Enfermaria

Página 8 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ir em baixo

Enfermaria

Mensagem por Elena Mallaby em Qua Mar 09, 2011 10:23 am

Relembrando a primeira mensagem :

Esta é a enfermaria da Morada da Noite.
Desde pequenos ferimentos até àqueles que necessitam da ajuda de sacerdotes, este é o local ideal para o tratamento das enfermidades de todos que freqüentam esta morada.

avatar
Elena Mallaby

Mensagens : 931
Data de inscrição : 25/02/2011

Ficha do Personagem
Vida:
300/300  (300/300)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: ☽●☾

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Enfermaria

Mensagem por Maja Wangehall em Qua Ago 08, 2012 3:11 pm


" I'm not a devil,
But you know I'm not an angel
I don't wear a halo
'Cause good girls go to heaven
Bad girls go everywhere


- Ah eu vim para ca porque eu queria tanto ser vampira, sempre foi meu sonho - falei sarcástica, mas decidi contar, talvez ele visse que a vida dele não era uma bosta tão grande quando a minha desistisse de morrer... ou decidisse se matar. - Meu pai, meu padrasto, meu namorado e minha irmã estão mortos. Mas eu realmente não sei porque fui marcada.

Tirando Rose eu não me importava com nenhum deles, meu pai era um idiota, meu padrasto um pervertido e meu namorado um chantagista. Talvez ser marcada tenha sido bom, se eu continuasse humana ia morrer e eu não queria ver nenhum deles de novo, excerto Rose, minha irmã era a unica que não deveria estar morta.

- Agora que sabe que tem gente com a vida pior que a sua provavelmente vai desistir de se matar - comentei com um sorriso sarcástico.
template by: MM's GIRL on Tdn!

Good girls don't play with fire
Bad girls do it 'cause we don't care"
avatar
Maja Wangehall
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 79
Data de inscrição : 27/07/2012

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Terceiro-Formado

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Dastan A. Godfrey em Qua Ago 08, 2012 3:21 pm

Permaneci calado, bebendo daquele copo o que provavelmente era sangue. Nunca senti tanto prazer em beber isso, mas tudo bem. Fitei para baixo, apertando o copo com mais força.
-Você usa suas memórias como se fosse uma competição... Julga sem saber se realmente minha vida foi mais fácil ou não que a sua. Comparada com a minha, você teve sorte.
Uma sombra escondia meu rosto, eu estava furioso, e ao mesmo tempo triste. O copo começou a rachar, e logo coloquei de lado para não me ferir. Estava envolto com uma energia densa e pesada, minhas memórias eram fortes e revividas a cada minuto para que eu fosse fadado a nunca esquecer minha desgraça.
-Não use isso como desculpa por seus ataques de raiva, você não sabe o que é ter a agonia, desespero, viver uma chacina em seu próprio lar, ter sangue de seus entes queridos em seu corpo e as vozes e gritos de cada um revivendo a cada minuto aquele momento de apenas alguns minutos que mais pareciam uma noite.
Cai uma lágrima de meus olhos, mas meus punhos estavam cerrados, amassando o lençol. Mesmo fraco, a raiva me trouxe um instante de força.
avatar
Dastan A. Godfrey
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 32
Data de inscrição : 30/11/2011

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Quinto-Formado

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Maja Wangehall em Qua Ago 08, 2012 3:35 pm


" I'm not a devil,
But you know I'm not an angel
I don't wear a halo
'Cause good girls go to heaven
Bad girls go everywhere


- Você acha que eu quero lembrar do meu pai morrendo? Dele agonizando até a morte? Você acha que eu queria ter que passar uma semana ouvindo e lendo coisas sobre um suposto acidente de carro que causou o maior engarrafamento de Tulsa? Realmente acha que eu gosto de me lembrar do meu namorado jogado numa vala semi-morto e com terra até o pescoço? Acha que me lembrar de uma garota que vivia sorrindo, que tinha apenas dez anos, em coma me faz bem? Você pensa que sonhar toda a noite com a mesma coisa, com as mesmas mortes e saber que todas são culpa minha é bom? Você não sabe de nada, garoto. - falei me levantando.

Meus dentes estavam cerrador, eu não queria chorar e a marca na minha testa ardia mais do que nunca, porem ainda tentava controlar aquela droga, por mais que o garoto merecesse morrer congelado. Tapei minha boca com a mão para não falar mais pois se tentasse falar qualquer coisa só ia piorar e ia acabar deixando o maldito poder se manifestar.
template by: MM's GIRL on Tdn!

Good girls don't play with fire
Bad girls do it 'cause we don't care"
avatar
Maja Wangehall
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 79
Data de inscrição : 27/07/2012

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Terceiro-Formado

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Dastan A. Godfrey em Qua Ago 08, 2012 3:45 pm

Me calei, mas não por pena. Não iria lhe contar minha história, aquilo era apenas um décimo de tudo que realmente aconteceu. Não iria brigar por quem teve um história mais triste ou quem é o mais perturbado, não havia sentido nisso. Meu coração pulsava realmente rápido, de fúria.
-Não vou tentar lhe provar que minha dor é maior que a sua. Tivemos nossas próprias experiências, independente qual seja a pior. Cada um age da forma que consegue. Eu não sei a desculpa que usaram para encobrir, e pouco me importo. Não desejei a morte por estar sozinho, mas também não pretendo revelar minha vida, não há sentido essa briga besta por quem sofreu mais.
Tirei a injeção de minha mão, reprimi qualquer sensação que aquilo me desse. Tentei me levantar, cambaleando e quase caindo, mas me segurei firme ao lado. Engoli a raiva, levantei lentamente a cabeça. Esboçava um sorriso, quase que forçado, ainda com lágrimas caindo de meus olhos.
-Maja... Não sou um fraco, e não digo que minha dor é maior que a sua, mas talvez um dia eu te conte tudo e você talvez entenda minha situação. Obrigado pelo encorajamento, se é que foi um... - Suspiro indo em direção ao corredor - Poderia me fazer um último favor e me guiar ao banheiro masculino? Um banho me ajudaria muito... Rápido antes que a enfermeira chegue. - completo me apoiando nas paredes.
avatar
Dastan A. Godfrey
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 32
Data de inscrição : 30/11/2011

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Quinto-Formado

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Maja Wangehall em Qua Ago 08, 2012 4:02 pm


" I'm not a devil,
But you know I'm not an angel
I don't wear a halo
'Cause good girls go to heaven
Bad girls go everywhere


Respirei fundo e contei até dez, ficar com mais raiva do que já estava ia piorar tudo.

- Não estou brigando para saber quem sofre mais, mas pare para pensar antes de falar desse jeito garoto, você não é melhor do que ninguém só porque é traumatizado. Ambos podemos ser perturbados, mas diferente de você não desisto de viver apenas porque alguém morreu, esse é o ciclo da vida, nascer, crescer e morrer... deveria ter frequentado a escola ao invés de ficar desejando a própria morte. - Rebati me afastando dele. O garoto pediu um ultimo favor, dei um sorriso sarcástico enquanto recuava até a porta.- Quer um lanche também? Roupas novas? posso até te levar no shopping.

Mesmo que me sentisse mal por isso deixei o garoto ali sozinho, a discussão ia se prolongar se tentasse ajuda-lo mais... O garoto ia ficar bem, as enfermeiras estavam ali e poderiam muito bem ajuda-lo. Aquele realmente era um dos dias que eu não deveria ter saído da cama.

Encerrado
template by: MM's GIRL on Tdn!

Good girls don't play with fire
Bad girls do it 'cause we don't care"
avatar
Maja Wangehall
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 79
Data de inscrição : 27/07/2012

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Terceiro-Formado

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Ginevra Knoll Scheller em Dom Dez 09, 2012 9:27 pm

- - - -All those crazy things you said You left them riding through my head You're always there, you're everywhere But right now I wish you were here All those crazy things we did Didn't think about it, just went with it You're always there, you're everywhere But right now I wish you were here- - - - -
- -Delirium.- -


Eis então a morte a observar a porta. Dizer o que a quem? Olhos imoveis a uma porta que tão cedo não iria ser aberta, aquele gosto de nada nos lábios. Aquele cheiro de seres não divinos dividindo o ar que respiravam lá fora. E lá estava ela sozinha lá dentro apenas fazendo seu serviço. Dias de gloria um dia irão tomar as ruas e o que eles acham que são não fara mais sentido algum. Ser ou não ser, deixou de ser uma questão para se tornar uma piada na boca de quem diz. Então vem a questão que uma dia um velho homem escreveu. Você é ou finge ser?

Quanto tempo isso iria levar? Quanto mais ela conseguiria ser boazinha. O sinal bate, aporta ainda permanece lá, imóvel. Não era engraçado, nem um pouco. Olhar algo por muito tempo pode te fazer refletir, acho. Pensando bem até que essa espera não iria a deixar tão irritada assim só iria a mostrar que sua paciência era boa... Talvez quem sabe.
Sempre haverá uma graça em mentir ser algo que não é, ironia talvez, o que importa afinal? Mas a bondade cai-lhe ao coração. Pena que ela não tinha mais um, então como ela foi parar ali afinal? Talvez brincar de ser grande ou talvez de ser Deus. O que move-a ainda?

Alguém entra e ela pisca.

Lá estava ela sentada na cadeira atras de uma escrivania cheia de papeis. Ela sorri vendo a criança deslizar perante ela até uma cadeira. Suas pernas estavam cruzadas, seu corpo envolto de um jaleco branco. Segundos se passam e o silencio continuou o mesmo. A criança a olha nos olhos e seus lábios ficam frios.
~ Em que posso ajudar? As palavras ecoam de seus lábios lentamente, calmamente. O sorriso continua em seus lábios mesmo com o silencio sombrio a sua frente. Ele mostra a mão, queimada. Talvez ele não fala-se. Ela murmura algo. E lentamente se levanta da cadeira. Vai até a criança e a leva até a pia. Abre o registro e deixa a água escorrer sem dizer nada. Deixou a criança ali e foi até o armário pegar algo para enfaixar a mão dele e algodão para a limpar. Lentamente. Aqueles olhos a seguiam. Ela volta com tudo o que iria precisar e logo começa a limpar a queimadura que não era muito grave.

Enquanto ela lavava ficou pensando sobre o que ele viu, como ele a viu. Seria interessante entrar em sua mente para descobrir isso. Pronto sua mão foi lavada. Agora ela estava a secando lentamente. Com cuidado. Ainda ele não tinha dito nada, talvez nem diga mesmo. Agora só faltava a enfaixar, então ela o fez, mas antes passou uma pomada para queimaduras em sua mão com os lábios em tom de um sutil sorriso. Pronto.
~ Já pode ir. Seus lábios novamente se movem sutilmente, calma. Em um suspiro estranho ele disse: _ Obrigado. Ela simplesmente balançou a cabeça e o deixou ir. A porta é fechada e ela permanece lá dentro. Novamente sozinha.

.......

Então, por que? Por que agir desta forma tão humana sabendo que é um ser magnifico. Nunca se sabe o que vem depois, talvez seja apenas mais uma de suas fazes, mas, uma fase ainda não passou, ela continuou e cresceu. Ela volta a se sentar ali onde estava antes e agora volta a esperar algo para fazer. Qual era o prazer de tudo aqui? Para ela estar ali, só de estar ali, aquilo deveria fazer-a se sentir bem, talvez tentando remediar as feridas de uma história marcada por tragédias e vitórias.

Pronto, já estava na hora de partir, fazer-se de humana lá fora. Aqueles olhos que por algumas horas fitaram uma porta imóvel agora a abre. Já sem o jaleco agora caminhava lentamente pelos corredores vazios.

ENCERRADO.




Tarde Nublada Cinzas Carmen @ LDR
thread by it's ping pong, Ananda @
terra de ninguém 2.0 <3
avatar
Ginevra Knoll Scheller
Moderador
Moderador

Mensagens : 124
Data de inscrição : 26/10/2011

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: ☽●☾

Ver perfil do usuário http://www.institutodurmstrangr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Adam Conant em Qua Jan 09, 2013 12:07 am



Darkness
Adam Conant ф Filho das Trevas ф Enfermaria


No começo apenas influenciava, mas com o passar do tempo, melhorei… Hoje tenho o destino na palma da minha mão...



Entrei na enfermaria totalmente transtornado, Elektra tossiu tanto que achei que ela estivesse quase em seu limite de sangue. A camisa do irmão dela, que ela me emprestou, antes era azul, agora tinha manchas de sangue por todo lado, eu pensei em como devolver para ela, mas agora não era momento para isso. Assim que ponho os pés na enfermaria eu grito por alguém para ajudar e logo uma vampira aparece para nos atender. Ela vê a situação que ambos estavam e corre para uma maca, apontando onde eu poderia deixar Elektra deitada. Corro até lá e a vampira me enche de perguntas, eu realmente estava alterado quando começo a explicar.

- Nós... Festa... Mansão... Beijo... Tossindo sangue... Mudança...

A vampira correu e voltou com um copo d'água com açúcar. Eu estava jurando que era para Elektra, mas na verdade era pra mim, ela falou algo sobre eu precisar relaxar e me mandou sair para poder ver se estava tudo bem com Elektra, que aquela hora havia adormecido. Eu bebo o conteúdo do copo e puxo novamente meu celular, discando mais uma vez o número de Erick...
...
Caixa postal.

"Elektra está na enfermaria, e eu achei que como tutor você deveria ficar sabendo, agora venha logo!"

Voltei para a maca em que Elektra estava e a vampira me disse que agora ela estava bem, foi o tempo que passou longe de um vampiro adulto que causou tudo aquilo. Um pouco mais aliviado eu puxei uma cadeira e me sentei ao lado da Elektra. Vendo-a ali, deitada naquela cama eu seguro sua mão e sinto novamente minha energia partir para o corpo dela, sempre com pensamentos bons, enquanto eu sussurrava apenas para ela.

- Não se preocupe... Eu estou aqui...

Eu fiquei lá, esperando ela acordar e Erick aparecer.




_________________


Adam Conant

"Son of Darkness"
Leader Blue FreshmanVampire
thanks princess kira from @ sugar!
avatar
Adam Conant
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 311
Data de inscrição : 26/11/2011

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Sexto-Formado

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Erick Blake em Qua Jan 09, 2013 12:16 pm



~Helpe? Me?~


Seguia rapidamente entre os corredores da Morada. A segurança do local vinha deixando a desejar e mesmo se tentassem me parar teriam problemas com isso. Os passos rápidos ecoavam pelo corredor e eu segurava a mão de Elena, a puxando junto comigo.

- Elektra e Adam são meus tutorados..... estou os treinando.... Mas.. deixa... desculpe pela correria.

Chegamos a enfermaria e abri a porta sem pedir licença, sério e decidido a encontra-los logo. Ao avistar Adam o encarei, já havia soltado a mão de Elena nos corredores para ela não ficar constrangida. Caminhei rapidamente até o calouro e sussurrei o empurrando para o lado:

- Obrigado por melhorar minha noite Adam....

O tom irônico ecoou pelo local e Erick parou ao lado de Elektra colocando a mão em sua testa e sussurrando algumas palavras inaudíveis. Esperava que a menina acordasse logo, para saber, enfim, o que estava acontecendo.

.......... x ...........


_________________
" Todas as pessoas vivem confiando na sua sabedoria e no seu conhecimento, e ficam presos a eles. Eles chamam isso de "realidade".
Entretanto sabedoria e conhecimento são ambíguos, deste modo, a realidade não é nada além de uma ilusão. "



avatar
Erick Blake
Vampiros Azuis
Vampiros Azuis

Mensagens : 512
Data de inscrição : 25/11/2011

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: ☽●☾

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Elektra Lannister em Qua Jan 09, 2013 12:46 pm

Os olhos da garota começaram a abrir lentamente, onde estava?Não era a sua casa,nem seu dormitorio, era um lugar..diferente.Olhou para o lado pois sentiu que sua mão estava sendo segurada por alguém. Encarou Adam por alguns instantes, em seguida encarou o seu tutor, Erick. Não sabia onde estava, mas de uma coisa tinha certeza..estava encrecada.

-Eu sinto muito

Falou em tom baixo..Sorriu e com a outra mão tocou o rosto de Adam, logo repousou a mão sobre o colchão

-Obrigada, e acho que não foi uma boa ideia o taxi... Ele vai falar, e...nõ foi uma boa ideia

Estava realmente se sentindo melhor, soltou a mão de Adam para poder usa-la de apoio, sentou-se na cama, esperando o sermão de seu tutor. Apontou para ume spaço vazio na cama, oferecendo para Erick se senta-se e começasse o discurso´
avatar
Elektra Lannister
Calouro Vermelho
Calouro Vermelho

Mensagens : 146
Data de inscrição : 13/12/2012

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Terceiro-Formado

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Elena Mallaby em Qua Jan 09, 2013 1:08 pm

Não trocamos muitas palavras no caminho até a Morada.
Erick dirigiu muito rápido e logo chegamos. Ele pegou minha mão e foi me arrastando pelo corredor até a enfermaria.
Ele entrou primeiro enquanto eu ia de encontro as enfermeiras, velhas conhecidas do meu tempo de caloura e como sacerdotisa. Elas me saudaram educadamente.

Erick aproximou-se de Adam murmurando alguma coisa que talvez tenha saído alto demais (u.u) e depois virou-se para a jovem na cama, Elektra. Ele era o tutor dos garotos....

Com passos leves aproximei-me de Adam e dei-lhe um beijo na testa, na sua marca – como fizera meses antes.
- Meu líder.... – e abri um sorriso sincero fitando-o e segurando suas mãos. Ele parecia mais esbelto, mais bonito e encorpado. – O que você andou aprontando dessa vez? – disse em tom de brincadeira. Mas só de olha-lo sabia que com ele estava tudo bem, o problema era a novata....

Depois me aproximei de uma enfermeira e pedi um relatório dos últimos prontuários. Passei o olho rapidamente, o devolvi, e me aproximei da cama onde Elektra estava. A garota havia acordado finalmente . Sorri para ela e disse gentilmente - Merry meet senhorita Lannister.

Em seguida, aproximei-me de Erick e murmurei em seu ouvido:
– Erick....há muitos calouros rejeitando a transformação. E muitos estão caindo doentes....isso não está certo... – e soava preocupada.

Não queria passar essa preocupação para Adam e Elektra, então depois voltei a fitá-los com uma expressão serena ainda que minha cabeça estivesse a mil com essa situação.

É óbvio que nem todos os marcados completavam a transformação. Mas pelos dados que eu li, em pouco tempo a Morada acabaria vazia. O nosso lado estava se enfraquecendo....não poderia deixar isso acontecer.


_________________

 photo oie_rounded_corners3_zpsc960a0c5.gif
Vampira Negra . The mad priestess . 1ª Guardiã
avatar
Elena Mallaby

Mensagens : 931
Data de inscrição : 25/02/2011

Ficha do Personagem
Vida:
300/300  (300/300)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: ☽●☾

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Erick Blake em Qua Jan 09, 2013 1:27 pm





~Helpe? Me?~


Minha preocupação foi cessando enquanto Elektra acordava e Elena corria pela enfermaria pegando prontuários e afins. Eu estava preocupado demais para correr atras disso e sentoi-me na cama olhando com um meio sorriso pra Elektra...

- Esta tudo bem... só descanse... depois conversamos, estou feliz que acordou linda.

Elena se aproximou e sussurrou em meu ouvido o problema de transformações e eu olhei em seus olhos. Me ergui e sussurrei em seu ouvido também:

- Deixa que eu vou resolver isso......

Me virei pra Adam, o olhando com certa seriedade e depois relaxei em um sorriso avisando-o:

- Fique com a Elektra.... preciso resolver umas coisas.

Puxei Elena pelas mãos até o lado de fora da enfermaria. Tinha uma ideia do por que isso acontecia, era um erro do conselho que isso viesse a ocorrer mas era mais do que óbvio o que estava rolando ali. Já do lado de fora comentei com certa indignação:

- A morada tem poucos adultos..... acho que a falta do hormônio esta causando todo esse problema.

A olhava nos olhos e esperava para ver sua reação.



.......... x ...........


_________________
" Todas as pessoas vivem confiando na sua sabedoria e no seu conhecimento, e ficam presos a eles. Eles chamam isso de "realidade".
Entretanto sabedoria e conhecimento são ambíguos, deste modo, a realidade não é nada além de uma ilusão. "



avatar
Erick Blake
Vampiros Azuis
Vampiros Azuis

Mensagens : 512
Data de inscrição : 25/11/2011

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: ☽●☾

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Elena Mallaby em Qua Jan 09, 2013 1:52 pm


Erick puxou minha mão novamente e fomos para o lado de fora.
Ambos estávamos muito sérios. – Faz sentido...faz total sentindo.....Muitos professores abandonaram a Morada desde os últimos acontecimentos...e sem o ferômonio de defesa dos vampiros adultos, os jovens ficam fracos....
E encostei-me à parede enquanto pensava – Esta morada não pode fechar......seria o primeiro passo para a expulsão dos vampiros da cidade.

E segurei sua mão firme o fitando – Eu não sei que o que está acontecendo com o diretor, Lance. Dizem que ele estava muito estranho ultimamente e talvez isso tenha alguma coisa a ver com a evasão dos adultos daqui. Erick....essa sempre será a nossa casa é nosso dever zelar por ela e pelos jovens calouros...ainda que nós tenhamos nossas diferenças – minhas palavras eram sinceras.

_________________

 photo oie_rounded_corners3_zpsc960a0c5.gif
Vampira Negra . The mad priestess . 1ª Guardiã
avatar
Elena Mallaby

Mensagens : 931
Data de inscrição : 25/02/2011

Ficha do Personagem
Vida:
300/300  (300/300)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: ☽●☾

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Erick Blake em Qua Jan 09, 2013 2:05 pm





~Helpe? Me?~


Olhava em volta enquanto conversávamos. Não queria que algo acontecesse, e Elena estava triste. Como ex-sacerdotisa a mesma possuía muito apreço pelo local e eu, como cresci ali, também nutria um sentimento de proteção para com o local. Senti seu aperto de mão e retribui apertando um pouco a dela e trouxe sua mão até meus lábios dando um beijo. Olhei sorrindo pra ela e falei calmamente:

- Elena, vai tudo ficar bem. Nós vamos contornar isso.... Vou ver com Lance um lugar na morada pra mim, segundo uma bruxa velha ai, que chamam de Thanatos, eu consigo dispensar muita energia e isso pode ser importante para ajudar a situação. Eu nunca vou te abandonar.... e nem o que é importante pra você.

Eu sorria para Elena, ainda segurando sua mão e olhando em seus olhos, tentando passar a maior segurança possível.

.......... x ...........


_________________
" Todas as pessoas vivem confiando na sua sabedoria e no seu conhecimento, e ficam presos a eles. Eles chamam isso de "realidade".
Entretanto sabedoria e conhecimento são ambíguos, deste modo, a realidade não é nada além de uma ilusão. "



avatar
Erick Blake
Vampiros Azuis
Vampiros Azuis

Mensagens : 512
Data de inscrição : 25/11/2011

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: ☽●☾

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Orfeu em Qua Jan 09, 2013 2:15 pm

Deveria interrompe-los? Talvez. Orfeu caminhava pelo corredor indo na direção de ambos os adultos que estavam no corredor da Enfermaria. Ao chegar próximo de ambos Orfeu falou seco:

- Ninguém entra na minha morada sem eu saber senhor Blake, mas dada a situação não irei penaliza-lo por sua ousadia... afinal... me poupou trabalho.

Orfeu olhou para Elena e fez uma reverência, tirando um envelope e lhe entregou uma carta que vinha com as seguintes instruções....

( MP)

Assim, o mesmo girou em seus calcanhares e começou a se retirar do local voltando a se esconder nas sombras e falar com a voz mais assustadora que Erick já ouviu:

- Da próxima vez não serei tolerante Blake.
avatar
Orfeu
Vampiros Azuis
Vampiros Azuis

Mensagens : 12
Data de inscrição : 11/10/2012

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: ☽●☾

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Adam Conant em Qua Jan 09, 2013 7:28 pm



Darkness
Adam Conant ф Filho das Trevas ф Enfermaria


No começo apenas influenciava, mas com o passar do tempo, melhorei… Hoje tenho o destino na palma da minha mão...



Não sei quanto tempo se passou até que alguém aparecesse na enfermaria. Erick adentrava e eu olhei para ele cansado, desde que eu coloquei Elektra na maca, eu não havia deixado de usar minha energia da sorte e transmitir para ela, pelo toque de nossas mãos, onde eu sempre sussurrando que ficaria tudo bem, que eu não iria sair do lado dela. Erick chegou falando que eu tinha melhorado a noite dele, e logo depois percebo que Elena estava chegando e parou ao lado dele.

...

Eu estraguei a noite dele?

...

Se eu pudesse teria avançado em cima dele, descontado toda minha raiva e preocupação na cara dele, mas me contive quando Elektra abriu os olhos e se sentou na cama, agora eu podia acalmar meu dom. Elena veio até mim e beijou minha marca, como a tantos meses atrás e eu sorri com o carinho que minha antiga líder ainda mantinha. Olho para Elektra e sorrio.

- Aquele taxista não vai falar nada, se falar eu vou atrás dele e mando retirar tudo... Depois eu o mato!

Eu esbocei um meio sorriso, depois olhei para Erick e Elena, que cochichavam e logo após saíram da enfermaria. Eu me sento onde Erick estava e fico encarando Elektra.

- Então Ellie, como está se sentindo agora?

Eu queria saber como ela estava, pois tinha uma coisa que vagava em minha mente... "Se Elektra, que ficou apenas algumas horas longe de um adulto, quase rejeitou a mudança, será que aconteceria comigo também? Quando?"




_________________


Adam Conant

"Son of Darkness"
Leader Blue FreshmanVampire
thanks princess kira from @ sugar!
avatar
Adam Conant
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 311
Data de inscrição : 26/11/2011

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Sexto-Formado

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Elektra Lannister em Qua Jan 09, 2013 9:08 pm

Sorriu para Elena não sabia como deveria responder, então apenas repetiu o que a morena lhe disse

-Merry Meet senhorita

Era tanta coisa acontecendo em tão pouco tempo..alguns minutos atrás estava tossindo sangue, e agora Erick parecia que estava sendo enxotado da morada, a moça que havia lhe cumprimentado parecia preocupada com que tinha acontecido.Elektra encarou Adam de forma séria, era totalmente contra a morte, assassinatos.

-Tarde demais a essa hora ele deve estar em algum tabloide sensacionalista. Espero que o meu dinheiro tire a mancha de tentativa de homicidio sobre você

Observou Erick e Elena saindo da enfermaria, acompanhados de Orfeu, realmente era tudo muito confuso.Ela pegou as mãos de Adam novamente, não sabia que ele estava usando seu dom, apenas queria segurar suas mãos por se sentir segura

-Bem graças a Deus e a você...E você? como esta?

Não gostava de dizer que era graças a Nyx, não acreditava na Deusa.
avatar
Elektra Lannister
Calouro Vermelho
Calouro Vermelho

Mensagens : 146
Data de inscrição : 13/12/2012

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Terceiro-Formado

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Adam Conant em Qua Jan 09, 2013 9:21 pm



Darkness
Adam Conant ф Filho das Trevas ф Enfermaria


No começo apenas influenciava, mas com o passar do tempo, melhorei… Hoje tenho o destino na palma da minha mão...



Erick e Elena haviam saído com um guerreiro que eu nunca havia visto antes, problemas a vista? Era o que parecia. Elektra mencionou usar o dinheiro para limpar a mancha que minha tentativa de homicídio causaria na internet... Homicídio?!

- Acham que eu tentei matá-la?

Eu suspirei, não tentaria matar Elektra, apesar de já ter matado antes. Eu suspirei e ela segurou minha mão, por livre e espontânea vontade?! Que demais. Pela primeira vez eu sabia que não precisava usar meu dom para ajuda-la a se recuperar, ela já estava banhada em sorte, eu podia sentir e até mesmo ver uma aura dourada, bastante iluminada, emanando do corpo dela. Ela queria saber como eu estava e eu não resisto e avanço na direção dela, largando sua mão e abraçando-a, um abraço forte e acolhedor.

- Ainda bem que você acordou, eu tive medo de você rejeitar a mudança...

Enquanto eu a abraçava eu sorria, ela estava bem, eu estava apenas cansado, um bom cochilo e estaria novo, mas naquele momento eu continuaria ali, perto dela.

- Eu estou um pouco cansado, não deixei de usar meu dom para que você melhorasse....




_________________


Adam Conant

"Son of Darkness"
Leader Blue FreshmanVampire
thanks princess kira from @ sugar!
avatar
Adam Conant
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 311
Data de inscrição : 26/11/2011

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Sexto-Formado

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Elektra Lannister em Qua Jan 09, 2013 9:39 pm

Ela Sorriu de forma timiida, afinal o que mais pensariam?Ninguém sabia que a única filha Lannister era vampira..certamente era o que iria publicar

-Família rica...a filha sendo carregada por um vampiro e cheia de sangue até a morada..é..o que você acha que vai parecer?

Sentou se um pouco mais na beirada da cama, ficando próxima a Adam, segurando sempre com firmeza a mão do rapaz que havia lhe confortado por muito tempo.Até que ele soltou a mão e lhe abraçou.A jovem fez pressão nas pontas dos dedos enquanto seu olhos fechavam lentamente, percebeu o quanto Adam estava cansado, ele precisava dormir...

-Agradeço sua preocupação, e agora tenho uma divida com você..se precisar de algo, conte comigo

sussurrou ao ouvido de Adam o velho lema Lannister, "um Lannister sempre paga suas dívidas" e a divida que tinha com Adam seria um tanto o quanto difícil de se pagar, porém sorriu ao ver a preocupação do jovem que havia lhe carregado pelos corredores.Ela afastou-se lentamente enquanto sorria


-Deve descansar Adam, amanhã vemos como estão os tabloides, e quanto vai custar.E mais uma vez muito obrigada por tudo...

Quis evitar falar sobre a possível rejeição de seu corpo, por hora apenas queria que o rapaz fosse descansar.Não pode evitar de encarar as roupas sujas de sangue, porém fez isso com muita sutileza..
avatar
Elektra Lannister
Calouro Vermelho
Calouro Vermelho

Mensagens : 146
Data de inscrição : 13/12/2012

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Terceiro-Formado

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Adam Conant em Qua Jan 09, 2013 10:00 pm



Darkness
Adam Conant ф Filho das Trevas ф Enfermaria


No começo apenas influenciava, mas com o passar do tempo, melhorei… Hoje tenho o destino na palma da minha mão...



O abraço foi tão reconfortante, eu me senti nas nuvens, ainda ouvi ela sussurrar o lema da família dela em meu ouvido, não sei como ela pagaria a dívida, mas pelo visto com certeza ela pagaria. Ela se afasta mandando eu dormir e eu sorrio, eu realmente estava cansado, mas não tinha como ir dormir sem saber como ela ficaria.

- Não não... Eu posso ficar aqui mais um pouco! Durmo depois...

Continuei ali sentado enquanto ela me observa e eu observo aquele rosto, aqueles olhos e passo minha mão pelos cabelos dela, colocando uma pequena mecha atrás de sua orelha direita e percebo que ela olha para a camisa que eu vestia, que agora estava com muito sangue, que era da Elektra.

- Tenho de arranjar uma forma de lhe devolver essa camisa, ou pelo menos comprar uma nova...

Eu falei sorrindo como sempre, era uma forma de espantar o sono.




_________________


Adam Conant

"Son of Darkness"
Leader Blue FreshmanVampire
thanks princess kira from @ sugar!
avatar
Adam Conant
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 311
Data de inscrição : 26/11/2011

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Sexto-Formado

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Elektra Lannister em Qui Jan 10, 2013 4:01 am

Balançou a cabeça negativamente, Adam parecia uma criança que brigava com o sono na noite de natal.Ele parecia que iria cair a qualquer momento. Ela se afastou um pouco e começou a se levantar, se sentia bem..porém queria ir para seu dormitório e descansar

-Eu estou melhor..acho que vou pro dormitório....e não se preocupe quanto a roupa, damos um jeito depois

Ela começou a se levantar sem sequer pedir permissão para a vampira enfermeira, Realmente estava melhor a única coisa ruim era o cansaço.A vampira parecia não se manisfestar quanto a atitude da garota que colocava as mãos nos bolsos e agora encarava Adam, o tom de voz tímido..e a expressão facial seria surgiu no rosto da loira de olhos azuis que parecia um pouco sem graça

-Me acompanha até o meu dormitório??Sabe eu não..não quero que as pessoas me vejam sozinha...não quero interrogatórios de curiosos sabe..
avatar
Elektra Lannister
Calouro Vermelho
Calouro Vermelho

Mensagens : 146
Data de inscrição : 13/12/2012

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Terceiro-Formado

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Adam Conant em Qui Jan 10, 2013 6:51 am



Darkness
Adam Conant ф Filho das Trevas ф Enfermaria


No começo apenas influenciava, mas com o passar do tempo, melhorei… Hoje tenho o destino na palma da minha mão...



Elektra olhava para mim como se eu fosse um garotinho que não queria dormir por nada. Ela me encara e diz que quer ir para o dormitório dela, eu aceno e me levanto, esperando pela mesma. A enfermeira me chama e eu vou até ela, converso sobre a necessidade de Elektra ter uma boa noite de sono, descansar o corpo no quarto dela, depois dessa quase rejeição. A enfermeira diz que eu devo tomar conta dela... Eu sei disso minha cara... E volto até onde Elektra estava me esperando, olhando para os lados e me pedindo para que fosse com ela até o dormitório dela. Eu esboço um mero sorriso e novamente eu seguro a mão dela, com firmeza.

- Vou contigo até seu dormitório, não se preocupe com nada...

Dizendo aquilo eu e Elektra deixamos a enfermaria.

ENCERRADO!




_________________


Adam Conant

"Son of Darkness"
Leader Blue FreshmanVampire
thanks princess kira from @ sugar!
avatar
Adam Conant
Calouro Azul
Calouro Azul

Mensagens : 311
Data de inscrição : 26/11/2011

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Sexto-Formado

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Elektra Lannister em Qui Jan 10, 2013 10:55 am

Fez uma especie de sinal de positivo para a enfermeira, porém não achou que seria necessario que Adam cuidasse dela, pois realmente sesentia melhor.Ela sorriu quando o rapaz pegou sua mão, porém não achou que seria uma boa ideia, andar daquela forma, afinal e se Deus não gostasse daquilo e fizesse tudo acontecer novamente?

Deslizou a mão pelo braço de Adam e ali se segurou,achou qeu arrumar uma desculpa para tal situação seria uma boa


-Assim é melhor, vai que..sei lá eu escorrego, ou algo do gênero.

Ela começou a caminhar o lado de Adam, usando o braço do rapaz como apoio para andar, mesmo que não fosse necessario.Ela estava sempre sorridente, mesmo numa situação como aquela

-Muito obrigada Adam, eu realmente lhe devo uma

E sairam da enfermaria, tinham como destino o dormitorio de Elektra

Encerrado
avatar
Elektra Lannister
Calouro Vermelho
Calouro Vermelho

Mensagens : 146
Data de inscrição : 13/12/2012

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: Terceiro-Formado

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Elena Mallaby em Qui Jan 10, 2013 3:33 pm

Erick beijou minha mão gentilmente e se disponibilizou a ajudar na morada. Era bom ter alguém ao meu lado, mas, sendo Erick, a coisa não era tão simples assim.....
Fitei aqueles olhos que eu conhecia bem mas logo ao ouvir passos pesados no corredor, puxei minha mão e vi que Orfeu se aproximava, com a fisionomia austera como sempre.

O nosso último encontro não tinha sido tão amigável. Ele pegou eu e Freaks juntos e enxotou o rapaz do meu quarto enquanto eu aguardava que me levasse para Skye....
Ele não pareceu nada feliz em ver Erick na morada e eu não esperava tratamento diferenciado para mim. Entretanto, para a minha surpresa ele fez uma reverência e me entregou uma carta.

- Merry meet Orfeu – disse séria e acenando com a cabeça.E logo sumiu dizendo mais alguma coisa nada amigável para Erick.

Troquei um rápido olhar com Erick e abri o envelope para ler a carta.
Era um papel timbrado com o selo do Conselho Supremo.
Suspirei e murmurei – Falando em bruxa velha....
E na carta dizia...

Merry Meet srta. Elena Mallaby,

O feiticeiro Jhon Crowel voltou a demonstrar atividades assustadoramente ameaçadoras para a comunidade vampírica. Mais três Moradas foram destruídas por ele apenas nos E.U.A. Como sua aprendiz e única amiga próxima a ele, pedimos com fervor que reassuma o cargo de sacerdotisa interina da Morada de Tulsa. Dessa vez, assumirá o controle sozinha e, Lance Rogers voltará a ser professor de Poesia. Insistimos com muita vontade e urgência que aceite o convite, para o bem maior.....

Atenciosamente,

Thanathos.



Eu não acreditei no que eu estava lendo. Tive que reler para poder falar alguma coisa.
- Erick.....Jhon Crowel voltou a atacar mais moradas– disse incrédula.
- E o Conselho Supremo e Thánatos me querem como sacerdotisa dessa morada.....depois de tudo que eles me fizeram agora estão correndo atrás de mim.... – eu quase ri disso...

Fiquei em silêncio por uns minutos olhando o chão com Erick ao meu lado. Jhon chegaria à Tulsa cedo ou tarde....e nenhum guerreiro daqui conseguiria impedi-lo. Ele conhecia esta morada com a palma da mão, mas talvez eu conseguisse impedi-lo.....por Victória.
E sai do silêncio fitando Erick:

- Se eles tão pensando que eu vou assumir o cargo, eles estão certo. Mas eu não serei um peão daquele Conselho, não mais. As coisas vão funcionar do meu jeito. – disse com um sorriso de lado.

E sai andando quase deslizando pelo corredor mas virei-me rapidamente dizendo:
- E ah! Quinto quarto da direita no Andar dos Vampiros Adultos são seus novos aposentos. Aquele quarto está vazio há anos e precisamos de adultos aqui! – disse sorrindo - E por favor, nunca mais na vida permita que a nova sacerdotisa use estes jeans velhos - disse olhando para as minhas roupas e dando uma piscadela pra ele antes de sair pelo corredor novamente.

Eu precisava ligar para o Conselho e começar a resolver um monte de coisas nessa morada.
Não era só Jhon que me preocupava, havia outros seres em Tulsa que poderiam colocar em risco os calouros. Havia um assassino vermelho solto por aí.....

A noite não tinha sido muito legal...mas, incrivelmente eu estava de volta a minha casa, a minha morada. E isso me deu ânimo para continuar em frente....

Encerrado


_________________

 photo oie_rounded_corners3_zpsc960a0c5.gif
Vampira Negra . The mad priestess . 1ª Guardiã
avatar
Elena Mallaby

Mensagens : 931
Data de inscrição : 25/02/2011

Ficha do Personagem
Vida:
300/300  (300/300)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: ☽●☾

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Erick Blake em Qui Jan 10, 2013 4:08 pm



~Congratulation~


Notei Adam e Elektra saindo antes de qualquer coisa acontecer. Mesmo assim, Eu olhava sorrindo para Elena enquanto segurava sua mão, tentando imaginar o que ela pensava. O momento era bom até Orfeu aparecer, sério e grosso...como sempre. Após seu "elogio" sussurrei:

- Bom te ver também Orfeu.

Mas ele logo estava longe. Quando dei por mim Elena lia uma carta e parecia não acreditar no que estava vendo. Logo sibilou o que esta escrito sobre Jhon e respondi cordialmente, franzindo o cenho:

- Isso é um problema..... logo ele estará aqui.

Mas antes de qualquer coisa Elena já saia feliz pelo corredor, Ela era a nova sacerdotisa da Morada e eu estava feliz demais por ela voltar a ter a honra que merecia desde sempre. Assim ela seguiu pelo corredor falando sobre assumir o cargo e sobre minha permanência no local. Retribui seu sorriso e falei com a voz rouca:

- Nunca mais deixarei.

Assim que Elena partiu, fui a passos lentos até o andar dos vampiros verificar qual era meu quarto e como iriam ser as coisas daqui pra frente, comigo sendo um dos novos vampiros da morada.

.......... x ...........


ENCERRADO.

_________________
" Todas as pessoas vivem confiando na sua sabedoria e no seu conhecimento, e ficam presos a eles. Eles chamam isso de "realidade".
Entretanto sabedoria e conhecimento são ambíguos, deste modo, a realidade não é nada além de uma ilusão. "



avatar
Erick Blake
Vampiros Azuis
Vampiros Azuis

Mensagens : 512
Data de inscrição : 25/11/2011

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano: ☽●☾

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Jeremy W. Golbert em Seg Jan 14, 2013 10:07 pm

O anjo que olhava o horizonte vendo o sol surgir, também notava que o calouro em suas costas ficava com certa dor na pele, sentia-se desconfortável... Jeremy para ajuda-lo, tentava planar o máximo possível, assim fazendo com que suas asas agissem como um grande guarda-sol para o vampiro.
A garota que o mesmo carregava em seus braços, estava completamente desacordada, e por tal motivo não sentia a mesma dor que o calouro.
Jeremy sobrevoava Tulsa lentamente, pois tentava evitar o máximo os raios solares, para não prejudicar os calouros.
O anjo avista a morada da noite um tanto quando distante, e logo bate suas asas, aumentando sua velocidade... O garoto gemia de dor, parecia que estava sendo queimado vivo...
Logo que alcança a morada, o jovem pousa entre dois filhos de Erebus, que estavam guardando a entrada da enfermaria, o anjo então pronuncia-se:
- Filhos do grande deus Erebus, protetores da morada da noite. Trago-lhes dois recém marcados feridos.
Logo entregando a garota nos braços do jovem a minha esquerda, e vendo o calouro descer de minhas costas o acompanho até o que estava a minha direita...
- A garota está desmaiada e com sérios riscos, e este jovem foi corajoso. Deixem-lhe descansar, ele sofreu algumas queimaduras pelo sol...
Terminava de pronunciar, sem nem deixar os guardas falarem. Logo saltando novamente em direção ao céu. Observando o sol subindo cada vez mais...
Voando para algum lugar dentre as nuvens...


ENCERRADO
avatar
Jeremy W. Golbert
Anjos
Anjos

Mensagens : 31
Data de inscrição : 23/12/2012

Ficha do Personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Barra de Energia:
100/100  (100/100)
Ano:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 8 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum