uma maneira em que pudesse fazer uma sombra sobre mim, protegendo-me do sol, o que não era necessário mas eu fico completamente confortável assim e agradecida também. Nós caminhamos para uma parte do exterior onde não houvesse tanta luz do sol onde ele diz com um meio sorriso:

- Pelo menos com essas coisas simples eu posso lhe proteger totalmente...

Dou um pequeno sorriso também e digo:

- Você consegue me proteger de várias formas, não só com as coisas simples. Obrigada por isso.

Eu faço uma pequena pausa, olhando profundamente dentro de seus olhos, deixando que a verdade da minha gratidão chegasse até ele. Então percebo que a pausa se alongara tempo de mais e que um clima diferente se instalava entre nós, algo que fazia a corrente elétrica entre nós querer voltar com força total. Então prefiro encerrar aquele momento, voltando ao assunto anterior:

- Quanto ao seu disfarce, bom...Você é muito novo para ser o diretor não acha não? Você pode ter milhares de anos mas seu corpo humano parece ter uns 18! E, com certeza você se parece humano mas, tenho que discordar quanto à parte do "adolescente qualquer", com certeza Isso você não é. E pode ter certeza que vai ter um monte de meninas que vão te cercar e, acredite, é bom você ter bastante cuidado porque elas não são nenhuns anjinhos.

Dou uma risada com meu trocadinho sem graça.


ø Wearing: this
Com:Leonard Thompson
Filha das Trevas @ CG!
avatar
Shaune Watson
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 114
Data de inscrição : 11/09/2011

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Terceiro-Formado

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Leonard Thompson em Ter Fev 12, 2013 3:06 pm



Novo desafio...
usando isso ๑ Tarde ๑ Enfermaria ๑ Shaune ๑ Curando ๑



Leonard não poderia fazer nada além de rir, desta vez ele deixou escapar uma gargalhada. Entendia agora o porque ter se afeiçoado àquela garota com apenas um olhar... Ela era incrível. O anjo aos poucos vai se acalmando e então diz ainda entre sorrisos.

- Eu posso ficar mais velho se quiser... Se bem que com esta aparência seria engraçado... Os jovens da escola iriam me confundir com um aluno qualquer, e eu poderia ficar de olho nele... Eles estão vulneráveis.

Uma longa pausa havia seguido antes da gargalhada e o anjo percebeu que a jovem estava com suas feições coradas, e imaginou que o mesmo também estivesse da mesma maneira. Olhando ao redor o anjo estica seu braço e acaricia o rosto de Shaune, lentamente, como não havia feito antes e a encara nos olhos, sentindo o corpo de ambos se aproximar, mas logo o garoto da um passo para trás e sorri para ela, mas em sua mente ele estava sério "Não... Protegê-la é minha missão..." Leonard olha ao redor e boceja sem querer, ele precisava descansar, havia se esquecido de tal detalhe enquanto observava sua protegida e disse entre os dentes.

- Pode ter certeza que tomarei cuidado com as falsas anjinhas... Afinal, quem melhor que um anjo de verdade para cuidar das falsas?

Leonard fala exibindo seu sorriso habitual.



avatar
Leonard Thompson
Anjos
Anjos

Mensagens : 102
Data de inscrição : 22/12/2011

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Nenhum

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Shaune Watson em Qua Fev 13, 2013 10:05 am


Despedida
A escuridão nem sempre equivale ao mal, assim como a luz nem sempre traz o bem! Abençoada Seja, Ó Divina Nyx!

Leonard deixa escapar uma gargalhada pela primeira vez desde que nos conhecemos. Agora mais do que nunca eu entendera o qual lindo e celestial era aquele sorriso. Não o sorriso de um anjo, o sorriso do meu anjo. Ele aos poucos se acalma e então diz entre sorrisos:

- Eu posso ficar mais velho se quiser... Se bem que com esta aparência seria engraçado... Os jovens da escola iriam me confundir com um aluno qualquer, e eu poderia ficar de olho nele... Eles estão vulneráveis.

Olhando ao redor, como era costume dele pelo que eu percebera, ele estica seu braço na breve pausa que seguira a nosso ataque de risos e acaricia meu rosto lentamente, fazendo-me fechar meus olhos por um momento, apenas sentindo seu macio toque. Eu mal percebera que nos tínhamos nos aproximado até que, com um sorriso sem graça, Leo dá um passo para trás.
"Burra, burra burra! O que é que você está fazendo Shaune? Ele é um anjo!"
Esse é o pensamento que perpassa minha mente enquanto Leonard boceja já cansado de passar tanto tempo em missão, ou seja, comigo:

- Pode ter certeza que tomarei cuidado com as falsas anjinhas... Afinal, quem melhor que um anjo de verdade para cuidar das falsas?

Ele continua com seu sorriso habitual estampado no rosto enquanto eu lhe respondo:

- Realmente, espero que você não seja tão ingênuo e saiba se defender, ou eu vou ter que intervir e, bom, o papel de protetor é seu néh? - Dou outra risadinha e então volto a dizer - Mas, agora é sério, você tem que ir descansar. Vou te deixar ir então ok?

Eu me aproximo dele, agora não só um pouquinho como sempre acontecia, mas a ponto de nossos corpos se encontrarem e, quando isso acontece eu o abraço delicadamente. dando-lhe um beijo carinhoso na face antes de me afastar. Com um sorriso um pouquinho envergonhado eu digo:

- Tchau Leo. Bom descanso e que a deusa esteja sempre com você. Espero te ver em breve novamente.

Espero então que Leo se despesa de mim rapidamente. Assim, talvez, depois que ele descansasse, ele pudesse voltar à Morada em breve.


ø Wearing: this
Com:Leonard Thompson
Filha das Trevas @ CG!
avatar
Shaune Watson
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 114
Data de inscrição : 11/09/2011

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Terceiro-Formado

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Leonard Thompson em Qua Fev 13, 2013 2:37 pm



Até breve...
usando isso ๑ Tarde ๑ Enfermaria ๑ Shaune ๑ despedidas ๑



Tudo sempre acontece rápido demais, até mesmo aqueles momentos bons. Shaune encara o jovem e o recomenda a tomar cuidado, ou ela acabaria tendo de defender ele, ao invés do contrário. Aquilo arrancou um espontâneo sorriso do anjo, que piscou o olho de forma brincalhona e que ouviu o que ela disse sobre ele ter de ir descansar, se aproximando, colando ambos os corpos e beijando a face de Leonard. Leo nunca havia sentido nada igual antes, um formigamento por todo seu corpo, até suas asas, ocultas na névoa estavam arrepiadas com o toque e a proximidade dela, o beijo dela... A garganta dele ficou seca, assim como os lábios, e o jovem anjo a segurou pelo braço enquanto ela se afastava e se aproximou dela, beijando a marca dela na testa, um gesto nobre e contido, quando se afastou e sorrio para ela.

- Não vou me afastar nunca de você... Você me verá mais cedo do que imagina... Qualquer coisa pode me ligar.

Leonard sai andando depois de ter deixado o número do celular com ela, passando as mãos pelos cabelos e por sua face, no local que Shaune beijou e sente o rosto corando, enquanto anda para fora da morada numa caminhada até sua casa.

ENCERRADO!



avatar
Leonard Thompson
Anjos
Anjos

Mensagens : 102
Data de inscrição : 22/12/2011

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Nenhum

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Shaune Watson em Sex Fev 15, 2013 7:27 pm


Bye Bye
A escuridão nem sempre equivale ao mal, assim como a luz nem sempre traz o bem! Abençoada Seja, Ó Divina Nyx!

Leonard me segura pelo braço antes que eu me afaste totalmente, sendo então a vez dele de cobrir a pequena distância entre nossos corpos e beijando-me de forma suave e doce, novamente na testa, sobre minha marca. A elétricidade assustadora que correra em minha da primeira vez que isso acontecera agora é recebida como uma amiga saudosa. Eu ansiava por sentir aquela corrente perpassando-me sempre que possível, seintir a corrente que Ele produzia ao simples jesto de tocar em mim. Ele então solta-me, permitindo que eu me afaste de volta a nossa distância inicial e sorri para mim ao dizer:

- Não vou me afastar nunca de você... Você me verá mais cedo do que imagina... Qualquer coisa pode me ligar.

Eu pego meu celular rapidamente dentro de minha pequena bolsa anoto o número que Leonard
estava me passando. Eu sabia que eu não iria ligar, eu não ousaria correr o risco de, talvez, ser uma distração no caminho entre ele e sua missão. Por algum motivo eu sentia que eu tinha sim o 'poder' para fazer isso, e eu não queria arriscar. Leonard sai andando passando
as mãos pelos cabelos de uma forma tão charmosa e e humana que até pareceu-me engraçado empregar tal ato a um anjo. Eu viro-me na direção contraria pela qual ele fora, tentando ignorar o formigamento que empregniava minha marca desde que ele a tocara, desde que a beijara. Assim, lutando internamente contra mim mesma, eu me encaminho para os dormitórios da Morada, louca para encontrar Evanna o mais depressa possível.


ENCERRADO!

ø Wearing: this
Com:Leonard Thompson
Filha das Trevas @ CG!
avatar
Shaune Watson
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 114
Data de inscrição : 11/09/2011

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Terceiro-Formado

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Evelyn Jackson em Seg Mar 18, 2013 5:34 pm



Enfermaria

Louca (mais do que de costume)

Eu estava andando com o cara que eu nem sabia o nome apoiado em mim até a enfermaria. Minha cabeça estava tão confusa e preocupada se o cara ia ficar bem que eu nem estava pensando direito. E se ele morresse? Ia ser culpa minha, por ser tão inútil, na certa.

Quando eu abri a porta da enfermaria com uma dificuldade, o garoto vomitou novamente com força e eu tremi. Uma mulher que estava lendo um livro com um garoto atravessando um oceano segurando alguma coisa olhou depois de um segundo.

- Por favor, ajuda! - falei.

A mulher então puxou o garoto e foi cuidar dele. Eu fiquei ali, parada, me sentindo inútil, covarde demais para ir olhar o que a mulher estava fazendo, porém simplesmente não tinha coragem de sair porta a fora e deixar o garoto sozinho enfrentando uma coisa dessas. Por quê? Não sei. Quando a mulher acabasse, eu iria vê-lo, decidi com um suspiro.

Clima morno| Com? Allan | Vestindo | By: Sarah W.
avatar
Evelyn Jackson
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 20
Data de inscrição : 03/02/2013

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Terceiro-Formado

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Adam Conant em Ter Mar 19, 2013 11:45 am



Darkness
Adam Conant ф Filho das Trevas ф Enfermaria


No começo apenas influenciava, mas com o passar do tempo, melhorei... Hoje tenho o destino na palma da minha mão...



Cara, eu estava horrível, vomitei muito sangue e estava tonto, mas lembro que a garota loira me levou até a enfermaria e a enfermeira veio apressada cuidar de mim, ótimo, mais uma vez eu estava na enfermaria. A princípio ela apenas retirou minha camisa e me entregou um balde, na qual vomitei mais uma vez, porém logo em seguida ela me deu algo para tomar, algum tipo de xarope, depois disso eu perdi a consciência...

Acordei alguns minutos mais tarde, eu sentia uma dor em meu estômago e a enfermeira estava do meu lado, me observando com uma prancheta nas mãos, ela me encarava sério quando falou pra mim.

- Isto não foi uma rejeição Conant, seu interior estava danificado de uma maneira estranha, o que andou fazendo, brincando com o sobrenatural novamente?

Eu lembrei do toque do azar em minha mão e de como senti aquela corrente elétrica passando por meu corpo, destruindo em meu interior, porém não iria comentar nada disso com a enfermeira, apenas elevei meus olhos para ela e falei quase sério.

- Claro que não, eu devo ter me machucado enquanto preparava algumas coisas para o Mabom, devo ter errado em algum ritual...

Sorri e tentei me levantar, não era mais dor que eu sentia, e sim uma pequena ardência, porém suportável ao ponto de me sentar na cama, revelando que eu ainda estava sem camisa. Olhei de relance para o canto e percebo que a garota loira que me trouxe até a enfermaria ainda permanecia lá, distraída, então olho para a enfermeira e aponto para a jovem.

- Quando sair chama aquela garota, gostaria de falar com ela.

Eu olho ao redor e percebo que na bancada próximo a mim estava o pingente de FDT da Elektra, e eu achando que havia perdido.




_________________


Adam Conant

"Son of Darkness"
Leader Blue FreshmanVampire
thanks princess kira from @ sugar!
avatar
Adam Conant
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 311
Data de inscrição : 26/11/2011

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Sexto-Formado

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Evelyn Jackson em Qua Mar 27, 2013 8:05 am



Observações Malucas

Assim como a pessoa que as faz

A enfermeira me chamou. Eu estava andando de um lado para o outro quando ela me sorriu.

- Ele quer falar com você...

- Evelyn. - completei - Não vou demorar a aparecer aqui também...

Com um suspiro, eu parei de andar de um lado para o outro e então olhei para o garoto. Ele parecia muito melhor, com uma cor mais... Não sei, mais parecida com gente viva. Afinal, o que éramos nós, os vampiros? Mortos que vivem da vida alheia, matando pessoas? Eu ainda não entendia o sistema, nem sabia nada sobre o que acontecera com o garoto, mas me assustava, eu tinha que admitir.

Andei calmamente até onde o garoto estava sentado na cama e me sentei ao seu lado, colocando a mão em sua testa e depois no seu pescoço, sentindo a pulsação e a temperatura. Eu já estegiara como enfermeira, tinha um leve conhecimento nessa área. Ele não estava em seu melhor estado, mas parecia razoavelmente bem.

- Cara, da próxima vez que você for ter um ataque desses, avisa. - falei idiotamente - Eu quase morri de susto e de medo com você vomitanto sangue, sério. - tremi e então olhei para ele, agora séria - Não sei se vampiros podem morrer, mas eu tenho uma leve impressão de que você estava quase lá.

Eu sabia que ele ia me achar uma idiota e muito louca, mas não me importei. Na verdade, essa era exatamente a impressão que eu queria passar, ao invés de uma menina boba, curiosa e sensível, que, no fundo, eu era. Eca. Ergui uma sobrancelha, esperando sua resposta. Queria ver o que ele ia responder aos meus comentários malucos.

Clima Levemente frio | Com? Adam | Vestindo | By: Sarah W.
avatar
Evelyn Jackson
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 20
Data de inscrição : 03/02/2013

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Terceiro-Formado

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Adam Conant em Qua Mar 27, 2013 1:08 pm



Darkness
Adam Conant ф Filho das Trevas ф Enfermaria


No começo apenas influenciava, mas com o passar do tempo, melhorei... Hoje tenho o destino na palma da minha mão...



O que eu poderia dizer, a garota nova tinha razão, eu tinha feito uma burrada séria desta vez, quase que eu morria com a perda de sangue, e a enfermeira quase descobriu algo. Volto minha atenção para a garota e sorrio para ela, um sorriso fraco porém espontâneo. Eu sentia algo em meu peito, porém ainda não sabia identificar, algo estava ficando frio no meu peito, além de todo o sangue perdido, porém eu ignoro no momento, apenas sorrio e falo para a caloura.

- Meu nome é Adam, Adam Conant, sou um quintanista, obrigado por me trazer para a enfermaria quando me encontrou nos jardins, acho que eu poderia ter morrido pela quantidade de sangue que perdi.

Respiro fundo e encaro-a, ela realmente parecia com Elektra, aquele jeito comum e revoltante de ser, e eu achei que tinha sentido algo em meu peito, porém agora eu não sentia nada, e isso me deixava tranquilo. Olho ao redor e vejo o colar sobre a bancada, pego e fico passando entre os dedos enquanto olho pra a caloura ainda esperando ouvir a apresentação dela.




_________________


Adam Conant

"Son of Darkness"
Leader Blue FreshmanVampire
thanks princess kira from @ sugar!
avatar
Adam Conant
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 311
Data de inscrição : 26/11/2011

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Sexto-Formado

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Evelyn Jackson em Qua Mar 27, 2013 4:57 pm



Desculpas

Por ser descuidada

Eu admito: eu imaginava que o nome dele fosse Joe ou Jonas. Ele tinha cara de Jonas. Balancei a cabeça comigo mesma. Só eu mesmo para ter esses pensamentos idiotas.

- Evelyn. Evelyn Jackson. - dei de ombros - Sou nova por aqui, na verdade é meu primeiro dia... Noite. Isso ainda é estranho. Mas fico feliz que você esteja bem, Adam, de verdade.

Eu realmente estava feliz por ele estar melhor. Estava morrendo de medo de que ele morresse, afinal, seria culpa minha por ser incompetente e mal informada.

- Não precisa agradecer a mim... Na verdade, eu tenho que pedir desculpas. - falei, mordendo o meu lábio inferior - Foi mal, mas na confusão eu meio que deixei seu violão para trás... Sei como instrumentos são valiosos... Não me imagino sem a minha guitarra.

Eu sorri involuntariamente, meu sorriso costumeiro e idiota. Quando percebi, fechei minha expressão novamente, virando para olhar para o garoto que girava o colar entre os dedos, curiosa sobre o que seria aquilo.

Clima Levemente frio | Com? Adam | Vestindo | By: Sarah W.
avatar
Evelyn Jackson
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 20
Data de inscrição : 03/02/2013

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Terceiro-Formado

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Adam Conant em Ter Abr 02, 2013 10:42 am



Darkness
Adam Conant ф Filho das Trevas ф Enfermaria


No começo apenas influenciava, mas com o passar do tempo, melhorei... Hoje tenho o destino na palma da minha mão...


Evelyn... Poderia ser alguma coincidência o nome dela me lembrar Elektra? Levantei meus olhos para ela e esbocei um sorriso, sabia como era ser um novato perdido naquele novo mundo.

- Pode esquecer o violão, depois vou lá buscá-lo, se não estiver lá, melhor ainda! Eu estava pensando seriamente em me livrar dele mesmo.

Respiro fundo e tento me levantar da cama, eu não devia, porém eu realmente me sentia melhor, até sentir uma leve tontura e voltar a me sentar, levando uma mão ao rosto e com a outra segurando o colar, até que tenho uma ideia.

- Evelyn Jackson correto? O que me diz de entrar para os Filhos das Trevas? No momento estamos com um leve desfalque nos membros. Sua entrada só pode ser oficializada pelo líder do grupo, que a propósito sou eu. E é uma boa hora, já que estou quase me formando e ando em busca de um substituto.

Sorrio estendendo o colar para a novata, ainda brilhava de forma radiante, como sempre foi.




_________________


Adam Conant

"Son of Darkness"
Leader Blue FreshmanVampire
thanks princess kira from @ sugar!
avatar
Adam Conant
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 311
Data de inscrição : 26/11/2011

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Sexto-Formado

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Evelyn Jackson em Ter Abr 02, 2013 11:02 am


Filha das Trevas?

Com Adam | Clima, temperatura razoável | Vestindo
Adam me sorriu antes de falar.

- Pode esquecer o violão, depois vou lá buscá-lo, se não estiver lá, melhor ainda! Eu estava pensando seriamente em me livrar dele mesmo.

Eu olhei para ele, confusa. Como assim? Por quê alguém ia querer se livrar de um violão em perfeito estado? Como música sempre fora uma parte muito especial da minha vida, eu não entendia como ele poderia querer isso. Adam respirou fundo e tentou se levantar. Eu franzi a testa e me preparei caso ele fosse cair ou algo do tipo, mas ele só sentou novamente.

- Evelyn Jackson correto? O que me diz de entrar para os Filhos das Trevas? No momento estamos com um leve desfalque nos membros. Sua entrada só pode ser oficializada pelo líder do grupo, que a propósito sou eu. E é uma boa hora, já que estou quase me formando e ando em busca de um substituto.

Novamente, olhei para ele, confusa. Como assim? O que eram os Filhos das Trevas? Ele então me estendeu um colar. Era bonito e brilhante, por isso aceitei, porém ainda assim olhei para ele e então fiz meu melhor olhar de "Quê?".

- Olha, eu sinto que não devo perguntar do violão. A gente acabou de se conhecer e não é da minha conta, mas o que exatamente são filhos das Trevas? Uma gangue? Você não me parece disso.

Então eu comecei a brincar com o colar que estava na minha mão, girando o pingente entre os meus dedos.
avatar
Evelyn Jackson
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 20
Data de inscrição : 03/02/2013

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Terceiro-Formado

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Adam Conant em Qua Abr 03, 2013 1:04 pm



Darkness
Adam Conant ф Filho das Trevas ф Enfermaria


No começo apenas influenciava, mas com o passar do tempo, melhorei... Hoje tenho o destino na palma da minha mão...



Eu a encarei calmamente quando ela falou que não deveria perguntar do violão e então falei.

- Ninguém vai roubar o violão. Eu comprei para tentar aprender, porém devido a uns acontecimentos recentes eu terei de dar uma pausa por algum tempo, por isso não me importo tanto...

Ela ouve atentamente e fala sobre os Filhos das Trevas, perguntando se era algum tipo de gangue e dessa vez eu começo a rir, vendo-a me olhar curiosa e com o pingente já entre os dedos, brincando da mesma forma que eu estava, uma semelhança?

- Bem... Digamos que seja uma gangue, considerando que os Filhos das Trevas representam o grêmio estudantil da Morada, representantes dos bons costumes e tradições do local, fazemos o melhor possível para agradar os alunos, mesmo sendo um grupo bastante fechado. Então, o que me diz?

Falei olhando para Evelyn.




_________________


Adam Conant

"Son of Darkness"
Leader Blue FreshmanVampire
thanks princess kira from @ sugar!
avatar
Adam Conant
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 311
Data de inscrição : 26/11/2011

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Sexto-Formado

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Evelyn Jackson em Qua Abr 03, 2013 6:51 pm


Filha das Trevas!

Com Adam | Clima, temperatura razoável | Vestindo
Eu olhei para Adam enquanto ele ria e dei um sorriso. Risos sempre foram contagiantes para mim.

- Olha, sendo assim, aceito. - eu olhei para ele, feliz.

Estava morrendo de vontade de perguntar sobre o violão. Por que alguém iria querer dar uma pausa antes de aprender violão? Tocar tinha que ser a oitava maravilha do mundo! Por fim, eu abri a boca para perguntar, mas mordi a minha língua. Não era da minha conta.

Por fim, respirei fundo e então olhei novamente para ele, erguendo ambas as sobrancelhas enquanto continuava a brincar com o colar que rolava entre os meus dedos.

- Você não está exausto? - falei - Se quiser que eu saia, é só pedir.
avatar
Evelyn Jackson
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 20
Data de inscrição : 03/02/2013

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Terceiro-Formado

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Adam Conant em Qui Abr 04, 2013 10:46 am



Darkness
Adam Conant ф Filho das Trevas ф Enfermaria


No começo apenas influenciava, mas com o passar do tempo, melhorei... Hoje tenho o destino na palma da minha mão...



- Não! Não precisa ir, uma companhia é melhor, me ajuda a me recuperar mais rapidamente.

Falo isso com sinceridade, se eu ficasse só não saberia o que poderia vir a acontecer, porém tinha a sensação que os acontecimentos no jardim não tinham chegado ao fim... "O que eu fiz..."

Respiro fundo e permaneço sentado, olho para Evelyn que continuava segurando o pingente e falo tranquilamente.

- Eu comprei o violão hoje pela manhã depois de praticar um pouco na sala de música, mas depois do que aconteceu no jardim eu tenho de fazer umas pesquisas, mas não vou abandonar mesmo aquele instrumento... Mas Evelyn, me diga, o que está achando da morada? Me fale de você terceiranista.




_________________


Adam Conant

"Son of Darkness"
Leader Blue FreshmanVampire
thanks princess kira from @ sugar!
avatar
Adam Conant
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 311
Data de inscrição : 26/11/2011

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Sexto-Formado

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Evelyn Jackson em Qui Abr 04, 2013 8:50 pm


Sobre mim?

Com Adam | Clima, temperatura razoável | Vestindo
Dei de ombros ao observar Adam e fechei a cara quando ele perguntou sobre mim. Tentei dar um sorriso para o garoto, afinal, ele estava sendo bem simpático.

- Não sou interessante, minha vida é bem pacata. - murmurei.

Na verdade, eu não queria falar. Não queria dizer o quanto eu estava ressentida pela falta de tato do meu pai, quanto estava deprimida pela minha mãe não estar ali e não queria que ele achasse que eu era só mais uma garota rica e mimada que achava que tudo tem que girar ao seu redor. Eu não era assim.

- Eu moro com meu pai. - murmurei ainda mais baixo - Minha mãe morreu... Não tenho irmãos. Tenho um gato, mas ele sumiu. Gosto de tocar. - dei um sorriso involuntário - E de cantar. Acho que são as coisas que mais gosto na vida. Se quiser, posso te ensinar violão.

Eu então parei de brincar com o colar e o coloquei em meu pescoço.
avatar
Evelyn Jackson
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 20
Data de inscrição : 03/02/2013

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Terceiro-Formado

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 9 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum